O que esperar das oitavas de final da Copa do Mundo ? Nossos palpites…

brasil 2014

Poucas vezes se viu, em toda a história, uma Copa do Mundo, dentro de campo, com nível tão espetacular quanto a disputada este ano no Brasil.

Jogos emocionantes, ótima média de gols, com estádios absolutamente lotados e convivência, na grande maioria dos casos, pacífica entre torcedores.

Evidentemente, não podemos esquecer, nem deixar de comentar, que toda essa maravilha tem como alicerce atos de corrupção, superfaturamento, entre outras barbaridades, mas seria leviano não tratar, também, do que deu certo.

Amanhã, esperamos que com a manutenção do mesmo nível futebolístico, iniciam-se as oitavas de final do torneio.

O Brasil é favorito contra a ótima equipe do Chile, que pode surpreender, e até tem futebol para isso.

Porém, se os chilenos tem um ataque tão poderoso quanto o do Brasil, pecam demais no setor defensivo, fraco demais para aguentar uma tarde de Neymar e coadjuvantes minimamente inspirados.

As chances chilenas se ampliariam se a avenida Daniel Alves permanecesse no gramado, mas Felipão, esperto, parece já ter se decido por Maicon.

Colômbia e Uruguai tem tudo para ser um jogaço, sem prognósticos, com jeitão de Libertadores da América.

Os colombianos praticaram um futebol melhor na primeira fase, mas o fator punição de Suarez, apesar da evidente perda técnica, pode unir ainda mais a Celeste, que, em Copa do Mundo, luta como poucas.

Holanda e México tem os europeus, de um Robben absolutamente inspirado, como favoritos, perante um adversário médio, que não parece ter futebol para surpreender.

Em repetindo o futebol alegre e responsável da primeira fase, a Costa Rica não dará a menor chance para a fraquíssima equipe da Grécia, que já está fazendo hora extra no Mundial.

Enquanto os costa-riquenhos encantam, os Gregos desanimam, tamanha a falta de habilidade com a bola nos pés.

A França, favorita, não terá vida fácil perante a manhosa equipe da Nigéria, acostumada a disputar torneios mundiais desde as categorias de base – ou de gatos.

É favorita, até para a conquista do título, mas terá que jogar no seu máximo, contando com o faro de gol do ótimo Benzema.

O “passeio” das oitavas será da Alemanha, que deverá atropelar a esforçada, mas muito inferior Argélia, numa espécie de treino luxuoso para as quartas d efinal.

A expectativa é para a marcação de mais um gol do atacante Klose, isolando-se como maior artilheiro de todas as Copas do Mundo.

Por fim, dois duelos duríssimo encerrarão as oitavas, na terça-feira: Argentina e Suiça, Bélgica e USA.

Os argentinos são favoritos, possuem melhores jogadores, entre eles o genial Messi, mas a Suiça, como equipe, é mais bem montada, encorpada, até.

Tudo indica, será um duelo marcado pelo equilíbrio.

Assim como o confronto entre belgas e americanos.

Ambos com ótimo setor defensivo, mas com dificuldades de concluir as jogadas criadas, a duras penas, por seus armadores.

Hazard e Dempsey podem decidir, sozinhos, numa jogada de inspiração, a classificação para seus países.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.