Advertisements

Justiça anula punição a oposicionista do São Paulo por cerceamento de defesa e diversas outras arbitrariedades

Newton do Chapéu

No último 28 de dezembro, o ex-conselheiro do São Paulo, Newton ‘do Chapéu’, foi apenado, em reunião do Conselho Deliberativo, a 120 dias de suspensão.

A acusação seria a de ter vazado documentos internos a blogs de torcedores e grupos de whatsapp.

Chapéu alega diversas irregularidades no processo administrativo, entre as quais cerceamentos diversos de defesa e o fato de, na condição de simples associado (perdeu as eleições do Conselho), ter sido julgado como conselheiro.

Nessa linha de defesa, na última segunda-feira (11), Newton ingressou com ação judicial contra o São Paulo, solicitando liminar e anulação dos atos que o levaram a julgamento.

O Tricolor, mesmo sem citação, entrou no processo em 12 de janeiro, pedindo prazo para se defender.

Por conta desse entrave, a juíza Mônica Lima Pereira, da 2ª Vara Cível do Butantã, indeferiu a antecipação de tutela, sob alegação de que não houve, a princípio, flagrante descumprimento do Estatuto do São Paulo.

Na última semana, o mérito foi julgado.

A Justiça anulou todo o processo interno do clube contra o conselheiro por flagrantes descumprimentos de procedimentos, cerceamento de defesa e demais arbitrariedades.

O caso deverá servir agora de base para reversão de punições semelhantes que estão ocorrendo no clube nos últimos meses, fruto de uma política nitidamente voltada, com a conivência da presidência do Conselho, à falta de transparência e eliminação do contraditório.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: