Advertisements

Ex-presidente da Portuguesa passa cheque sem fundo a agente de jogadores

Wendel Renato Parise

No dia 25 de novembro de 2018, o então presidente da Portuguesa, Alexandre Barros, repassou cheque pessoal no valor de R$ 7,5 mil ao ex-goleiro e agora agente de jogadores Wendel Renato Parise.

Dois meses antes, a Lusa havia contratado Anderson Cavalo, cliente do intermediário.

O empresário depositou o documento cinco meses depois, após diversos pedidos de protelamento.

No dia 12 de abril de 2019, o cheque voltou porque Barros preencheu o nome do beneficiado no local errado.

Corrigida a falha, a devolução se deu por falta de fundos nos dias 16 e 18 de abril.

O calote virou ação judicial que tramita no Foro de Santana do Parnaíba.

A questão: o que um cheque pessoal do presidente da Portuguesa estaria fazendo nas mãos de um agente de jogadores?

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: