Advertisements

Justiça julgará se obras da Arena Palestra Itália serão embargadas

Em 2011, o Ministério Público de São Paulo ingressou com pedido de suspensão das obras da Arena Palestra alegando que além de não estarem em concordância com a legislação, por diversos motivos, feriam também o objeto do principal alvará concedido pela Prefeitura de São Paulo.

Para o MP, a autorização de reforma está sendo burlada pela WTorre, que estaria, na verdade, construindo um estádio novo, utilizando-se de “esperteza” ao conseguir um documento teoricamente mais fácil.

O réus no processo são, além da WTorre, o Palmeiras, pela parceria e a Prefeitura, por omissão.

Em primeira instância, o judiciário paulista indeferiu o pedido do MP, alegando que precisava de provas materiais – que não constavam do processo, para deferir a tutela – na prática a paralisação dos trabalhos.

Porém, o MP, em setembro do mesmo ano, entrou com recurso no TJ, e o caso deve ser julgado em breve (consta da pauta para março deste ano).

Em sendo julgado procedente, a situação da Arena, com relação a prazo de entrega e custos sofrerá alterações importantes, que podem até gerar até desconforto entre dirigentes do clube e da incorporadora.

Não é seria a primeira vez que  WTorre seria flagrada no descumprimento de leis, fato que torna o Palmeiras, após tantos avisos e questionamentos, muito mais cúmplice do que vítima nessa história.

Facebook Comments
Advertisements

85 comentários sobre “Justiça julgará se obras da Arena Palestra Itália serão embargadas

  1. H@milton

    A camisa do Dr. Em que mesmo? Será feita de papel de jornal pintado com giz de cera, ou se for da Adidas provavelmente fruto de carga roubada! Ou hering furtada?
    Dr. Explique como chegaste a camisa por R$ 30?
    Com seu doutorado deve ser fácil explicar!

  2. COBRA VERDE

    DE NOVO ESSE PAPINHO FURADO DE PARAR AS OBRAS DA NOVA ARENA?! KKKKKKKK TA SEM ASSUNTO PRA MALHAR O PALMEIRAS HEIN PAULINHO RSRSRS. E O GILTO? NÃO SOLTOU MAIS NENHUM DOCUMENTO DO PALMEIRAS PRA VC E O PERRONE? RSRSRS PARECE QUE AS COISAS ESTÃO MELHORANDO PELO LADO DA TURIASSU, TÃO SEM ASSUNTO PRA MALHAR O VERDÃO E FICAM DESENTERRANDO OS MORTOS HEIN KKKKK.

  3. H@milton

    Dr. Quem falou em estádio?
    Quem quer divulgar o contrato é o conselho, não sou eu!
    4 propostas e escolheram a pior?
    Estão comentando demais sobre o guarani da turiaçu e as notícias não parecem boas, mas onde devo procurar notícias do bugre?
    Já que sabes tanto, vc sabe que o a pocilga,se sair, pertence a uma multinacional americana e que o bugre só poderá usar o chiqueiro reformado nos meios de semana, divulgado pela própria multinacional!

    Dr. Em qual especialidade?

  4. Não é a toa que se chamam PORCOS

    http://blogdojuca.uol.com.br/2012/02/a-historia-de-uma-marmelada-documentada/

    Em 1968, o Palmeiras corria o risco de ser rebaixado no Campeonato Paulista caso perdesse o jogo contra o Guarani, em seu penúltimo jogo pelo estadual.

    O alviverde da capital tinha priorizado a disputa da Libertadores e acabou tendo de jogar uma série de partidas seguidas, anteriormente adiadas no estadual.

    Foi então que o Guarani escalou um time reserva e com um jogador em situação irregular, de maneira tal que se o time campineiro vencesse o paulistano poderia buscar na justiça esportiva os pontos perdidos.

    Nem foi necessário porque o 1 a 1 , no Brinco de Ouro, no dia 29 de junho de 1968, um sábado à tarde, garantiu o Palmeiras na divisão de cima.

    A história era conhecida, mas que havia sido garantida por documentos é a novidade que a revista comemorativa do centenário do Comercial de Ribeirão Preto, editada pelo jornalista Luiz Eduardo Arruda Rebouças, revela, como se pode constatar abaixo.

    E com registro em cartório!

    O Guarani prometeu, e cumpriu, não escalar nenhum titular e, de quebra, ainda fez entrar durante a partida o jogador amador Flamarion, ultrapassando o limite de dois amadores por jogo.

    Em compensação, o Palmeiras cedeu, por empréstimo, um jogador de graça ao Bugre.

    Jogador que, em seguida, o Palmeiras vendeu ao XV de Piracicaba, razão pela qual depositou 50 mil cruzeiros na conta do Guarani.

    Eram outros tempos, ingênuos até.

    As mutretas eram feitas mais com a finalidade de garantir o sucesso esportivo do que em enriquecer cartolas e seus satélites.

    E, para que não houvesse dúvida, até registrar em cartório se registrava…

    Mas o que o Comercial tem a ver com isso, você há de estar se perguntando.

    Pois foi com esses documentos, comprovando marmelada no campeonato de 1968, que o Comercial conseguiu anular sua queda para a segunda divisão em 1969, causando ainda a suspensão do descenso em São Paulo nos anos seguintes.

  5. IMPREN$$A BAMBI

    Nao adianta pedrir q VIaldo Stuchi só e bom de escrever sandices e fazer massagem nos outros .

  6. Parkinson Jorge

    E evidente que o construcao da Arena Palestra sera prejudicial ao Botafogo de Paraisopolis, por isso o timinho dos advogados estao fazendo o possivel pra impedir ou retardar a construcao da Arena Palestra.
    Unico show que vai haver na Bambinera sera a Parada Gay entre bambis e gambas, mas muito cuidado, a gambazada nao admite perder.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: