Anúncios

Vasco da Gama identifica incitadores da confusão em São Januário e aciona polícia

Ontem(11), o Vasco da Gama, através de depoimento assinado pelo presidente Eurico Miranda, formalizou queixa-crime, no 17º DP-RJ, contra diversos incitadores da confusão em São Januário, entre os quais o advogado Eduardo Bruno Coelho Ferreira, OAB-RJ nº 206-209, solicitando investigação sobre a possibilidade deste ser o idealizador dos protestos que culminaram na confusão generalizada no recente clássico contra o Flamengo.

As evidências são robustas.

Em rede social, Eduardo escreveu:

“Tem que juntar geral quem quer xingar o Eurico pra ficar na social. Junta o bonde de 50, 70 pessoas. Deixa a guerra rolar, idoso levando tapa na cara, criança correndo do spray e a porrada comendo. Quero ver repercussão dessa porra”

Na sequência, alertado pelos internautas Vicent Furtado e Alex Lima de que a ação geraria repressão dos seguranças vascaínos, o advogado continuou:

“Sim… mas ai a correria é maior. Nego é pisoteado, alguém vai se machucar feio. Imagina o segurança acerta uma porrada e mata algum”

“Segurança vai sacar a arma, mas não vai atirar ali… Vão tentar meter a porrada ? Lógico que não… mas se juntar um bonde nessa intenção, vai ficar mais chato para eles e para esta diretoria”

“Se for tomar uma atitude vai ser isso por um bom tempo… Torcedor sendo desrespeitado na própria casa, tomando porrada, indo para o hospital”

Incitados, surgem outros propositores de crimes, nas discussões.

Paulo Henrique Barbosa Itaborahy escreveu:

“Enquanto não aparecer um maluco e dar um tiro num Filho da Puta deste vai ser palhaçada. Morre Eurico !”

Otávio Gomes respondeu:

“Não precisa ser um maluco…”

Hérico Pery questionou:

“Quando deve custar ?”

Novamente, Otávio Gomes:

“Não precisa ser um maluco…basta contratar um profissional”

Itaborahy propõe:

“Que contrate, então”

Herico Pery oferta:

“Ajudo com R$ 500”

Todas as mensagens acima foram conversadas antes da partida entre Vasco da Gama e Flamengo, mas outras mensagens, trocadas após a confusão, também foram anexadas pelo Vasco da Gama para que sejam investigadas pela Polícia Civil do Rio de Janeiro.

Vanderley Junior, vulgo “da Mamãe”, lamentou:

“Tinha que ter matado era o Eurico (…) tomara que perca o mando de campo este ano. Aí quero ver ganhar só dentro”

“Tem que quebrar tudo mesmo para eles ver (sic) o tamanho dessa torcida, o tamanho desse time”

Na denúncia há, também, a postagem de um dos participantes da barbárie, Cleber Belúcio, que em confissão revelou:

“Esse tiro de borracha foi pinto. Gostei muito de quebrar porta, de quebrar vidro. Só pro Eurico se foder. Quebrei e quebro de novo enquanto esse FDP do Eurico estiver lá”

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: