Advertisements

Hulk expôs enormes limitações de Cuca

Depois de um início difícil, o atacante Hulk, por conta própria, assumiu o protagonismo e tornou-se referência nessa nova equipe do Atlético/MG.

Fosse pelo trabalho do treinador Cuca já teria até rompido o contrato.

É de impressionar que um profissional extremamente bem pago para estar, entre outras coisas, bem informado sobre futebol, não soubesse, até pelo físico e idade do atleta, que Hulk é jogador para atuar centralizado, próximo a área, como definidor principal da equipe.

Escala-lo, como ocorreu inicialmente, aberto pelas pontas revela dificuldade de entender o óbvio e, principalmente, falta de estudo.

Ainda bem, para o torcedor do Galo, que Hulk possui tamanho – como ídolo – e dinheiro suficiente para bater de frente com quem lhe comanda, sem temer represálias.

Porque foi assim, a fórceps, que tudo mudou.

De nada adiante o Atlético/MG dispor das riquezas de um ‘mecenas’ se o dinheiro for gasto, como está sendo, com profissional aquém das necessidades para a formação de um clube multi-campeão, o que, imagina-se, seja o objetivo de todos os envolvidos no negócio.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: