Advertisements
Anúncios

Receita Federal envia mais de mil páginas de documentos de Andres Sanches à Justiça

Investigado pela Justiça Federal por crimes ligados à prática apelidada “arara” (abrir empresas em nome de laranjas com objetivo de aplicar golpes na praça e também em instituições bancárias), o deputado federal Andres Sanches deve estar, desde a última semana, ainda mais preocupado.

Na sexta-feira (19), o judiciário negou HC à sua contadora e prima Itaiara Pasotti:

Caso “arara”: Justiça Federal nega habeas-corpus a contadora (prima) de Andres Sanches

Dias antes, a promotoria recebeu, da Receita Federal, mais de mil páginas de documentos, oriundos de ampla pesquisa em diversas empresas, algumas de “fachada”, ligadas ao parlamentar e seus parentes.

São fortes, não apenas os argumentos para condenar o presidente do Corinthians à prisão, mas também indiciá-lo noutros processos que deverão surgir como desdobramentos deste.

Vale lembrar, na esfera civil, Andres Sanches já foi apenado a ressarcir a Receita em mais de R$ 15 milhões, por sonegação de impostos e está sendo julgado por danos morais ocasionados contra duas de suas “laranjas”.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: