Advertisements

Coluna do Fiori

fiori_g.jpg

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.br   Email: caminhodasideias@superig.com.br

apito

CAMPEONATO PAULISTA

SEMIFINAIS DO PRINCIPAL

Santos x Palmeiras

Árbitro: Wilson Luiz Seneme, desenvolveu critério do inicio ao término da partida, os cartões de advertência, em numero de dez, foram mostrados corretamente quando das reclamações por parte dos atletas, não se deixou levar, manteve tranqüilidade e o domínio disciplinar da partida.

Corinthians x São Paulo

Árbitro: Sálvio Spinola Fagundes, com atuação desastrosa e prejudicial ao futebol, este “árbitro” não me inspira confiabilidade, entendo-o basicamente político, por este motivo, chegou onde não deveria estar, na FIFA.

Dentre os vários desatinos cometidos, Sálvio Spinola, aos seis minutos de partida, covarde ou espertamente, mostrou o amarelo para Ronaldo quando da entrada maldosa na perna de André Dias, posterior a falta cometida por este, em Dentinho.

Por volta do 23’ minutos, após cobrança de falta em favor do São Paulo, próximo a área corintiana pelo lado esquerdo da defesa, com a bola em jogo, observei pela câmara da TV Bandeirantes que um atacante do São Paulo havia caído ao chão, que um outro a sua frente estava em posição de impedimento, na seqüência, o da frente marcou o tento.

O impedimento faz parte dos deveres e obrigação do assistente.

Quanto ao cair do atleta são-paulino, ficou claro no vídeo teipe, que Washington foi lançado ao chão deslocado por William, como também o fez seu consorte Miranda, antes de marcar o tento, empurrou Chicão.

Entendo que quando da cobrança de falta próxima da área até seu complemento, todos os lances que não de impedimento, são de responsabilidade do árbitro, no acima, Sálvio Spinola não os marcou por estar mal colocado ou porque não desejou.

Outro demonstrar do péssimo trabalho de Sálvio Spinola ocorreu quando da expulsão de André Dias, por volta do décimo minuto da segunda etapa, ao ver Elias disparar em sua frente, percebendo que não conseguiria chegar, André Dias lança seu corpo pra cima do corintiano derrubando-o, prosseguindo a jogada, à bola é dominada por Ronaldo que a conclui, estando a bola fora de jogo, Spinola vai até André Dias e lhe mostra o vermelho, comprovando ter astúcia, ou seja, estar ao lado da presidência da FPF.

Ratificando o descompasso de seu trabalho, Spinola, errou ao não punir Cristian do Corinthians após ter ido comemorar seu tento, perpetrando gesto obsceno para os torcedores são-paulinos.

O abuso na comemoração deva ser apenado, em meu conceito, Spinola foi conivente.

SEMIFINAIS DO INTERIOR

Barueri x Mirassol

Árbitro: Eduardo César Coronado Coelho; jogo tranqüilo, arbitragem normal.

Ponte Preta x Santo André

Árbitro: Flávio Guerra; em meu entendimento sua atuação foi prejudicada por não ter expulsado do campo de jogo o defensor andreense Dirceu, após entrada violenta em Dener.

No todo da partida, sua atuação foi convincente.

CEAF – SP

Marinho e seus ajudantes de ordem erraram, a horrível atuação de Spinola era previsível, quem lida com árbitros e arbitragens e tem o mínimo de liberdade, usaria o bom senso, jamais colocaria o nome Spinola entre os participes do “sorteio” imposto no estatuto do torcedor por nossos “ilibados” parlamentares.

APELO

Marinho, junte-se a seus colaboradores, coloque seus cargos a disposição, este papo furado de efetuarem treinamentos, simularem posição de atletas, do árbitro e dos assistentes é pura aceitação do papel, na pratica a teoria não funciona, parem com hipocrisia e apadrinhamentos, no futebol é arroz com feijão, quem sabe, sabe, quem não sabe bate palma, quando não souber muito o árbitro deva ter coragem e desprendimento, não deva estar ligado à política, a políticos ou a qualquer espécie de favorecimentos, sempre foi o meu caso, sabia pouco, precisava dos valores vindos das taxas de meu trabalho por me ajudar e muito, jamais me curvei diante de pedidos ou das necessidades financeiras, devolvi relatórios e desprezava os chamados influentes.

No hoje sinto subserviência quase que total dos árbitros ao imposto pela CEAF, composta por ex-militantes, porém, todos essencialmente políticos e portadores de teorias falidas.

Marinho, pare de se preocupar com presentinhos, este seu impor publico impedindo que árbitros e assistentes recebam mimos, denegriu ainda mais a imagem da “categoria”, sim, sabemos que quando exercia sua função profissional na PM de São Paulo, nunca aceitou qualquer tipo de presentes, jamais usou da função para auferir vantagens pessoais, sua capacidade é inusitada, principalmente quanto ao conhecimento da regras de futebol, deva estar passando por momentos escuros, aproveite, peça demissão.

SOLIDARIEDADE

Transmito meu repudio ao “profissional” e técnico de futebol Pedro Santilli pela covarde agressão ao árbitro Flávio Rodrigues de Souza quando da partida entre Comercial de Ribeirão Preto x Catanduvense, pelo campeonato da série A3, realizada no domingo dia 13/04/09.

Conforme nos mostra a imagem da TV, Santilli desfere um soco no queixo do árbitro, este não esboçou qualquer reação, deva ter seguido orientação do Marinho, se fosse ao meu tempo, pegaria Santilli no reservado da equipe da casa ou no quinto do inferno, socaria o mesmo até sangrar, seu ato foi covarde e merecedor de refutação em idêntica força.

SAFESP E COAFESP

Quando militava na arbitragem e era sócio de numero 049 do SAFESP, em episódios acima, rezava e pedia para ser o árbitro da partida seguinte, se possível, no campo do agressor, lá chegando, procuraria incentivar o agressor, daí em diante o pau comia, quando não fosse possível, aguardava a primeira oportunidade e bumba meu boi, dava o troco em nome de todos os árbitros, sempre entendi que ao serem agredidos, todos os demais também estavam sendo, caso houvesse elementos comprobatórios de favorecimento por parte do árbitro durante o transcurso da partida, ou antes, da mesma, o prejudicado deveria e deve munir-se de provas e dirigir-se à “justiça”.

Neste caso, a entidade dos árbitros deve acompanhar, provadas as ligações, eliminar o canalha.

Em Tempo: Provar é difícil, mais o constante congraçamento entre árbitro e dirigentes é reprovável e digno da tomada de posição por parte da diretoria das entidades representativas, caso sejam autônomas.

Sempre exigia a presença da entidade nas ocorrências que envolvessem árbitros, era chamado de agitador, o presidente e sua diretoria não admitiam contestações ou indagações a si, aos dirigentes da federação ou filiados a esta, por este fator, fui eliminado do SAFESP em duas ocasiões, ambas, sob a presidência Aragão.

PROCESSO

Mesmo tendo duvidas quanto à “justiça” deste Brasil, brasileiro, festejo a Wagner Tardelli por procurá-la após ter sido colocado à margem da final do campeonato nacional do ano de 2.008, em virtude da denuncia efetuada pelo presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Pólo Del Nero.

Gostaria que Tardelli mantivesse o caso até a ultima instancia, não aceitando acordo, foi agredido na honorabilidade, esta, atingiu seus familiares, agressões desta espécie, não merecem clemência.

POLITICA

Meu repudio as declarações efetuadas pelo presidente da assembléia legislativa do estado de São Paulo – Barros Munhoz, quando questionado sobre as mordomias mantidas para deputados que já deixaram o cargo:

“Temos defeitos, mas são tão pequeninos…”.

Minha resposta, enquanto cidadão:

Pequenos são nossos vencimentos, com o mesmo, pagamos todas as despesas e ficamos no débito, os “defensores” da população, além do principal, recebem outras benesses que lhes proporciona elevado valor, fora às velhacarias divulgadas pela imprensa e as que não são difundidas.

Acorda, Brasil.

SP-15/04/09

As opiniões inseridas neste espaço são de minha total e inteira responsabilidade.

Facebook Comments
Advertisements

25 comentários sobre “Coluna do Fiori

  1. Marcos Macarini

    O Fiori está de brincadeira só erraram contra o São Paulo, o mesmo André Dias que levara um pisão do Ronaldo entrou rachando o Dentinho da mesma forma e não levou nada e expulsar somente o do Corinthians por que? Os lances do André Dias também projetando seu corpo contra os jogadores do Corinthians será muito rigor, o cara parou a jogada minha gente, vamos ser coerente com o negócio.

  2. elias

    em 205, mineiro quebrou o tornozelo do jo e so recebeu um amarelo…ningbuem da imprensa abriu a boca

  3. SergioMM

    Sobre as opiniões do ex-árbitro com relação aos lances do jogo, damos a palavra agora à bancada da inveja e a bancada da “teoria da conspiração”.

  4. Getúlio

    Fiori você é sãopaulino meu caro, eu assisti o jogo inteiro, e para mim o único lance que interferiu diretamente no resultado foi o 4º gol impedido do São Paulo em 5 jogos, o justo seria 2 a zero para o Timão, e com mais alguns cartões amarelos e vermelhos que não influenciam no resultado final.

  5. Ricardo

    Caro Fiori, leio sempre a sua coluna aqui na Blog do Paulinho e gostaria de esclarecer algumas dúvidas na arbitragem do jogo Corinthians x SPFC. No lance do gol tricolor aconteceram três infrações, no meu modo de ver. A falta de Willian( Corinthians ) em Washington( SPFC ), o empurrão de Miranda( SPFC ) em Chicão( Corinthians ) e o impedimento de Miranda( SPFC ). Aparentemente elas acontecem quase que ao mesmo tempo, talvez com diferença de segundos entre elas. Num caso desses, qual infração o árbitro deve marcar primeiro? Vc não acha que ele preferiu dar a vantagem, pois viu Miranda( SPFC ) numa posição privilegiada para fazer o gol? Abs.

  6. claudio

    É claro que os corintianos vão achar que é choro de perdedor, mas queria ver se fosse ao contrario.
    esse arbitro é o mesmo que anulou um gol legitimo do Adriano e não deu um penalti escandaloso no Dagoberto contra o corinthians e ainda deu falta do Dagaberto.
    Encostou no Ronaldo é penalti (P.Preta), Ronaldo da porrada não é nada.
    Aí fica dificil.

  7. Leocadio

    Não tem jeito mesmo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    No final sempre o time da marginal e favorecido:
    Lembram-se do Castrilli ( assaltou a Portuguesa)
    Simon (assaltou o Brasiliense na copa do brasil)
    Torneio de verão (Mundial como convidado???), onde ate gol que a bola
    nao entrou foi validado.
    Sem contar o maior roubo de todos os tempos : o Campeonato
    Brasileiro de 95 ( até o presisdente deles falou que foi roubado)
    e por ai vai!!!!!!!!!! sem contar os penaltis mandrakes que arranjam por ai
    tudo isso com aval da famigerada rede globo, que agora apadrinhou o
    “caçador de travesti”, ele tem salvo conduto: PODE BATER , MAS SE ENCOSTAR NELE NA AREA E PENALTI (coitada da ponte preta)
    E assim caminha a mediocridade…………..

  8. euclydes zamperetti fiori

    washington silva, você deva ser “árbitro” ou da turma dos puxa-sacos, sabia de mimhas limitações, porfém, diante dos atuas, dentre estes, vc possivelmente esteja, atuo sem sair de casa e deitado.
    Pare de ofender a dignidade dos trabalhadores de minha função,se algo tiver seja homem, pratique a cidadania e vá até a corregedoria, fora este ponto, em metéria de árbiros e arbitragem, coloco-me a sua disposição para conversar pessoalmente podera ser na séde da AAGSP, situada em rua próxima ao prédio da FPF e das entidades da qual vc é obrigado a ser sócio, caso contrario não atua.
    Tenha certeza, ñ + responderei sua ofensas, somente se for pessoalmente, assim lhe mostrarei o caminho para exercitar a cidadania e ñ compactuar ou acovardar-se em pré-nome.
    zamperetti fiori
    cidadão e,
    ex-árbitro de futebol
    Você deva ser praticante do Toma Lá á Cá.

  9. euclydes zamperetti fiori

    Aos corintianos, informo que sou torcedor do time, porém, ñ sou e nem me faço de neófito, no lance do gol são – paulino, descrevi claramente o ocorrido, em suma, para o bom entendedor ficou claro o impedimento de Miranda, os sequentes tb ocorreram, ao pé da letra; lance totalmente irregular,.
    Maiores culpados; o presidente da CEAF senhor Marinho, Artur Alves Junior e demais membros da comissão.
    Spinola também o é, sua atuação foi compátivel com seus predicados.
    Caso fosse desprovido da ganância, teria solicitado ficar fora das partidas q. envolvessem o São Paulo.
    zamperetti fiori
    cidadão e,éx-árbitro de futebol

  10. euclydes zamperetti fiori

    Grato aos comentarios, respeito opiniões, ofensas é propria de
    dos sem argumentos ou sem personalidade.
    zamperetti fiori
    cidadão e, ex-árbitro de futebol

  11. euclydes zamperetti fiori

    CORRIGINDO:
    washingtn silva, você deva ser árbitro ou componente da turma do gargarejo, sempre fui conhecedor de minhas limitações, porém, diante dos atuais, dentre estes talves esteja, atuo de minha casa e deitado.
    Sabe, converse com dirigentes de minha epoca e teras a respósta que procura.
    Pare de ofender os policiais civis, se for conhecedor de alguma irregularidade, dirija-se até a CORREGEDORIA, cujo predio se localiza na rua da Consoloção proximo da Paulista e faça Denuncia.
    Neste espaço, transcrevo minhas opiniões sobre futebol e politica, estas, saem de fatos ocorridos e de minhas entranhas, nunca fui dirigido ou tive atuações pré-elaboradas no sentido de favorecer alguma equipe quer seja atendendo pedidos, para agradar a dirigentes, politicos ou para garantir a proxima escala.
    Defendi todos os árbitros, minhas reações ñ foram em causa propria e sim do coletivo, as eliminações do SAFESP aconteceram por defender a caminhada pela paralela + proxima da linha da honestidade.
    Bom, se quizer marque um papo informal na séde da AAGESP, Topo um téte a téte com os dirigentes do SAFESP de minha epoca e com os atuais.
    zamperetti fiori
    cidadão e,
    ex-árbitro de futebol
    Se entender q, deva continuar participando com seus comentarios faça-o + sem ofensas, caso contrario, pedirei ao respónsável pelo bolg q, o censure.
    Felicidades.

  12. MARCIO, o xará!

    Se tivessemos na imprensa mais cidadãos como o Fiori a sociedade seria menos alienada! Pena que seu comentário sobre a assembléia Legislativa de SP, e seus chupins tenha passado em branco pela leitura desses torcedores aki do blog.

  13. machado

    Sr Fiori, Concordo em partes.
    No jogo Palmeiras e antos, o goleiro Fabio osta m diversas ocasiões saiu de econtro aos atacantes de forma imprevidente. Ao meu ver tal ato é faltoso e o juiz deveria assinalar penal. m uma delas inclusive, ele sai com o pe na altura do peito do atacante. Isso é comum no Fabio, que mesmo sendo um ótimo goleiro tem frequentemente essas atitudes. Tempos atrás quando o Souza jogava no São Paulo, ele quase partiu o jogador ao meio ao deixar a perna levantada numa saida do gol. Entendo que o goleiro tenha que se proteger mas não vejo Marcos, Rogerio, Felipe ou qualquer outra agir de forma até irresponsável.
    Houve ainda um outro penal cometido pela zaga do Santos, já no final do jogo, no lance em que o Danilo cabeceia e o Fabio defende. Neste lance o jogador Diego Souza é agarrado.
    Sugiro que reveja os lances.

  14. Ricardo

    Fiori, mas entre as três infrações qual deveria ser marcada primeiro? Faço essa pergunta porque duas delas iriam mudar o resultado do jogo, no caso a falta no Chicão( Corinthians ) e o impedimento do Miranda( SPFC ). Em ambos o gol tricolor seria invalidado. Outra pergunta, o impedimento não poderia entrar na determinação da FIFA que diz “na dúvida pró-gol”. No tira-teima mostrou um impedimento de 30cm

  15. washington silva

    fiori voce me faz rir quanta baboseira, para com esse falso moralismo,,…..

  16. osvaldo

    Esse arbitro Euclides Zamperetti, nunca apitou bem, sempre foi segunda linha, agora quer dar uma de professor.

  17. roque

    Outro demonstrar do péssimo trabalho de Sálvio Spinola ocorreu quando da expulsão de André Dias, por volta do décimo minuto da segunda etapa, ao ver Elias disparar em sua frente, percebendo que não conseguiria chegar, André Dias lança seu corpo pra cima do corintiano derrubando-o, prosseguindo a jogada, à bola é dominada por Ronaldo que a conclui, estando a bola fora de jogo, Spinola vai até André Dias e lhe mostra o vermelho, comprovando ter astúcia, ou seja, estar ao lado da presidência da FPF.

    qual o sentido disso? vc diz q o andre dias lançou seu corpo pra cima do Elias derrubando-o e critica o cartao vermelho??? se o cara jogou o corpo em cima do Elias ele merecia o segundo amarelo, nao? Ou eu nao entendi ou vc se confundiu inteiro…

  18. euclydes zamperetti fiori

    Senhor Machado, boa noite, sua visão sobre o jogo e possiveis penais são por mim respeitadas, concordo quando de refere ao goleiro santista Fábio Costa, na maioria de suas saidas quando em direção a bola conduzida ou q podera ser alcançada por oponente, o faz de forma ostensiva, no popular tudo ou nada.
    abraços, volte sempre
    zamperetti fiori
    cidadão e ,
    ex-árbitro de futebol

  19. euclydes zamperetti fiori

    Caro Márcio, grato por ter observado o contido no tópico sobre politica.
    É urgente e necessário mudarmos nossa cultura, os q. lá se encontram e os q. para lá desejam ir, na grande maioria, querem encher o bolso e auferir patrimonio.
    zamperetti fiori
    cidadão e,
    ex-árbitro de futebol

  20. euclydes zamperetti fiori

    Senhor Roque, sim, André Dias lançou o corpo em cima de seu oponente merecia cartão, porém, analisei a disparidade do trabalho do Spinola, em lance muito + grave o amarelo. Mesmo q. André ja tinha o cartão de advertência e seguindo “critério” o “árbitro” ñ deveria vermelhar o defensor são-paulino.
    abraços e volte sempre
    zamperetti fiori

  21. euclydes zamperetti fiori

    oswaldo silva de primeira linha foram arnaldo cesar coelho, aragão ulisses e outros no qual se isnpira, sabe vc muito e bem se algum dirigente se arrepender e antes de morrer contar a verdade, a coisa complica.
    É por este motivo que necessitamos mudar a cultura do :
    É dando Que se recebe.
    Acorda, Brasil
    zamperetti fiori

  22. euclydes zamperetti fiori

    senhor Ricardo, a origem principal é do primeiro lance, a regra diz estar a frente, meio milimetro ou déz metros a irregularidade ocorreu, portanto o primeiro lance.
    Concorda q. em tdos houve irregularidade e o”árbitro” tb deixou passar os seguintes, correto? deixei na subjetividade q. ambos erraram, assistente e árbitro.
    abraços
    zamperetti fiori

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: