Advertisements

Justiça nega ‘efeito suspensivo’ em recurso de José Carlos Peres, que briga para retomar a presidência do Santos

No último dia 11, José Carlos Peres, presidente afastado do Santos, entrou na Justiça com pedido de cancelamento da reunião anterior do Conselho Deliberativo, e também das próximas, alegando cerceamento de defesa.

Pediu também a marcação de assembleia para que pudesse expor seus argumentos.

O pleito foi negado.

Três dias depois, o cartola ingressou com recurso no TJ-SP, solicitando revisão da Sentença com Efeito Suspensivo imediato.

Nova derrota.

O desembargador José Rubens Queiroz Gomes, da 7ª Câmara de Direito Privado, indeferiu a liminar, deixando claro que:

“(…) os elementos colacionados aos autos não denotam, ao menos neste juízo sumário de cognição, o desacerto da decisão recorrida”

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: