Advertisements

A ‘tabelinha’ de Bolsonaro com Landim

A MP que modificou as regras de vendas dos direitos de tv em jogos de futebol, em claro prejuízo a mais de 99% dos clubes do país, beneficiando apenas os, se tanto, cinco mais bem colocados em ranking de torcedores, exemplifica bem o comportamento de Jair Bolsonaro, e do lobista, Rodolfo Landim, mandatário do Flamengo.

O presidente da República, que tem por obrigação servir a todos, trabalha apenas pelos que bajulam sua imoralidade.

Landim opõe o clube à Rede Globo para agradar Bolsonaro.

Subservientes ou medrosos, os demais clubes, todos prejudicados, sequer ameaçam responder, nem mesmo diante da flagrante ilegalidade de tratar como urgente um assunto que, por razões óbvias, precisaria não apenas ser debatido, mas aprovado pelas demais agremiações.

Sim, porque o futebol não é apenas Flamengo, Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Vasco da Gama.

O reflexo dessa desunião será notado não apenas nas vendas de direitos televisivos, mas na incapacidade de mobilização para combater outros fantasmas que assombram o futebol, entre os quais a necessidade de retirar da CBF o controle dos principais campeonatos do país.

A tabelinha de Bolsonaro com Landim findou num gol contra ao futebol brasileiro em que até o Flamengo, no futuro, será atingido.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: