Advertisements
Anúncios

Receita Federal envia mais de mil páginas de documentos de Andres Sanches à Justiça

Investigado pela Justiça Federal por crimes ligados à prática apelidada “arara” (abrir empresas em nome de laranjas com objetivo de aplicar golpes na praça e também em instituições bancárias), o deputado federal Andres Sanches deve estar, desde a última semana, ainda mais preocupado.

Na sexta-feira (19), o judiciário negou HC à sua contadora e prima Itaiara Pasotti:

Caso “arara”: Justiça Federal nega habeas-corpus a contadora (prima) de Andres Sanches

Dias antes, a promotoria recebeu, da Receita Federal, mais de mil páginas de documentos, oriundos de ampla pesquisa em diversas empresas, algumas de “fachada”, ligadas ao parlamentar e seus parentes.

São fortes, não apenas os argumentos para condenar o presidente do Corinthians à prisão, mas também indiciá-lo noutros processos que deverão surgir como desdobramentos deste.

Vale lembrar, na esfera civil, Andres Sanches já foi apenado a ressarcir a Receita em mais de R$ 15 milhões, por sonegação de impostos e está sendo julgado por danos morais ocasionados contra duas de suas “laranjas”.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: