Advertisements

Cartola confessa negociação de patrimônio do Corinthians em mensagem ao Blog do Paulinho

Na última terça-feira (19), o Blog do Paulinho revelou que o gerente administrativo do Corinthians, Ricardo Francisco, ligado ao ‘cacique’ André Negão, vice-presidente do Conselho Deliberativo e Presidente da Comissão de Ética e Disciplina do clube, estava repassando ao ex-candidato a vice-presidente do Corinthians, Luis Carlos Bezerra, vulgo ‘Lulinha’, o ‘Bar da Torre’, patrimônio histórico alvinegro.

O objetivo era quitar sua própria dívida com o beneficiado às custas do Timão.

Para saber detalhes, basta clicar no link a seguir:

Patrimônio histórico do Corinthians é oferecido como moeda de troca para quitar dívida de dirigente – Blog do Paulinho

A postagem caiu como uma bomba no Parque São Jorge, não por conta da imoralidade – até porque o presidente, Duílio ‘do Bingo’ Monteiro Alves, sentou com a dupla para discutir os termos do repasse, mas pela publicidade da negociata.

Para evitar problemas, as tratativas esfriaram, pelo menos por algum tempo.

Inconformado com o revés, Lulinha enviou mensagem ao Blog do Paulinho, da qual destaco os seguintes trechos:

“Boa noite meu nome é Luiz, o Lulinha que você mencionou no seu blog”

“Meu amigo, eu nunca quis prejudicar ninguém”

“(…) apenas queria tentar fazer do bar um local melhor para todos os frequentadores do clube, já que não tinha mais concessionário lá”

“(…) nenhum dos (cartolas), como você disse, me deve sequer um centavo”

“Você apenas me prejudicou muito e quis prejudicar outras pessoas, e eu nem te conheço”

Apesar de confirmar a transação, o que, por si, já seria imoral, Lulinha rebate a existência da dívida de Ricardo Francisco – provavelmente para se descolar da acusação de ‘troca de favores’ – porém é desmentido por seu próprio áudio, postado, dias atrás, neste Blog do Paulinho:

“Ele (Ricardo Francisco) ofereceu (o Bar da Torre) pra mim… pra mim só interessa se eu abrir para o pessoal da rua, todos os dias… que eu queria fazer… que eu achei o projeto da Roda Gigante fantástico… então a Torre seria uma Roda Gigante… se não pode abrir, pra mim não interessa”

“Ele me ofereceu por causa de uma dívida que tem…”

“Eu montei toda uma Universidade pra ele”

“E eu falei: ‘mas pra mim só interessa… eu eu também não vou trabalhar, né? Só se abrir para a rua… e fazer da Torre a Roda Gigante”

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: