Advertisements
Anúncios

Caso Wesley: Justiça manda Rede Globo adiantar 2 milhões de Euros da cota do Palmeiras para depósito em juízo

Palmeiras: COF reprova contas de Tirone por enorme goleada

Publicamos, recentemente, que o presidente do Criciúma, Antenor Angeloni, cobra, judicialmente, R$ 15,3 milhões do Palmeiras, alegando ter direitos sobre a transação do jogador Wesley para o clube.

http://blogdopaulinho.wordpress.com/2013/12/04/caso-wesley-presidente-do-criciuma-cobra-r-153-milhoes-do-palmeiras/

Na última semana, em medida cautelar, a justiça ordenou que a Rede Globo adiante 2 milhões de Euros, convertidos para o câmbio atual, que deveriam ser pagos ao Verdão, para que sejam depositados em juízo, garantindo, assim, limitar possíveis prejuízos de Angeloni, sem findar, porém, a ação, que será julgada no mérito.

Vale lembrar que o presidente Paulo Nobre quase rescindiu o contrato com o atleta apenas pelo surgimento do processo.

Resta saber, agora, que medidas serão tomadas pelo clube, com a efetivação do prejuízo.

CONFIRA ABAIXO TRECHO DA SENTENÇA

“A. ANGELONI & CIA LTDA. – SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS

Reconsidero a decisão agravada em parte, para limitar o valor a ser transferido ao juízo a dois milhões de euros (valor da última parcela do ajuste), convertidos para o cambio oficial vigente à data da transferência, porque, no caso, não há disposição legal que autorize o autor a receber seu crédito de forma privilegiada e antecipada, sem ter havido sequer citação.

A medida, como mencionado, tem natureza cautelar, e busca apenas limitar o prejuízo já sofrido, impedindo que este se agrave no curso do processo.

Comunique-se com urgência à empresa Globo Comunicação e Participações, servindo cópia desta como ofício.”

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: