Advertisements

Contador desmascara “equívocos” do balanço da Arena Itaquera S/A

ladrão

Publicamos, ontem, trechos absolutamente surreais do balanço contábil da empresa Arena Itaquera S/A, subordinada a BRL Trust, verdadeira proprietária do “Fielzão”.

http://blogdopaulinho.com.br/2014/06/26/arena-itaquera-sa-e-seu-interessante-balanco-financeiro/

O leitor Douglas P., da área contábil, indignou-se com a “picaretagem” dos números, e nos procurou, emitindo seu parecer.

Vale a pena conferir:

Por DOUGLA P.

Caro Paulinho, boa tarde

Desde sua aparição no excelente programa – e único – de entrevista na TV aberta Provocações, tenho lido seu blog diariamente.

Como sou contador, vi aberrações na publicação das Demonstrações Contábeis da Arena Itaquera S/A, que foi publicado no dia 09/04/2014 no Diário Oficial Empresarial DOE http://document.imprensaoficial.com.br/1/2/h/7C/4/9/0/12h7c49001f.pdf , a saber:

1 – O contador responsável pela contabilidade da Arena tem seu registro no CRC-RJ, logo, deve conter em seu registro o “S” de secundário, pois, está trabalhando fora de seu domicilio de registro profissional.

O correto é Contador CRC RJ XXX.XXX/”S”-X.

2 – Na Demonstração do Resultado do Exercício, há algumas nomenclaturas em totais desconformidades com a norma.

Por exemplo, a DRE tem o nome de Demonstração do Resultado do Exercício, apresentada erroneamente como Demonstrações dos Resultados.

De acordo com a norma a nomenclatura correta é Resultado Operacional e não Lucro Operacional, somente ele consegue escreve lucro por extenso e ter prejuízos numéricos !!!!

Outro item com idêntico erro se aplica na nomenclatura Lucro Líquido do Exercício, onde o correto é Resultado Líquido do Exercício, por fim, nessa peça contábil, mais um erro crasso empresas S/A emitem AÇÕES e não QUOTAS, e, o houve prejuízo por Ação, não Lucro por QUOTA!!

3 – A Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido – DMPL, tem como objetivo refletir suas movimentações.

A forma de apresentação nos lembra da extinta DLP Demonstração da conta de Lucros e Perdas, onde, ele mostra apenas as variações dos Prejuízos Acumulados.

Essa peça na coluna Total DEVE refletir os saldos do Patrimônio Líquido 320.699.467 e 369.488.540 nos anos 2013 e 2012 respectivamente.

Outro relevante ERRO é o valor do Capital Social, onde no Balanço e na Nota Explicativa n° 3 consta o valor de 402.001.000, e na DMPL consta o valor de 1.000.

Haja grosseria na elaboração de uma simples Demonstração Contábil.

Assim, a classe contábil chora copiosamente. Oh, my God!!

4 – Outros itens de análise: Notas Explicativas muito sucinta, falta divulgação das variações dos principais valores do Ativo e Passivo, Compras de Ações 839.240.000 e Empréstimos e Financiamentos 470.323.244 , respectivamente.

Diretor sem designação específica é algo novo ?!?!

Para concluir, uma empresa S/A sem Parecer dos Auditores!!!

Depois que os PTralhas inventaram a Contabilidade Criativa, a esculhambação contábil vem se tornando moda.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: