Archive for junho \30\UTC 2012

Noite Tricolor: Flu lider e São Paulo quebra o Cruzeiro

junho 30, 2012

Por JUCA KFOURI

http://blogdojuca.uol.com.br/

O torcedor timbu terá pesadelos nesta noite com três nomes do Fluminense:

Samuel, que fez os dois gols do 2 a 0, um em cada tempo,  nos Aflitos;

Deco que começou as duas jogadas com seus passes milimétricos e Diego Cavalieri, que fez um sem número de defesas difíceis, embora os atacantes do Náutico tenham exagerado em chutar em cima dele.

Não, o Náutico não merecia perder.

Mas o Flu não tem nada com isso e assumiu a liderança, além de passar a ser o único invicto.

Porque o São Paulo foi ao Independência e mostrou, no mínimo, que gosta muito de Milton Cruz, o interino.

Num jogo eletrizante, os paulistas, mais uma vez, bateram o Cruzeiro em BH.

Luís Fabiano fez 1 a 0, aos 11 minutos, e o zagueiro estreante que veio do Bahia, Rafael Donato empatou em seguida, aos 12, de cabeça, para se recuperar da terrível falha no gol tricolor, dado por ele.

Mas o São Paulo seguiu infernizando a defesa mineira e, aos 15, Lucas fez lindo gol.

O primeiro tempo terminou com o Cruzeiro tentando e com o São Paulo assustando.

E o segundo começou com os sustos paulistas virando gol, porque logo aos 3 minutos, Jadson pegou o rebote de um milagre de Fábio em chute de Cortez e fez 3 a 1.

Parecia tudo liquidado até que, de novo, o zagueiro Rafael Donato, aos 12, pôs os mineiros no jogo outra vez.

Aí o Cruzeiro foi todo à frente, arriscando-se em busca do empate e Lucas, em contra-ataque, sofreu pênalti, que Luís Fabiano bateu e Fábio defendeu brilhantemente.

O Cruzeiro então animou-se ainda mais e fez por empatar, mas Tinga desperdiçou duas vezes, além de Rafael Donato ter sofrido um pênalti não assinalado pela arbitragem.

Caiu o líder, o penúltimo invicto e o São Paulo, em sua primeira vitória fora de casa, mostrou suas garras sem Leão.

Daqui a pouco, se ganhar da Ponte Preta, em São Januário, o Vasco reassumirá a liderança.

Torcedora propõe ação judicial contra favorecimento de “Fiel Torcedor” às “organizadas”

junho 30, 2012

Por FABIANA

Paulo, bom dia!

Olá meu nome é Fabiana e assim como vocês, mesmo com o plano pago em dia, mesmo tendo ido em todos os jogos da Libertadores, fui prejudicada pelas mudanças constantes nas regras do plano, prioridades, na falta de capacitação e organização da empresa administradora do programa.

Estava vendo que um grande número de pessoas está passando pela mesma situação, e como não se trata simplesmente de um jogo, não se trata simplesmente de um torcedor, se trata do Corinthians, se trata do corinthiano, acho que temos que fazer “barulho” sim e exigir nossos direitos, que foram feridos… o que eles fizeram não tem preço, pois, nada pagará a minha decepção em não conseguir ir no jogo mais importante da minha vida até hoje.

Mas pelo menos terão que nos respeitar nas próximas decisões e jogos importantes, visto que para comprar ingresso pro paulista eu não preciso pagar 100,00 por ano.

A minha proposta é montarmos uma indenização em grupo, pois, ficará muito mais fácil provar na justiça que vários clientes assíduos do programa foram lesados e sofreram discriminação por não ter a quantidade de ingressos que eles determinam que têm que ter 2 dias antes da abertura das vendas, pela mudança constante no contrato de Fiel Torcedor sem prévio aviso, na criação de um plano novo que destinou 1 área inteira a torcida organizada (que está proibida de entrar no estádio), por falta de aviso nas mudanças desse contrato (eles avisam tudo, menos as mudanças nas regras de jogo), por conta de não exigirem um documento e acabar sim com ação de cambistas que com certeza devem ter acesso interno a administradora do ingresso e uma estrutura muito bem montada para conseguir comprar.

Meu e-mail é fieltorcedorsemingresso@gmail.com e caso haja interesse vamos reunir forças e provar porque o verdadeiro torcedor tem que ter respeito.

Não é por dinheiro, é para que eles tenham respeito conosco.

Eu tenho outros amigos que não conseguiram comprar e que não estão reclamando em lugar algum, então, imagina se conseguirmos reunir uma grande quantidade de pessoas e provar o quanto esse programa é fajuto e só facilita a aquisição de ingressos por quem não é torcedor.

Abraços, Fabiana

Conselheiros do Corinthians vendem ingressos para a Final

junho 30, 2012

Há, no Corinthians, diferentes níveis de tratamento para conselheiros do clube.

Os mais próximos da atual gestão aproveitam de certas facilidades, como, por exemplo, ingressos grátis para a final da Libertadores.

Outros, menos qualificados, mais ainda assim seguidores do presidente Mario Gobbi, tiveram a oportunidade de comprar as entradas, duas cada, por valores 30% abaixo dos cobrados aos torcedores do “Fiel Torcedor”.

Porém, muitos deles, alguns até torcedores de outras equipes, aproveitaram a ocasião para faturar.

Há relatos de ingressos de conselheiros sendo comercializados a R$ 2 mil, R$ 3 mil e até R$ 5 mil.

Verdadeiros aproveitadores do clube, para não dizer coisa pior.

Palmeiras e WTORRE descumprem acordo. Associados protestam

junho 30, 2012

Abaixo-assinado NÃO à entrega da quadra de Patinação do Palmeiras ao Tênis

De ASSOCIADOS DO PALMEIRAS

Para: Sr. Arnaldo Tirone Presidente da Sociedade Esportiva Palmeiras

Conforme informações que circulam no Clube, no prédio de quadras, mais especificamente no piso onde deverá ser instalada uma quadra oficial com demarcação para o Hóquei e a Patinação Artística (em substituição ao GII e a Quadra de Hóquei), conforme havia sido elaborada pela Comissão de Obras, serão instaladas 03 quadras de tênis não oficiais.

Este Abaixo-Assinado foi criado para demonstrar que os patinadores e pais, associados regulares e pagantes da Sociedade Esportiva Palmeiras, não concordam com tal situação.

Primeiro porque cada quadra de tênis serve a, no máximo, 4 praticantes por vez, enquanto que a quadra de patinação poder atender simultaneamente um grande número de atletas.

Podendo inclusive ser usada como espaço multi-uso para outras atividades fora do horário a ser usado pela patinação.

Segundo porque a Patinação Artística tem sido um dos esportes que mais títulos nacionais e internacionais tem trazido ao Palmeiras nos últimos 5 anos.

Terceiro porque os Periquitos em Revista, ícone da Patinação Artística brasileira e sulamericana, constituem um dos mais importantes cartões de visitas do Palmeiras.

Para entender a polêmica: quando o Palmeiras recebeu a proposta da WTorre para a construção da Arena, em troca do direito de explorar economicamente o espaço, consultou todos os sócios, numa votação.

Foi prometido que, ANTES de demolir as arquibancadas do estádio, TODOS os esportes que utilizavam o espaço debaixo do anel receberiam quadras com o tamanho oficial num prédio de quadras…

Bom, a demolição começou há dois anos e desde então, estes esportes estão treinando em espaços fora do clube. A patinação, por exemplo, está treinando numa quadra emprestada pelo Corpo de Bombeiros. Apesar da quadra ser excelente e sermos muito gratos por isso, venta muito e faz frio e quando chove a quadra fica alagada.

Agora que o prédio de quadras está pronto, os senhores que jogam tênis (nenhum deles atleta federado, que eu saiba) querem o espaço para eles fazerem MAIS 3 quadras (eles tem varias quadras e foram dos poucos esportes que não tiveram de usar espaços fora do clube durante as obras).

Se isso acontecer, patinação e hóquei ficarão sem local para treinar. Isso porque estes são esportes que tem trazido centenas de títulos nacionais e internacionais ao Palmeiras, mesmo sem condições adequadas para treinar.

Nosso objetivo é sensibilizar o Presidente do Palmeiras, Sr. Arnaldo Tirone a não cometer essa injustiça.

Se você também não concorda com o absurdo da situação (após 2 anos de espera da quadra que foi prometida por ocasião da votação do plebiscito pela Arena, corrermos o risco de perdê-la), convide o máximo de pessoas possível para fazer parte deste Abaixo-Assinado.

Os signatários

http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=P2012N26131

Coluna do Fiori

junho 30, 2012

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.br Email: caminhodasideias@superig.com.br

MUDANÇAS NAS LEIS DO JOGO

A partir do primeiro dia do mês de julho ocorrerão as seguintes modificações;

1ª) No banco de reservas, poderemos ter entre três e doze substitutos (a critério das confederações nacionais), nas partidas patrocinadas pela FIFA, serão 12. No Brasileirão 2012, continuarão sete até o final, em 2013, passarão a ser 12.

2ª) Esparadrapos nas meias deverão ser na cor predominante das mesmas, ou seja, se a meia for preta; cor preta no esparadrapo.

3ª) Um gol direto de bola ao chão não será mais consignado. Se um jogador chutar uma bola para o gol direto de uma bola ao chão, será marcado tiro de meta. Se ele fizer um gol contra direto de uma bola ao chão, deverá ser marcado escanteio.

4ª) A relação dos atletas que entrarão em campo poderá ser modificada antes do inicio da partida SEM PREVIO AVISO AO ÁRBITRO. Esta modificação devera criar bagunça geral, vez que os técnicos poderão passar uma relação diferente daquela que entrara em campo.

IMPORTANTE

As modificações terão validade nas competições que se iniciarem a partir do dia 1º de julho.

Brasileirão – Série A

Sábado 23/06/2012

Portuguesa de Desportos x São Paulo

Árbitro: Antonio Rogério do Prado (SP)

Cartões amarelos mostrados corretamente, quatro pro São Paulo,  um para Portuguesa, trabalho normal.

Atlético-MG x Náutico

Árbitro: Raphael Claus (SP)

No lance da penalidade máxima a favor da equipe mineira, errou quanto ao local, o atleticano Jô, sofreu falta, porém, fora da linha da grande área da equipe pernambucana.

Item Técnico

Deixou de marcar algumas infrações, invertendo outras.

Item Disciplinar

Não se deu bem, em muitas situações, foi contestado pelos litigantes.

Domingo 24/06/2012

Corinthians x Palmeiras

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)

Sem novidade, trabalho normal.

Grêmio x Flamengo

Árbitro: Wilson Luiz Seneme (FIFA-SP)

Não teve influência no resultado, na parte disciplinar; deveria ter sido mais ativo.

Botafogo x Ponte Preta

Árbitro: Evandro Rogério Roman (FIFA-PR)

Não passou no teste físico, mesmo assim, foi escolhido, participou do “sorteamento”. Após o giro do globinho da “sorte”; não deu outra, a bolinha contendo seu nome correu risonha para fora.

Durante a contenda, trabalho normal, não foi exigido.

COPA LIBERTADORES

Quarta Feira 27/06/2012

Boca Juniors (ARG) x SC. Corinthians Paulista

Árbitro: Enrique Ósses (CHI)

Item Técnico

Na disputa entre o argentino Roncaglia e Emerson Sheik, o brasileiro, tentou cavar a expulsão do oponente; corretamente, o árbitro, não entrou na dele.

ACERTOU

– No lance que antecedeu o gol da equipe argentina,

– Chicão tentou evitar que a bola ultrapassasse a linha do gol tirando com a mão,

– este fato chamou a atenção de muitos,

– faltas dentro da área, são penalizadas,

– da mesma maneira, quando fora, portanto;

– o árbitro, agiu corretamente,

– observou a vantagem da equipe argentina,

– após a conclusão, com a marcação do tento,

– continuou acertando,

– advertiu o zagueiro Chicão, com cartão amarelo.

EM TEMPO

a)         Caso o atleta argentino houvesse errado, ou seja, ter chutado a bola na trave, ou a redonda tivesse sido desviada por um dos oponentes mesmo que involuntariamente, a vantagem não se concretizaria;

b)         Caso ocorresse um destes fatos, o árbitro marcaria falta penal, em seguida, cartão vermelho.

c)         Caso o atleta atacante tivesse a sua frente à meta totalmente livre, mesmo assim, tivesse chutado a bola para fora, sou convicto, que o árbitro continuaria seguido à regra, daria o cartão amarelo para Chicão, mandando prosseguir a contenda.

LIMPEZA NA ADMINISTRAÇÃO DO FUTEBOL

Para tanto devemos lutar para que sejam afastados noventa e nove por cento dos atuais dirigentes das federações, da confederação e, dos clubes, incluso os dirigentes das entidades paralelas.

POLITICA

Parece que a presidente Dilma Rousseff não esta disposta a receber José Maria Marim, poderia aproveitar, e mandar apurar o desempenho social e financeiro de José Maria Marim, da juventude, até hoje.

José Maria Marim (famoso medalhinha), adora levar vantagen$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$.

Chega de Corruptos e Corruptores

Acorda Brasil

SP- 30/06/2012

Em “homenagem” ao PSDB/RJ: Juca Entrevista com Marcelo Freixo (PSOL)

junho 30, 2012

De maneira absurda, diria até ditatorial, o PSDB do Rio de Janeiro processou o jornalista Juca Kfouri porque este, além de entrevistar o candidato a Prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Freixo (PSOL), declinou seu entusiasmo pela candidatura.

Exatamente como deve fazer um bom jornalista, deixando bem claro suas posições e ideias ao público que o acompanha.

Incomodado, o PSDB exigiu que Juca entrevistasse seu candidato, se fazendo de uma distorção da Lei Eleitoral, já que nem sequer estávamos no prazo que impediria a manifestação.

O jornalista, obviamente, recusou.

Freixo, antes de ser candidato, é uma figura que por si justifica a entrevista.

Corajoso e atuante, a ponto de servir de exemplo para o personagem “Deputado Fraga”, no filme Tropa de Elite 2.

Aproveitando para também declarar apoio à candidatura de Marcelo Freixo à Prefeitura do Rio de Janeiro, este espaço solidariza-se com Juca Kfouri em mais esta luta contra àqueles que acreditam poder silenciar, ou manipular, o trabalho da imprensa.

E, em “homenagem” a estupidez do PSDB carioca, reproduz abaixo, na íntegra, o referido bate-papo.

EM TEMPO: aos “brilhantes” advogados do PSDB carioca informo que esta é uma ação isolada deste espaço e que nem a ESPN BRASIL muito menos Juca Kfouri  foram informados sobre a postagem.

Arnaldo Tirone: “Negociei o Jadson com Kia Joorabchian. O jogador é dele”

junho 29, 2012

Na tarde de ontem, recebemos a ligação de um transtornado presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone.

Entre reclamações, algumas ofensas e certa confusão ao se expressar, Tirone fez revelações interessantes.

Acusou-nos de mentir ao dizer que ele mantinha relacionamento com o iraniano Kia Joorabchian.

Precisamos relembrá-lo que ele próprio, Tirone, confirmou nossas informações, tanto do encontro que mantiveram em Londres, como também o do hotel, próximo à região da Paulista, em São Paulo, em reportagem da “FOLHA”.

“E daí ? Me encontro com quem quiser…”, disse Tirone, esquecendo-se que minutos antes havia negado a aproximação.

Outra confusão feita pelo mandatário palmeirense, também em questão de minutos, foi a de garantir que não faz negócios com Kia.

Logo depois, em meio a um certo destempero, desmentiu-se, declarando: “Não sou amigo do Kia… estava fazendo um negócio com ele, não em meu nome, mas em nome do Palmeiras.”

“Ele é dono do Jadson… ofereceu-me o jogador na Inglaterra, negociamos, e depois tratamos sobre isso no hotel, em São Paulo.”

Vale lembrar que, oficialmente, os empresários Carlos Leite e Franck Henouda dizem representar o jogador, e sempre foram tratados, por este espaço, como “prepostos” de Joorabchian.

Tirone, meio que sem querer, confirmou não apenas esta informação, mas deu indícios claros da ingerência da “organização” no trabalho do treinador Mano Menezes, na Seleção Brasileira, que tantas vezes convocou o jogador.

Sem contar a diretoria do São Paulo…

“O jogador é do Kia… claro que o São Paulo falou com ele para contratá-lo.”, afirmou Tirone.

Para finalizar, percebendo, talvez, ter falado um pouco demais, Tirone passou a fazer ilações entre conselheiros palmeirenses e nosso espaço.

“Esse Gilto Avalone é um (palavras ofensivas)… fica te passando informação… ele e o Mustafá… expulsei todos os desonestos do clube… esses caras não se criam comigo…”

“Só ficou do meu lado quem é de bem…”

Porém, aos ser questionado sobre o fato de seu advogado pessoal ter desviado R$ 290 mil dos caixas palmeirenses, Tirone quase surtou: “Ninguém provou nada ! (Na verdade, está comprovado). E ele era também advogado do Mustafá… e do Belluzzo…”

“Sou o cara mais honesto do Palmeiras !”, finalizou Tirone, num rompante de auto-afirmação.

MidiaCast Esporte Clube – participe !

junho 29, 2012

Não perca, às 18h, mais uma edição do programa “MidiaCast Esporte Clube”, pela rádio MidiaCast.

http://radiomidiacast.com.

Com apresentação de Paulinho e a participação especial de Fernando Pereira.

Um espaço em que os principais assuntos discutidos são escolhidos pelo público.

Deixe suas perguntas por aqui, nos comentários da postagem, até meia hora antes do início do programa.

Todas serão respondidas, ao vivo, e disponibilizadas, em PodCast, no dia seguinte.

Desde já agradecemos pela audiência

Ex-diretor denuncia corrupção de conselheiros na venda de ingressos para a final da Libertadores

junho 29, 2012

Por EDUARDO LOPES*

Sou ex-diretor de três departamentos, sócio do Clube ha mais de 35 anos.

Frequentador diário, corinthiano assíduo do Parque São Jorge, mas, mesmo assim, não consegui nem passar perto dos ingressos.

Tive noticias que foram oferecidos por RS 5.OOO,OO para setores VIP.

Conselheiros negociando os seus próprios (ganharam pelo menos 2 cada um).

Esta ocorrendo um comercio paralelo e ilegal.

Isso é o Corinthians hoje.

É administrado por um delegado de policia (Mario Gobbi)…

Digo que estou passando por isso em virtude das eleições de fevereiro, meu grupo de amigos ter apoiado candidato da oposicão.

O estatuto do clube é apenas decorativo, não é respeitado.

Desabafo de um torcedor corinthiano

junho 29, 2012

From: Frederico Bádue

Sent: Thursday, June 28, 2012 6:03 PM

To: paulinhonet@terra.com.br

Subject: Crítica ao Sócio Torcedor

Paulinho,

Gostaria de compartilhar com você um desabafo

Sou corintiano roxo, mas estou triste. Sim, triste.

Após 3,5 anos e R$ 7.555 investidos participando do programa de sócios do Corinthians, o que eu ganho em recompensa: ficar de fora da histórica final da Libertadores.

Para o meu setor (um dos mais nobres do Pacaembu, diga-se de passagem) o programa não beneficiou os mais assíduos e abriu a venda geral. Por causa de 10 minutos de atraso para entrar no site e comprar, fiquei sem ingresso.

Desde o rebaixamento que eu dupliquei minha corintianidade. Entrei no programa, fui a quase todos os jogos do Corinthians nesse período. Acompanhei toda a trajetória de formação desta equipe que chega para disputar a final da Libertadores.

Vi o titulo da Serie B, do paulista, da copa do brasil e do brasileiro. Vi ganhar clássicos contra todos os grandes. Vi o Ronaldo. Mas não é só isso. No amistoso contra os reservas da Portuguesa, debaixo de chuva eu também estava lá. Contra o Grêmio Barueri, fazendo 8ºC em SP num sábado a tarde por um jogo do Brasileirão que não valia nada eu também estava lá. Contra o XV de Piracicaba, debaixo de chuva, com o time reserva eu também estava lá.

Em todos os jogos da Libertadores, eu estava lá.

Estou há 3,5 anos esperando esse momento, essa final. Não me importa se vai perder ou ganhar (vai ganhar). Eu participei de todos os momentos até aqui. Eu empurrei o Timão contra todos os adversários.

Mas nada disso foi levado em conta pelo Sócio Torcedor. Prevaleceu a sorte, a aleatoriedade de um software, a malandragem. O amor foi derrotado.

Na terça-feira, a hora que me dei conta que fiquei sem ingressos fui pra casa e chorei como há tempos eu não chorava.

Senti traído pelo Programa de Sócios que não foi capaz de priorizar os mais assíduos para o Setor Laranja do Pacaembu.

Três anos e meio de dedicação para ficar de fora do momento histórico.

Ontem passei o dia me arrastando, rezando pra acabar o dia logo. O Romarinho salvou o dia.

Quarta que vem será fácil me encontrar. Estarei sentado na calçada do pacaembú com um radinho a pilha na orelha. Não vou assistir esse jogo pela TV de jeito nenhum.

De qualquer forma, obrigado por ler meu desabafo.

abs

Frederico Bádue

CBF: Teixeira, Marin e Del Nero estão fazendo a festa

junho 29, 2012

Assim que assumiu o cargo de Presidente da CBF, após a fuga de seu antecessor para Miami, José Maria Marin tratou logo de aumentar seus vencimentos.

De R$ 98 mil para R$ 160 mil.

Em sua cola veio o Presidente da Federação Paulista de Futebol, que garantiu R$ 130 mil mensais.

Mas a farra não parou por ai.

A FOLHA de hoje noticia que Ricardo Teixeira, mesmo após a fuga, manteve-se com cargo na entidade, uma espécie de “ASPONE”.

E, se como presidente da entidade recebia os tais R$ 98 mil de salários, agora o rendimento, acreditem, aumentou.

No mês retrasado, a CBF lhe pagou R$ 90 mil, e já no período seguinte, R$ 120 mil.

É ou não o Paraiso da Locupletação ?

Piadinha fez Leão afastar João Filipe

junho 29, 2012

Era um dos primeiros encontros entre o treinador Emerson Leão e seus comandados do São Paulo, um bate-papo em rodinha, dentro do gramado do CT da Barra Funda.

Numa das falas do comandante, eis que o então titular da posição, o promissor zagueiro João Filipe, tratado pela imprensa na ocasião como “Blackembauer”, devido à volúpia com que partia para o ataque com a bola dominada, resolveu fazer uma piada.

Justamente utilizando o treinador Leão como vítima.

Momento errado com alguém que tentava ainda impor respeito ao grupo, e que, historicamente, costuma pegar “birra” de quem, em sua opinião, falta-lhe ao respeito.

O fato é que, logo depois, João Filipe caiu em desgraça, foi para o banco e, mesmo claramente superior tecnicamente a substituto Paulo Miranda, nunca mais teve as oportunidades de outrora.

Eterna Itália

junho 28, 2012

Por JUCA KFOURI

http://blogdojuca.uol.com.br/

A Itália, bem,  a Itália é a Itália, sabe como é.

Começou o jogo contra Alemanha levando um sufoco, com Pirlo salvando gol na linha fatal, Buffon se virando e a bola não entrando por detalhe.

Aí, aos 19, a Itália, que é a Itália, avançou pela esquerda, Cassano deu um rolê em dois germânicos e cruzou na cabeça de Balotelli que cabeceou para fazer 1 a 0.

Sim, o alemão não desiste nunca e foi à luta.

Kedira quase  faz um golaço de fora da área, mas Buffon não deixou.

E, aí, em contra-ataque, Balotelli  foi lançado, deixou Lahm para trás, e quando chegou perto da área soltou um petardo indefensável.

A Alemanha seguiu melhor, mas a Itália, que é a Itália, você sabe, foi para o intervalo com 2 a 0 de dianteira.

Sim, é claro, a blitz alemã no segundo tempo foi infernal, com Reus no lugar de Podolsky.

Aos 12, Cassano saiu e Diamanti entrou na azzurra.

E Buffon não deixava passar nem pensamento.

O poeta Carlos Drummond de Andrade dizia que o difícil não é fazer mil gols como Pelé, mas fazer um gol como Pelé.

Pois é. Se é difícil fazer um gol na Itália, imagine dois

Itália que ainda ameaçava aqui ou ali em contra-ataques.

E para ameaçar ainda mais trocou Balotelli por Di Natale enquanto Boateng saiu paraentrar Müller.

E chegou a ficar mais perto do terceiro gol que os alemães do primeiro.

Mas, com requintes de crueldade, aos 46, a Itália sofreu um gol, de pênalti, cobrado por Özil: 2 a 1.

E foi tudo.

O mundo queria ver Barcelona e Real Madrid decidindo a Liga dos Campeões da Europa e acabou vendo Chelsea e Bayern Munique.

Agora queria ver Espanha e Alemanha na final da Euro e verá Espanha e Itália.

Os campeões europeus e do mundo, atrás de uma façanha inédita na história do futebol, qual seja a de ganhar duas copas continentais com uma mundial entre elas, que se cuide.

Porque a Itália é a Itália, sabe como é.

Romarinho próximo de entrar para a história

junho 28, 2012

Independentemente do que vier a fazer em toda a sua carreira, daqui por diante, o predestinado Romarinho, em caso de conquista do Corinthians na próxima quarta-feira, jamais será esquecido.

Dias após fazer dois gols num clássico em que o clube venceu seu arquirrival, apresentando-se com uma equipe de reservas, fez ainda o tento salvador em La Bombonera.

Daqueles momentos que serão lembrados, por todo o sempre, em conversas de torcedores alvinegros.

Uma pena que os dirigentes que o trouxeram, quando o fizeram, pensavam em diversos assuntos, menos em ajudar o clube, como você confere no link abaixo.

https://blogdopaulinho.wordpress.com/2012/06/26/corinthians-o-custo-romarinho/

Ministério Público dá moleza para o São Paulo

junho 28, 2012

No início do ano, o Ministério Público de São Paulo, acatando denuncia de ONGs de moradores do Morumbi, ingressou com Ação para que o São Paulo Futebol Clube fosse obrigado a realizar mudanças estruturais, visando adequação à lei vigente.

Passado algum tempo, estranhamente, o processo não andou.

O que deveria ser, segundo a ação, “obrigação de fazer”, tornou-se um “nada feito”, meses depois.

Sim, porque sabe-se lá porque motivo, o clube não foi citado para se defender no prazo legal.

Razão pela qual o processo acaba de ser extinto.

Sem sequer uma manifestação contrária do MPSP, dando a entender certo desinteresse no assunto.

Convenhamos, até as mudas de árvores da praça Roberto Gomes Pedrosa sabem onde, quando e o que fazer para encontrar dirigentes tricolores aptos a receber intimações no Morumbi.


%d blogueiros gostam disto: