Advertisements

Preso com 700kg de cocaína, acusado de tráfico internacional é “parça” de Neymar

Bruno Lamego

Ontem (28), a Polícia Federal prendeu Bruno Lamego Alves (32), acusado de tentar enviar, pelo porto de Santos, 700 kg. de cocaína à Bélgica.

Além da prisão, foram aprendidos documentos, computadores e celulares do suposto traficante internacional.

Dono de três empresas no Guarujá, duas delas de comercio exterior (supostas fachadas para o narcotráfico), Bruno é um dos “parças” do jogador Neymar, que mantém residência no mesmo município.

Morador do condomínio do craque brasileiro, sob anonimato, garantiu ao blog que o acusado conversa bastante com o pai do atleta.

Há dois meses, Bruno esteve em Paris, local em que, coincidentemente, seus amigos mais famosos trabalham no momento.

O suposto narcotraficante nega todas as acusações e diz ter sido alvo de “armação”.


Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: