Advertisements

A resposta do Fluminense

O Blog do Paulinho publicou, ontem (09), relato de empresário que acusou intermediários ligados ao Fluminense de cobrarem 15% a 20% de ‘comissão’, a serem repassados “do presidente ao faxineiro’, como única maneira de fechar negócios com a agremiação:

Dono de empresa diz que para fechar negócio com o Fluminense tem que pagar 20% “desde o Presidente até o faxineiro”

Após intensa repercussão nas mídias sociais, à noite, o clube soltou Nota Oficial.

No teor das explicações, destaca-se a tentativa de desqualificar o jornalista – praxe entre os que tem dificuldades em explicar o teor da matéria – dizendo que o autor do blog já foi processado, condenado e preso por crimes contra a honra.

Notícia velha, diversas vezes explicada e não escondida nesse espaço, colocada para quem quiser acessar no menu “quem é o Paulinho”, na barra lateral do site.

Os cartolas do Flu esqueceram-se, porém, de contar que perderam o processo que moveram contra o Blog do Paulinho, na Justiça de São Paulo, quando criticamos o clube pela utilização excessiva da justiça desportiva

No mais, acusam o teor da postagem de ‘fake-news’, sem refutar, porém, os indícios mais graves, contidos em gravação de voz e print de conversa em que um dos interlocutores é funcionário do Fluminense.

Há menção, também, a outra ‘Nota’, assinada por Ricardo Ambrósio, desmentida pelo áudio do próprio, à disposição dos leitores desse espaço.

Não faltou, na narrativa do Fluminense, o famoso ‘clichê’ de ligar opositores do clube a notícias das quais sequer tinham noção de que seriam publicadas.

O Blog do Paulinho reitera a postagem, em que sequer acusa qualquer dirigente do clube carioca de prática alguma, apenas dá voz a quem o faz, amparado em evidências documentais, tomando o cuidado, ainda, de, ao final, pedir apuração dos conselheiros do Fluminense para, aí sim, qualificar cada possível infrator, se houver, na medida exata de seus deslizes.

Qualquer destempero além disso parece mais defesa prévia de quem, aparentemente, cobriu a cabeça com reluzente carapuça.


Abaixo a íntegra da Nota Oficial do Fluminense

Na tarde desta sexta-feira, circulou na redes um post com grave acusação a profissionais do Fluminense, produzido por blog cujo autor já foi processado, condenado e preso por crimes contra a honra.

Seja Sócio e tenha vantagens na compra de ingressos, além de descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

Na referida postagem há supostas acusações, elaboradas de forma enganosa, comportamento típico daqueles que não tem compromisso com a verdade. Na linguagem de hoje, trata-se de fake news.

A postagem afirma que o dono da empresa que veiculou anúncios e um sorteio durante uma transmissão de jogo fez acusações, mas o texto deixa claro que as declarações são de terceira pessoa, muito provavelmente do pretenso intermediário da operação que foi afastado por inconformidades detectadas pelo departamento jurídico na apresentação de documentos.

Veja a nota em que Live Sorte desmente as acusações.

“Nós da empresa Live Sorte, neste ato representada pelo sócio administrador Renato Ambrósio, viemos repudiar a notícia falsa e caluniosa publicada em um blog, em conjunto com acusações ao clube Fluminense. O conteúdo do tal post é leviano, mentiroso e criminoso. A operação que fizemos com o Fluminense foi absolutamente legal, contabilizada regularmente e em nenhum momento teve pedido de qualquer valor que não fosse o acordado oficialmente em contrato. Nada além do disposto expressamente em contrato. O autor da caluniosa história, que há algum tempo vem me chantageando, será devidamente processado”.

A operação comercial com a empresa Live Sorte, divulgada pela FluTV em 12/07/2020, foi registrada em contrato de 17 páginas, após a comprovação da idoneidade da empresa, exigida com rigor. Os valores recebidos foram regularmente contabilizados, como de hábito.

O citado blog já havia sido usado durante a campanha eleitoral do clube por adversários políticos que, pelo visto, continuam mantendo relações com o caluniador. O Fluminense informa que já levantou os nomes dos envolvidos e tomará as medidas judiciais cabíveis.

Advertisements

Facebook Comments

1 comentário em “A resposta do Fluminense”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: