Archive for outubro \31\UTC 2009

Coluna do Fiori

outubro 31, 2009

fiori4 

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.br   Email: caminhodasideias@superig.com.br

apito

REIVINDICAÇÃO DOS ATLETAS

As declarações dos dirigentes do S. C. Corinthians Paulista, dizendo que falta sentimento aos atletas que se socorreram da justiça para receberem os valores que lhes devem, carecem de verdade.

Ao que sei Marcelinho Carioca, Rincon e alguns outros, se utilizaram deste expediente para receberem.

MOTIVO DO RECURSO

Trata-se do Direito de Arena pago regiamente pelas emissoras de TV, como costume, os “ilibados” não realizaram o repasse para os atletas que são profissionais e vivem de ganhos honestos.

O profissional da bola precisa receber regiamente tudo que lhe é de direito, caso contrario, como todo trabalhador, deve e pode se socorrer do judiciário.

Censurável é o comportamento dos dirigentes que se dizem “idealistas”.

Ao que sei, vários dirigentes se locupletam com empresários de atletas, empreiteiros de obras e outras áreas, este locupletar, proporciona grana alta aos interessados.

Enquanto isto, o setor financeiro do clube caminha a passos largos para o fundo do poço.

Ao meu entender este granjear é pervertido.

Faz-se necessário profissionalizar a direção dos clubes, confio que o dirigente deva receber fiscalização nos atos perpetrados e ser responsabilizado pelos fracassos da péssima administração.

A lei deve proibir que venha concorrer a cargo público eletivo quando no exercício da função, impedindo também que se licencie com objetivo de concorrer, assim fazendo, daríamos grande passo na tentativa de moralizar a função.

31ª RODADA DO BRASILEIRO SÉRIE A

Santos x São Paulo

Árbitro: Carlos Eugenio Simon (FIFA)

Arbitragem desprovida de critério errou na marcação de alguns impedimentos e no acréscimo ao tempo de jogo, somente o tempo quando do atendimento ao goleiro Rogério Ceni e expulsão decorreram 07 minutos.

Deixou de eliminar o defensor santista Germano que deixou o solado nas costas de Jorge Wagner, o amarelo ficou barato.

Na expulsão de Ceni, entendo que agiu corretamente vez que o arqueiro são-paulino foi com tudo, ou seja, bola ou bolim, virou o rosto, ergueu e esticou a perna direita, mesmo não atingindo, feriu a lei do jogo pela violência da ação.

Botafogo x Flamengo

Árbitro: Antonio dos Santos (RJ)

Aos 22 minutos marcou pênalti inexistente a favor do Botafogo, na cobrança o arqueiro Bruno postou-se anterior a linha divisória, Lucio Flavio bateu no canto, Bruno defendeu, errou mais uma vez o árbitro ao não ter voltado à cobrança, acredito que o árbitro seja ciente que na cobrança da penalidade o goleiro deve ficar com os pés na linha divisória, podendo se movimentar na própria.

SÉRIE A

32ª RODADA

São Paulo x Internacional

Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)

Atuação normal, na parte disciplinar poderia ter tido maior firmeza.

Barueri x Flamengo

Árbitro: Heber Roberto Lopes (FIFA)

O erro maior foi ter validado o tento marcado por Val Baiano do Barueri, que se encontrava em posição irregular.

Botafogo x Náutico

Árbitro: Leonardo Gaciba (FIFA)

Além de não ter eliminado o goleiro botafoguense Jefferson que saiu da grande área para cometer falta no atacante Carlinhos Bala, Gaciba, favoreceu o Botafogo marcando pênalti inexistente quando da caída voluntária de seu defensor Diego que tentava se livrar do oponente Johnny.

ESTRANHO

O “sorteio” de Gaciba transmite curiosidade, vez que se disse psicologicamente abalado por ter sido reprovado no teste da FIFA.

Como se declarou abalado na parte psíquica, entendo que se fosse portador de ética, Gaciba deveria não ter aceitado seu “sortear”.

COPA 2.014

GASTOS ORÇADOS

Começou a farra da consumação do cobre que arrecadam dos aberrantes impostos que nos obrigam a pagar.

Além de sustentarmos uma pá de apadrinhados, somos informados que o Maracanã será reformado com 100% de dinheiro público.

A estimativa inicial prevê gastos no valor de R$ 430 milhões, o governador do Rio Sérgio Cabral, anunciou que o estado desistiu de fazer as obras por meio de uma Parceria Público Privada (PPP), alterando o planejamento elaborado há mais de dois anos.

Conforme anunciado os valores acima são estimativa, na verdade os “ilibados” gestores do dinheiro público preparam campo para superar em muito estes valores, vez que a comissão para os envolvidos deva ser fortíssima.

Aquém do Maracanã, serão realizadas obras e mais obras por este país afora, como sempre, tentarão nos fazer esquecer a falta de hospitais, prontos socorros, escolas e desenvolvimento nas varias cidades do solo pátrio.

O incremento atualizado faria com que os habitantes destas localidades nela permanecessem.

Creio ser este o desejo da grande maioria destes cidadãos.

Sendo assim, continuo a conclamar:

Chega de corrupção.

Acorda Brasil

SP-31/10/09

São Paulo líder; Flamengo no G4

outubro 31, 2009

Por JUCA KFOURI

http://blogdojuca.blog.uol.com.br/

As vitórias do São Paulo e do Flamengo, no Morumbi, com 39.636 pagantes, e no Maracanã, com 77.063 pagantes, tiveram muitos pontos em comum.

Os dois jogos foram decididos com gols no começo dos primeiros tempos, Jorge Wagner, aos 4, em São Paulo, Adriano, aos 6, no Rio.

Em ambos houve pênaltis, com a diferença de que os para o Santos (um inexistente) foram assinalados e o para o Grêmio Barueri não foi.

Bruno defendeu ambos, um com a mão, outro com o pé, os dois mal batidos por Paulo Henrique, e o segundo só visto pelo apitador.

Bruno se mexeu como Rogério Ceni, que jogou tão bem como Bosco no meio da semana, se mexeria para defender o pênalti cometido por Renato Silva em Otacílio Neto.

Provavelmente se Rogério defendesse mandariam voltar, como é praxe com ele.

Mesmo desfalcado do goleiro Renê e do artilheiro Val Baiano, vítimas da mala branca, e sem o já tricolor Fernandinho, machucado, o Barueri deu um calor no São Paulo que viu Washington desperdiçar o segundo gol ainda no primeiro tempo, em passe primoroso de Hernanes.

O Inter, aliás, reclamou, com razão, das ausências no Barueri.

Provavelmente está esquecido de que, no ano passado, exatamente nestas alturas do campeonato, veio a São Paulo com um time misto, tomou de 3 a 0 do São Paulo, que destronou a liderança do Grêmio, mas o de Porto Alegre mesmo.

No segundos tempos, tanto Dagoberto quanto Adriano carimbaram as traves adversárias.

Mas tanto o São Paulo quanto o Flamengo sofreram com a possibilidade do empate até o fim.

Os 1 a 0 ficaram de ótimo tamanho.

Verdade que o Flamengo anda dando azar com a arbitragem.

Diante do Botafogo teve um pênalti inventado, também defendido por Bruno; em Barueri foi vítima de um gol irregular e hoje teve contra si mais um pênalti mandrake.

Também na Ressacada, o time da casa saiu na frente logo no começo, aos 8, com Rogério.

Mas, aos 33, do segundo tempo, de bicicleta, William fez 2 a 0 para o Avaí contra o Atlético Paranaense.

Herrera desabafa com ídolo da Fiel

outubro 31, 2009

“O Mano Menezes pediu para que eu assinasse contrato com Carlos Leite”.

“Eu adoro o Corinthians, queria continuar lá, mas já não tenho mais idade para mudar de empresário”

Herrera é o autor da denúncia acima, em conversa que manteve com um dos maiores ídolos da história do Corinthians, que me contou, há instantes, este bate-papo, na presença de muitas testemunhas.

Lulinha e Dentinho também receberam o ultimato, segundo o argentino.

O ex-atleta foi proibido de tocar neste assunto na emissora em que trabalha.

Este é um dos motivos pelo qual me procurou.

O esquema está rolando solto.

Resta saber quando isto terá fim.

Pagando pelo conforto dos outros

outubro 31, 2009

O Corinthians majorou os preços dos ingressos para a Libertadores da América de maneira desproporcional ao produto que irá oferecer.

Os valores são superiores aos praticados em qualquer lugar do mundo.

Com a diferença que, na Europa, por exemplo, o torcedor é tratado com um mínimo de dignidade.

No Pacaembu, local onde as partidas serão disputadas, não há a menor condição de beneficiar o comprador na proporção do que está sendo cobrado.

Os banheiros são uns lixos, e você ainda demora um grande tempo de fila para poder utilizá-los.

Os lanches e produtos encontrados para alimentar o freqüentador são inferiores àqueles encontrados em camelôs na porta das estações de trem.

Enquanto isso, os diretores, conselheiros e apadrinhados entrarão, como de costume, sem pagar.

No intervalo, subirão até o setor de mármore, localizado acima das cabines, comerão lanches decentes, terão café e água a disposição, e banheiro com papel higiênico perfumado para utilizar.

Na verdade, o torcedor comum sustenta a boa vida desta gente.

Será que vale a pena ?

Barueri coloca Brasileirão sob suspeita

outubro 31, 2009

O caso do afastamento dos atletas do Barueri, Val Baiano e Renê, da partida contra o São Paulo, realmente cheira muito mal.

Não que o São Paulo tenha alguma coisa a ver com isso.

Acredito que não tem.

Mas evidentemente está sendo beneficiado.

A diretoria do Barueri falta com o respeito a todas as equipes que disputam o título contra o Tricolor e com os atletas, que ficarão marcados por não serem confiáveis.

Destruindo um ídolo

outubro 31, 2009

Daiane dos Santos foi flagrada em exame anti-doping por utilizar um produto diurético que, obviamente, em nada lhe possibilitaria vantagem.

Sua carreira está destruída, assim como a reputação que levou anos para conseguir.

A legislação arcaica e ineficiente do controle de dopagem tem frequentemente exposto muitos inocentes à execração pública.

No caso de uma atleta como Daiane, com o histórico de vida que possui, a falta de respeito é inadmissível.

E agora, como reparar a injustiça ?

Coletiva de Muricy Ramalho

outubro 30, 2009

A entrevista coletiva de Muricy Ramalho, após a partida entre Palmeiras e Goiás, está disponível no item “vídeos” do site Mídia sem Média.

http://www.midiasemmedia.com.br/

Palmeiras é investigado por sonegação

outubro 30, 2009

O Palmeiras está sendo investigado por irregularidades em sua diretoria, apropriação indébita e sonegação de verbas previdenciárias.

Confira o despacho publicado no Diário Oficial de 28/10/2009, quarta-feira, na seção Executivo I, página 71.

palmeirasdo 

Acho que desta vez não adiantará recorrer a Paulo Serdan.

Desmascarando Rosenberg (de novo)

outubro 30, 2009

O blog vem publicando, há tempos, a farra dos dirigentes corinthianos, que se locupletam com empresários nas transações de atletas.

No dia 20 de maio noticiamos que o empresário Gustavo Wolf tentou colocar o atleta Guti no Corinthians por intermédio de Luis Paulo Rosenberg.

https://blogdopaulinho.wordpress.com/2009/05/20/guti-foi-oferecido-ao-corinthians/

A notícia foi negada por todas as partes,com a maior cara de pau.

Confira, abaixo, mais uma prova do verdadeiro ganha pão de todos eles, e perceba o quanto mentem para o torcedor corinthiano.

De: gustavo erich wolf [guswolf@hotmail.com]
Enviada em: sexta-feira, 15 de maio de 2009 11:46
Para: Luis Paulo Rosenberg
Assunto: Jose Maria Guti (Jogador do Real Madrid)

LP

Hola!

Conforme comentei, o jogador em questao é o Guti, 32 anos, meio campo do Real Madrid, que estara disponível a partir do dia 30 de junho e busca uma recolocaçao. Creio que o Ronaldo pode prover maiores detalhes, pois tiveram a oportunidade de jogar juntos.

Maiores informaçoes:

http://es.eurosport.yahoo.com/futbol/josemaria-guti.html

Fico no aguardo de um feedback, ja que inclusive o agente que estou colaborando questionou a possibilidade de representar os interesses de jogadores brasileiros em Europa.

Um grande abraço,

Gustavo E. Wolf

Senna e Piquet

outubro 30, 2009

A nova equipe de Formula 1, a espanhola “Campos”, poderá ter dois pilotos brasileiros em seus carros para 2010.

O primeiro já está acertado.

É Bruno Senna, sobrinho do maior piloto de todos os tempos.

O segundo, em negociação, é Nelsinho Piquet.

Se fossem os “originais” teríamos a maior dupla da Fórmula 1 na mesma equipe.

Os “paralelos” precisam ainda de muito arroz com feijão.

Mas não deixa de ser uma atração diferente.

Um Senna e um Piquet na mesma equipe.

Tomara, ao menos, que o segundo tenha aprendido a lição.

Turma do Edgard só passa vergonha…

outubro 30, 2009

O site Futebol Interior continua passando vergonha.

Após ter dois de seus três proprietários expulsos da ACEESP pelos motivos amplamente divulgados neste espaço, perderam a cabine de transmissão que “possuíam” no Parque Antártica.

Na partida entre Flamengo e Palmeiras, a Web Rádio Verdão ocupou o lugar e fez com que a turma daqueles que são pagos para darem notícias fajutas tivessem que se contentar com o local da imprensa escrita.

Falta agora retirar-lhes o espaço do estádio do Pacaembu.

Apenas para demonstrar o nível desta gente, confira abaixo, antes que eles alterem a postagem, uma reportagem em que, para eles, a partida entre Corinthians e Palmeiras, a ser disputada em Presidente Prudente, será no Parque Antártica.

Deve ser o trauma…

http://www.futebolinterior.com.br/news.php?id_news=103687&id_clube=39

*Nota do blog: he he he,eles já arrumaram…

Dirigentes em festa

outubro 30, 2009

No final da partida entre Palmeiras e Goiás alguns fatos me chamaram a atenção.

Descendo as escadarias do setor de imprensa encontrei dois grandes palmeirenses, Belluzo e Portela, abraçados, comemorando o grande resultado alcançado.

Pareciam duas crianças.

Uma cena bonita.

Cumprimentei-os e fui para a entrevista coletiva.

Na entrada dos vestiários a acéfala Mancha Verde hostilizava e entoava cânticos contra a imprensa.

Como se fosse ela a culpada deles beijarem as mãos de Paulo Serdan.

Ou da má fase da equipe.

Ainda bem que os seguranças do Palmeiras estavam atentos e evitaram qualquer aproximação.

Muricy Ramalho estava visivelmente aliviado após a partida.

Chegou a dizer que, enfim, conseguiria dormir novamente.

Você poderá conferir, mais tarde, no Mídia sem Média.

Noite de líder, noite de Obina

outubro 29, 2009

Por JUCA KFOURI

http://blogdojuca.blog.uol.com.br/

No Palestra Itália (18.070 pagantes), o primeiro tempo foi rigorosamente equilibrado, igual.

O Palmeiras deu três sensações de gol, o Goiás outras três.

Diego Souza duas vezes, numa delas batendo falta no travessão, noutra, antes, em bela arrancada e chute na rede pelo lado de fora.

Ortigoza também teve sua chance, num rebote de fora da área.

Já Iarley exigiu uma grande defesa de Marcos ao surpreendê-lo num lindo voleio e, depois, chutou por cima uma boa oportunidade.

Léo Lima também teve sua chance, ao chutar rente à trave de fora da área.

Era um jogo de muita marcação e pouca criação.

Mas no começo do segundo tempo, aos 4, Souza roubou uma bola na saída de jogo do Goiás e deu ótimo passe para Obina fazer 1 a 0.

A massa alviverde explodiu como fazia tempo que não explodia.

Dez minutos depois Ortigoza perdeu gol feito, para matar o jogo.

O segundo tempo era todo azul, do Verdão.

O Esmeraldino parecia perdido.

E, aos 28, Diego Souza deu da cabeça para Ortigoza, que foi derrubado dentro da área.

Pênalti que Obina converteu com precisão: 2 a 0.

A liderança estava garantida.

Tolói ainda foi expulso e deixou o Goiás com nove, porque Fernandão era inútil desde o primeiro minuto de jogo.

E se alguém queria show, teve show: Obina meteu uma bola brilhante para Deivid Saconi fazer 3 a 0.

Repita-se: Obina meteu uma bola brilhante para …

E você acha que foi tudo?

Ora, Obina fez mais um, seu terceiro gol, em lançamento de Marcão, porque era noite de coisas estranhas: 4 a 0.

Obina fez três como contra o Corinthians, próximo adversário, que tomou de 4 do mesmo Goiás, no Pacaembu.

Só o São Paulo incomoda o Palmeiras, porque Galo e Colorado acabaram a rodada mais longe do que estavam.

Mas a vitória de hoje foi daquelas que redimem.

Espera-se que não seja creditada a Paulo Serdan.

Ricardo Gomes e Bosco falam sobre a vitória Tricolor

outubro 29, 2009

No espaço de “vídeos” do Mídia sem Média já estão disponíveis as entrevistas coletivas de Ricardo Gomes e Bosco, concedidas após a vitória do Tricolor sobre o Internacional, ontem, no Morumbi.

http://www.midiasemmedia.com.br/

Bandidos palestram no Palmeiras

outubro 29, 2009

Luis Gonzaga Belluzzo, de maneira deplorável e inexplicável, permitiu que a Mancha Verde, comandada pelo desqualificado Paulo Serdan, pressionasse os atletas do clube em Atibaia.

Pior do que isso, os jogadores foram “vítimas” de uma palestra (acreditem!) ministrada por estes bandidos.

Um erro lamentável e que, sem dúvida, serviu para deixar o elenco com a sensação de estar desprotegido e entregue à fúria destes animais de arquibancada.

Belluzzo, a quem reputo um homem de bem, não pode permitir que isto aconteça em uma reta final de Brasileirão.

Qual a vantagem que ele trouxe ao grupo com esta atitude ?

Realmente uma vergonha.


%d blogueiros gostam disto: