Treinador do Atlético/GO “desaparecido” estaria envolvido com drogas

marcelo-cabo

O treinador do Atlético/GO, Marcelo Cabo, que teria ficado desaparecido por 36 horas, retornado para casa, permanecido sete minutos e saído novamente, apesar das diversas e desencontradas versões, estaria envolvido em situação bem mais grave do que se pode imaginar.

Conversamos com duas fontes ligadas à família.

Ambas garantiram que Cabo, lamentavelmente, estaria em recaída após algum tempo sem utilizar drogas – disseram cocaína (procedimento que era habitual na vida do treinador, segundo as fontes, desde os tempos de Bonsucesso, no Rio de Janeiro).

Dois são os temores e palpites dos parentes:

  • dívida com traficantes
  • necessidade de “se trancar” com outros usuários para satisfazer a necessidade do vício

Seja qual for a verdade, que dificilmente se tornará versão oficial, Marcelo Cabo precisará de apoio de familiares e do mundo futebolístico no intuíto de buscar tratamento (em comprovada a doença), retomando, em sequência, a vida profissional.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.