Advertisements
Anúncios

Conselheiro do São Paulo tenta anular condenação, mas se dá mal

Dedé e Carlos Miguel Aidar

Em 2017, o conselheiro do São Paulo, Antônio Donizete Gonçalves, vulgo “Dedé”, registrou Boletim de Ocorrência e protocolou procedimento no Conselho Deliberativo do clube, acusando o advogado e também conselheiro, José Francisco Manssur, de, no ano de 2016, vazar informações pessoais suas à facção “Independente”.

Ambos os procedimentos, por falta de provas, foram arquivados.

Não contente, em 29 de janeiro deste ano, Dedé processou Manssur por “Danos Morais”, em ação promovida na 26ª Vara Cível de São Paulo.

No último dia 29 de junho, o juiz Felipe Albertini Nani Viaro julgou o pedido improcedente, condenando o conselheiro Tricolor a arcar com todas as despesas processuais.

Dedé recorreu e pediu anulação da sentença, mas o TJ-SP indeferiu, mantendo o resultado da sentença em primeira instância, que pode ser conferida, na íntegra, no link a seguir:

Dedé vs. Manssur (SPFC)

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: