Advertisements

Clube dos Cafajestes

Andres Sanches e Alberto Dualib, na festa de 100 anos do ex-presidente

Clássico filme dos anos 80, ‘Clube dos Cafajestes’ marcou uma geração com seu humor desprovido de moralidades.

O Corinthians parece, cada vez mais, se inspirar na temática.

De 2006 à 2007, ainda no ‘baixo clero’ alvinegro, o então inexpressivo conselheiro Andres Sanches conspirou com seu atual sócio, o iraniano Kia Joorabchian, para derrubar o presidente Alberto Dualib, fornecendo documentos a adversários do dirigente, ao MP-SP e também à imprensa.

Aproveitou-se da indignação de alguns associados para, entre eles, se fazer representado.

Hoje, a maioria destes, sentindo-se enganados, arrependeu-se.

Estranho, porém, é o comportamento do próprio Alberto Dualib, que se viu em desgraça política e também pessoal no alvinegro por conta da ação de Andres, condenado que foi, criminalmente, por estelionato, no exercício do cargo no Parque São Jorge.

Quando frente a frente, seja em encontros às escondidas em residências ou em locais públicos, como o recente, num badalado restaurante de São Paulo, ambos comportam-se como se fossem melhores amigos.

O esfaqueador e o esfaqueado, como na famosa ‘Síndrome de Estocolmo’.

Resta saber se trata-se, de fato, duma relação fruto de perdão quase bíblico ou de ajustes, politicamente incorretos, para que um possa perpetuar-se no poder (Dualib possui dezenas de votos, entre apoiadores e familiares, no Conselho) e o outro, além de retornar à vida do clube, não precise arcar com reparações, sentenciadas, mas nunca cobradas, aos caixas alvinegros.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: