Advertisements
Anúncios

Cruzeiro empata com o Corinthians e amplia vantagem na liderança

Corinthians e Cruzeiro disputaram palmo a palmo do Pacaembu, em ótima partida de futebol, que terminou num enganoso empate em zero a zero.

Muitas foram as chances de gol criadas no jogo.

O Cruzeiro foi bem melhor no primeiro tempo, jogando com rapidez, enquanto o Corinthians teve 30 minutos de soberania na etapa final, com os últimos 15 minutos bem equilibrados.

Logo aos 4 minutos, Willian fez boa triangulação com Borges e Everton Ribeiro e bateu, com perigo, à esquerda do gol.

Cassio fez dois milagres, aos 12 e 16 minutos.

No primeiro, defendeu com a perna cabeçada de Nilton, sozinho, na pequena área, com a defesa corinthiana só assistindo.

Na outra, Willian bateu alto, também na pequena área, Cassio defendeu, e, no rebote, Gil solou a perna de Borges, em penalidade que a arbitragem ignorou.

O goleiro corinthiano fez nova boa defesa aos 24 minutos, em batida cruzada de Egídio, após ótimo lançamento de Lucas Silva.

Novamente o Corinthians jogava mal, sem criatividade, enquanto o Cruzeiro demonstrava que não é líder do campeonato por acaso.

Tentando deixar a equipe ainda mais perigosa, Marcelo Oliveira colocou Julio Baptista no lugar de Borges, na volta do intervalo.

Mas quem voltou um pouco mais ligado foi o Corinthians, com duas participações ofensivas interessantes de Sheik nos primeiros cinco minutos.

Fabio fez boa defesa, a primeira dele no jogo, em batida cruzada de Edenilson.

Com o Corinthians pressionando, o goleiro cruzeirense teve que trabalhar outra vez, em bom chute de Douglas, aos 12 minutos.

Na tentativa de reequilibrar o Cruzeiro, Anselmo Ramon entrou no lugar de Ricardo Goulart, aos 16 minutos.

Dez minutos depois, com o jogo mais parelho, Pato entrou no lugar de Sheik.

Willian saiu aos 30 minutos para a entrada de Dagoberto, no Cruzeiro.

Pato fez grande jogada, aos 31 minutos, passou por dois e, na entrada da área, bateu mal, por cima da meta.

Aos 34 minutos, Danilo recebeu na direita, cortou para dentro e bateu cruzado, para boa defesa de Fabio.

Faltando dois minutos, o torcedor alvinegro, impaciente, vaiou a equipe que, nos últimos seis jogos marcou apenas um gol, bem abaixo do que se poderia esperar de um recém Campeão Mundial.

Deu tempo ainda para Julio Baptista perder gol impossível, aos 46 minutos, cara a cara com Cassio, bem defendido pelo arqueiro alvinegro.

No final, o empate manteve o Corinthians em situação difícil no campeonato, enquanto o Cruzeiro, com a ajuda da derrota do Botafogo para o Bahia, ampliou ainda mais a enorme vantagem que possui, rumo a mais uma conquista nacional.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: