Anúncios

Entrevista de Secretário da Cultura de São Paulo é arrasadora para João Dória

O secretário de Cultura André Sturm no Theatro Municipal de São Paulo

O Secretário da Cultura do Município de São Paulo, André Sturm, concedeu entrevista à FOLHA que pode ser tratada como arrasadora para o prefeito João Doria Jr.

Fogo amigo dos mais pesados.

Além de colocar o prefeito da condição de inculto, Sturm insinuou que seu patrão é suscetível a pressões e, de fato, está pensando mais em eleições do que nas obrigações como Prefeito da capital.

Sobre a afirmação “tudo tem limite”, que Dória utilizou para criticar recente, e polêmica, exposição do MAM (Museu de Arte Moderna), Sturm rebateu:

De maneira nenhuma. Arte tem de ser livre. A originalidade e a criatividade fazem parte essencial da arte. Ao longo da história, artistas não foram compreendidos e depois viraram ícones. Mas esses são aqueles de que a gente lembra. Há uma série de coisas que não vamos lembrar no futuro. E há as que vamos dizer que tivemos o privilégio de conhecer. Então a arte tem de ser livre. Mas temos de tomar cuidado em como é apresentada. É importante haver classificação indicativa, que não tem caráter de censura, mas de informação. Minha mãe tem 75 anos. Não gostaria de acompanhá-la em uma exposição que tem cena de sexo, ficaria constrangido.

Ao ser questionado de o Prefeito exagerou na manifestação, o secretário insinuou a ação sob pressão:

“(…) Não acho que ele tinha todas as informações. Foi pressionado e quis fazer uma manifestação.”

Dória disse que trava-se de “arte libidinosa”… Sturm rebateu:

“Não havia nada de libidinoso. Era um homem deitado, não estava excitado. Não que ache isso, mas o que podia ser discutido ali é a atitude da mãe que leva uma criança àquela exposição. O museu não tem responsabilidade. Não era um homem nu andando pelo MAM e que mexeu na criança. Houve uma grande falta de informação. Gente que entrou na onda do pós-verdade, viu a manchete e saiu xingando. E outras que têm interesse em combater a arte e que se aproveitaram dessa situação.”

“Como é trabalhar com um Prefeito que só pensa em eleição?”, questionou a FOLHA:

“Por um bom período, o prefeito estava realmente focado 100% do seu tempo na cidade. Acho que em algum momento, pode ter começado a pensar nisso”

Anúncios

4 Respostas to “Entrevista de Secretário da Cultura de São Paulo é arrasadora para João Dória”

  1. sandroso2015 Says:

    Vixi…nada a ver………aquilo nunca será originalidade e a criatividade e nunca será ícone de nada…….uma imbecilidade…faltade princípios do tal artista e da tal mãe….isso estava tudo arranjado…nenhuma mãe e sã consciência faria aquilo.

  2. Alex Lyzardo Says:

    O Estatuto da Criança e do Adolescente por si só basta. Não é necessário interpretações.

  3. Bruno de Melo Says:

    Ah, velho. Na boa… seu blog já deu. Vai apoiar vagabundo que defende isso sozinho, vai.

    Paulinho: Ninguém te obriga a estar aqui… gostou, fica, não gostou, vaza…

  4. Rafael Milka Says:

    PTistinha apoiador de pedofilo detected

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: