A estarrecedora entrevista de Andres Sanches (PT) para TV Comunitária de Rio Claro

andres sanches contexto

“(…) não tem muito o que fazer, porque você gasta dois, três, quatro ou R$ 5 milhões na campanha… você vai tirar como isso ai ?”

“(…) tem que parar com essa hipocrisia de dizer que você é bandido e o outro é santo… infelizmente, quem já concorreu a cargo público sabe o que tem que fazer para se eleger…”

______________________________________________________

Ex-presidente do Corinthians, o deputado federal Andres Sanches (PT), convidado a falar sobre política, concedeu estarrecedora entrevista à Rede Cidade Livre, emissora comunitária de Rio Claro-SP.

Mesmo diante de um entrevistador, digamos, favorável (que ao final chegou até a lhe pedir para autografar camiseta do Timão), o parlamentar, talvez acreditando na impossibilidade de grande repercussão, falou demais, e se perdeu.

Voltou a criticar, como em entrevista anterior, o excesso de Leis do pais.

Depois, explicitou o toma-lá-cá das doações de construtoras e demais empresários a políticos: “ninguém dá dinheiro pra ninguém”.

A campanha do deputado recebeu doação da construtora UTC Engenharia, que teve seu proprietário, Ricardo Pessoa, preso pela Polícia Federal por participar do esquema denominado “Petrolão”, sob acusação de desviar dinheiro público para os caixas do PT.

Por razões óbvias, a declaração de Andres Sanches gera constrangimento e desconfiança sobre os demais empresários que ajudaram-no financeiramente a se eleger.

Sobre a Constituição do Brasil, a que tratou como “constituinte”, Sanches disse: “não dá para ler… você não entende..”

Em desconformidade com suas próprias declarações anteriores, e com o pensamento do PT, partido pelo qual se elegeu, Sanches afirmou que o impeachment da presidente Dilma Rousseff “não é golpe”, criticando ainda o mais próximo ex-ministro da ex-mandatária do pais: “por o Mercadante na Casa Civil é para perder o Governo…”.

Andres Sanches reclamou do salário de R$ 23 mil pagos a alguns políticos, quase justificando possíveis atos de corrupção: “não tem muito o que fazer, porque você gasta dois, três, quatro ou R$ 5 milhões na campanha… você vai tirar como isso ai ?”

“(…) tem que parar com essa hipocrisia de dizer que você é bandido e o outro é santo… infelizmente, quem já concorreu a cargo público sabe o que tem que fazer para se eleger…”, complementou.

Incomodado com a “Operação Lava-Jato”, que, recentemente, prendeu seu ex-chefe de gabinete, o ex-bicheiro André Negão, suspeito de receber R$ 500 mil em propinas da Odebrecht, Sanches tratou o juíz responsável pela investigação como “Sérgio Moro da vida”.

Por fim, admitiu que houve roubalheira nas construções de estádios para a Copa do Mundo no Brasil (o deputado foi responsável pela obra da Arena em Itaquera), justificando que se trata de uma prática “cultural no Brasil”.

CONFIRA ABAIXO VÍDEO COM TRECHOS SELECIONADOS PELO BLOG, COM AS DEVIDAS TRANSCRIÇÕES:

O Brasil tem jeito?

“é só nós brasileiros e essa juventude que está vindo ai se conscientizar que precisamos de outro país… esse país é um país que tem leis em cima de leis, que são hipócritas…”

Roubar para fazer campanha

“eu entendo que virão muitas prisões ainda, não só de políticos, mas também de empresários, mas temos que entender que era a estrutura política”.

“fora o cara que roubou para por no bolso, o roubar para fazer campanha… não vão aqui achar que sou hipócrita… todo mundo, o brasileiro sabia disso…”

“não vão dizer aqui que ninguém sabia que o dinheiro público…. que ele recebeu dinheiro de construtora e que não teve benefício depois… isso não existe ! É achar que nós somos muito burros, muito hipócritas…”

(concordando que pessoas tem ideologia e que empresas fazem negócio) ninguém dá dinheiro pra ninguém… empresário não dá dinheiro para empresário… e está na razão dele…”

Constituição do Brasil

“nós temos duzentos e poucos milhões de brasileiros, quantas pessoas você acha que leram a nossa Constituinte (sic) ? Não chega nessa mão…”

“Por que? Porque não dá para ler… você não entende…”

“(concordando que “é muita letrinha”) tem uma frase lá que você tem uma interpretação, eu tenho outra, ele tem outra….”

“Então existe muitas leis sobre leis, que nós vivemos num país hipócrita… todo mundo sabe o que é certo ou errado… desde que não te prejudique eu tomo a minha posição….”

“Então eu acho que a Constituinte (sic) tinha que ser bem menor, regras menores, mais claras…”

Impeachment de Dilma Rousseff (PT) não é golpe

“eu não gosto de ficar falando esse negócio de golpe…. porque o negócio é político, não é golpe. É político

Como recuperar milhões gastos em campanha?

“pra ganhar R$ 23 mil ? Que nesse país é muito, mas, na essência, para o cargo que se tem de executivo, um Presidente, um Governador ganhar R$ 23 mil…”

“eu acho que você pega aqui… o salário mínimo é R$ 1 mil… você diz: “Pô, mas R$ 23 mil”… eu estou dizendo pela responsabilidade que tem…”

“não tem muito o que fazer, porque você gasta dois, três, quatro ou R$ 5 milhões na campanha… você vai tirar como isso ai ?”

Sobre Aloísio Mercadante (PT)

“é péssimo… (Dilma) por o Mercadante na Casa Civil é para perder o Governo…”

O preço do cargo público

“tem que parar com essa hipocrisia de dizer que você é bandido e o outro é santo… infelizmente, quem já concorreu a cargo público sabe o que tem que fazer para se eleger…”

Juiz Sérgio Moro “da vida”

“o que eu entendo é que o legislativo tem que fazer a sua parte, e o legislativo não faz a sua parte… ”

“por isso é que aparecem os “Sérgios Moros da vida… herói por um momento e depois vão ver que estavam errados….”

Roubalheira da construção de estádios da Copa do Mundo

“que teve roubalheira, é óbvio que teve… não vamos ser aqui hipócrita (sic)… se o cara rouba na merenda não vai roubar no estádio de futebol ?”

“então, infelizmente, ainda é cultural no Brasil isso…”

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.