Advertisements
Anúncios

Justiça nega, pela terceira vez, ação de Tuma Junior contra o Corinthians

Em setembro de 2017, o ex-delegado Romeu Tuma Junior ingressou com ação judicial contra o Corinthians, objetivando afastar do cargo o presidente, Roberto Andrade, e anular a aprovação de contas do clube.

Perdeu em primeira instância, por conta de erro na petição inicial, e também no TJ-SP, por razões semelhantes.

Não contente, decidiu impetrar recurso especial para o STJ.

Desde o último dia 06, o pleito foi inadmitido, com a fundamentação de que não adianta indicar no processo os artigos que, supostamente, teriam sido infringidos pelas instâncias anteriores, sem fundamentá-los:

“Não ficou demonstrada a alegada vulneração aos dispositivos arrolados, pois as exigências legais na solução das questões de fato e de direito da lide foram atendidas pelo acórdão ao declinar as premissas nas quais assentada a decisão”

“Nesse sentido, o Superior Tribunal de Justiça vem decidindo que “a simples referência aos dispositivos legais desacompanhada da necessária argumentação que sustente a alegada ofensa à lei federal não é suficiente para o conhecimento do recurso especial” (Agravo Regimental no Agravo em Recurso Especial601358/PE, relator o ministro MARCO AURÉLIO BELLIZZE, in DJede 02.9.2016)”

Um triplo vexame, que, se bem analisado, poderia até ser premiado com música no Fantástico.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: