Anúncios

Grupo de situação anunciará candidato às eleições do Corinthians

Logo mais, às 16h, no Teatro OMNI (o nome não poderia ser mais adequado), dentro do Parque São Jorge, o grupo “Renovação e Transparência”, que ocupa o poder no Corinthians há mais de uma década, lançará seu candidato às eleições de 2018.

O nome tratado como certo é o do deputado federal Andres Sanches (PT).

Aliás, mesmo que, em remota hipótese, não seja, é a ele que o indicado terá que beijar as mãos durante a gestão (em caso de vitória no pleito) para conseguir governar.

Em se confirmando a nova tentativa do parlamentar em se tornar presidente, ela se dará por duas razões principais:

  • a inexistência, no grupo, de nome relevante para a disputa;
  • a necessidade de manter no clube o sistema que dá emprego, formal e informal, a centenas de apoiadores de Andres Sanches, que, como ele, sobrevivem de negócios, alguns bem nebulosos, fechados em nome do Corinthians

Como exemplo, ontem, a chapa “Preto no Branco”, antecipando-se à escolha do nome, enviou a associados alvinegros, utilizando-se de carta, segundo fontes, pagas pelo clube, folder com a foto de Andres Sanches vestindo a camisa do grupo, dizendo ainda apoiá-lo para a presidência.

Estes todos, fusão da “Família Monteiro Alves” com o extinto “Fora Dualib”, candidatos ao Conselho Deliberativo, melhoraram de vida com o poder nas mãos da “Renovação e Transparência”.

Participaram, desde negociações de jogadores – apesar de um deles, Duílio “do Bingo”, ter saído corrido de Miami por conta disso, passando por esquemas de ingressos, camarotes e até canteiros de obras, seja no Parque São Jorge ou na Arena de Itaquera.

Edu “Gaguinho”, ex-diretor de futebol, antes subempregado (era assessor dos Gaviões da Fiel), mesmo sem receber salários durante todo o período, hoje ostenta confortável vida financeira, orquestrador de esquemas diversos, sob as asas de Andres Sanches.

Para tentar mudar o panorama político alvinegro, as apostas oposicionistas recaem sobre a candidatura de Roque Citadini, que conseguiu unir o grupo com Osmar Stabile e Augusto Melo e, até o momento, ocupa a primeira colocação nas pesquisas eleitorais.

Não será, evidentemente, tarefa fácil.

Concorrem também, o ex-diretor de esportes terrestres da “Renovação e Transparência” Felipe Ezabella, financiado pela BDO/RSC, de Raul Corrêa da Silva, e o ex-agente do DOPS, ex-Secretário Nacional de Justiça do Governo Lula, agora advogado, Romeu Tuma Junior, ambos com irrelevantes perspectivas eleitorais.

ATUALIZAÇÃO: Andres Sanches foi confirmado como candidato a presidente do Corinthians

Anúncios

2 Respostas to “Grupo de situação anunciará candidato às eleições do Corinthians”

  1. Jose Carlos (@ze_ca77) Says:

    só citadine pode bater de frente na eleicao com o espanhol. se o espanhol ganhar de novo nao sai nunca mais do poder, ele e a sua canalha toda,turma do gaguinho, donato do po e da erva,bob do cuspe e demais asseclas.
    espero que quem for de verdade de oposicao ponha a mao na consciencia e se junte ao citadine porque ai a chance de brigar com o espanhol e chuta-lo pra longe aumenta
    e nao vai ser facil porque os garcia vao apoiar o espanhol. afinal de conta tem o futebol envolvido e ninguem quer perde seu naco nas negociatas

  2. Divanio (@DCLS45) Says:

    Andres “sem” Sanches será encarcerado brevemente!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: