Advertisements

Presidente do Conselho admite falha da diretoria do Corinthians na perda do terreno do Parque São Jorge

Antonio Goulart e Andres Sanches

Numa reunião realizada em 12 de abril de 2019, na 255ª Sessão Solene da Câmara, que foi presidida pelo próprio filho, Rodrigo Goulart, o presidente do Conselho Deliberativo do Corinthians, Antonio Goulart, deixou escapar o que a diretoria alvinegra, há tempos, vem tentando esconder.

Recentemente, o Timão perdeu parte da área do Parque São Jorge, por conta de não realizar contrapartidas exigidas pela Prefeitura.

O presidente Andres Sanches e seus diretores sempre disseram que tratava-se de equívoco do órgão, e que o Corinthians, por ter cedido parte de seu terreno às obras da Marginal Tietê, estaria quites com a obrigação.

Em discurso, registrado pela taquigrafia da casa, Goulart, que é ligado ao dono da Kalunga, Paulo Garcia, financiador de campanhas políticas não apenas do mandatário alvinegro, mas também de seu ‘braço-direito’, André Negão, admitiu a culpa da diretoria, mas, talvez apercebendo-se do deslize, emendou: ‘não podemos culpar ninguém’:

“A propósito da sua fala sobre o Rio Tietê, eu presido o Conselho do Corinthians e hoje pela manhã nos reunimos lá com dois grupos, falamos sobre os problemas que vivemos quando endireitaram o leito do Rio Tietê. O ser humano fica desrespeitando a natureza a cada dia, as margens do rio não deveriam
ser ocupadas”

“Quando o Maluf estava na Prefeitura, houve um projeto de lei de sua autoria doando ao clube metade da Avenida Condessa Elizabeth de Rubiano que não tinha e continua não tendo utilidade nenhuma para a Prefeitura”

“Por esse projeto de lei, a Prefeitura tinha três anos para o Corinthians averbar a planta, a matrícula, em seu patrimônio, e houve uma falha por parte da nossa Diretoria, da qual não podemos culpar ninguém”

“(…) mas não o fizemos (a averbação); o Promotor ajuizou ação, e nós perdemos aquela área, mas,
enfim, coisas das quais não podemos reclamar”

É assim que as coisas, coincidentemente, funcionam nas reuniões de Conselho no Parque São Jorge, presididas por Goulart: os ‘equívocos’ são expostos, mas ninguém é punido por executá-los.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: