Advertisements

Mil e uma utilidades

Milton Neves sempre foi muito bem relacionado.

No ano de 2003, recebia vencimentos como Escrivão de Polícia, embora trabalhasse na rádio Jovem Pan.

Mas achou pouco.

Foi nomeado para a Assembléia Legislativa pelo então Secretário Arnaldo Madeira.

Passou a receber por três lugares.

Como conseguia estar ao mesmo tempo em todos eles ?

Não conseguia.

Dinheiro público sendo gasto desnecessariamente.

O Ministério Público está investigando.

Logo teremos novidades.

Confira abaixo trecho do DIÁRIO OFICIAL, do dia 22/05/2003, página 2,  que comprova a nomeação de Milton Neves.

CASA CIVIL

Secretário: ARNALDO MADEIRA

Av. Morumbi, 4.500 – Morumbi – CEP 05698-900

Tel. 3745-3344

GABINETE DO SECRETÁRIO

Resolução de 21-5-2003

Prorrogando, nos termos dos arts. 65 e 66, da

Lei 10.261-68, o afastamento de:

Milton Neves Filho, RG 8.148.129, Escrivão de

Polícia de Classe Especial, da Secretaria da Segurança

Pública, para, sem prejuízo dos vencimentos

e das demais vantagens de seu cargo, continuar

prestando serviços junto à Assembléia Legislativa

do Estado de São Paulo – ALESP, até 31-12-2003;

Elaine Ramos Mansano, RG 7.991.025-7, Executivo

Público I, da Secretaria da Saúde, para, com

prejuízo dos vencimentos, mas, sem prejuízo das

demais vantagens de seu cargo, continuar prestando

serviços junto à Fundação Estadual do Bem-

Estar do Menor – Febem, até 31-12-2003.

Apostila do Secretário, de 21-5-2003

No decreto publicado em 23-4-2003, em nome

de Bentesaide Teixeira Lopes e Outros, da SAP, na

parte em que nomeou João Martins Sanches Neto,

RG 9697723, no cargo de Motorista, para fazer constar

que a nomeação ocorreu em cumprimento a

liminar concedida nos autos do Mandado de Segurança

– processo 1566/053.02.024689-0, pelo MM

Juiz de Direito da Quinta Vara da Fazenda Pública

de São Paulo e no cargo criado pela LC 894-2001.

Facebook Comments
Advertisements

18 comentários sobre “Mil e uma utilidades

  1. Pingback: Mil e uma utilidades | Arts

  2. Cris Gardano

    Vc vê a Ligação do MN é muto próxima com o PSDB e seus canalhas inclusive ele é amigo do Serra não?
    Será que ele também é amigo do Carlos Cachoeira?
    Aquele da CPI do correio afinal NEVES e CACHOEIRA se locupletam não rsrrsrsrrsrsr esta foi sensacional rsrrsrsrrsrs

  3. Creisson

    Você fica tão ensandecido em atacar o cara, que vez por outra quebra a cara, como agora. Até concordo que ele trabalhava na Jovem Pan e também no DETRAN, mas na Jovem Pan, nesta época ele trabalhava a noite e em especial no domingo. Mas tudo bem problema dele. Mas o que você informou e é um absurdo, que ele ganhava em três lugares, ou em dois lugares públicos. Isto não existe, pois é proibido por Lei. A pratica comum é um funcionário de determinado órgão ser “emprestado” para outro continuando a receber “APENAS” do lugar original. Ou seja ele trabalhava na TV Assembléia e todo mundo sabe disso, pois ele nunca escondeu isto de ninguém e recebia o salário do DETRAN. Quanto a Jovem PAN é empresa privada e tudo bem.

    Paulinho: Recebia adicionais pela Assembleia, o normal pelo Detran e o salário da Pan…

  4. Maurício

    Não quero ser do contra, mas esta briga era com JK e você domou as dores e o Juca não esta postando nada no seu blog, aí o pessoal fala que você é laranja do Juca, você reclama.

    Se não é esta parecendo.

    Saudações

    Paulinho: Em primeiro lugar, brigar com este tipo de gente é obrigação de qualquer cidadão de bem. Laranja é aquele que fala ou escreve por alguem. Não é o que acontece aqui. Falo e escrevo o penso. Agora, amigo é aquele que defende seus amigos quando sabe que eles estão com a razão.

  5. william

    Pois eh um cara que todos admiram na tv e no radio , se isto for concretizado , que seja feita a justiça , cadeia nelessssssssssss !

  6. Paulo Roberto

    Tambem nomeado Pelo Arnaldo Madeira, deve ser um tremendo “cara de
    pau”, nao eh mesmo?

  7. Fernando

    Me parece que quem ficou ensandecido para criticar sem razão foi o Creisson. O MN, como escrivão de polícia, não podia trabalhar na rádio Jovem Pan. Policial não pode ter outro emprego.

  8. Marcelo Soares

    Paulinho, me parece que o Creisson está correto… e também ele não tinha que estar nos três lugares ao mesmo tempo como vc colocou no texto… já que ele estava afastado das funções de escrivão para atuar na Assembléia e trabalhava em horários alternativos na rádio…

    Quanto a receber adicionais da Assembléia, que vc não mostrou, representa realmente uma irregularidade.

    E o estatuto do servidor estadual de são paulo não proíbe que se trabalhe em empresas privadas, salvo se tal empresa tiver relações comerciais com o Governo do Estado de São Paulo.

    Paulinho: Ele trabalhava apenas em um lugar e recebia de todos, este é o problema

  9. Ricardo

    O pior é ficar posando de “santo” e de “caipira” por aí; haja hipocrisia!

  10. Reinaldo

    Tenho certeza que essas ‘briguinhas’ entre jornalistas, é só pra criar polêmica e dar audiência.
    Vcs devem fazer churrasco cada semana na casa de um, e dar muita risada da cara de quem acredita que um é inimigo do outro.

  11. Jorge Pontual

    Também odeio o mentiroso nato… mas sou obrigado a perguntar a uma pessoa honesta a seguinte pergunta:
    Como Antônio Roque Citadini conseguia estar no Tribunal de Contas do Estado e na diretoria do Sport Clube Corínthians Paulista ao mesmo tempo?

    Paulinho: No Corinthians ele não era remunerado. Todos os dirigentes trabalham em outros lugares.

  12. Wladir

    Paulinho,vc quando cisma com alguém enche o saco.O Milton Neves é café pequeno porque vc não denuncia os grandes do país, a gente está cansado de saber que tem neguinho por aí nas mesmas condições dele,só que metendo a mão no dinheiro público muito mais do que ele.

  13. Éder Lopes

    Uma pergunta: Qual o cargo que ele exercia na Assembleia?
    Sinceramente, não consigo vislumbrar fato típico e antijurídico no caso, salvo no caso que seja efetivamente comprovado que ele penas recebia os vencimentos sem qualquer prestação de serviços.

  14. Terencio Trindade

    Citadini não era remunerado no Corinthians. Certo. Mas sendo ele meu funcionário no Tribunal de Contas. Sim sou um dos milhões de cidadãos que pagam o salário de qualquer funcionário público. Não gostava que ele gastasse o tempo dele com um time de futebol. O salário que pago é de tempo integral. Diexe de ser parcial que é muito feio para um jornalista

    Paulinho: Ele não deixou de cumprir o dever em nenhum dos dois lugares. Você precisa se informar melhor

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: