Advertisements
Anúncios

Justiça mandou despejar acusadora de Neymar um dia antes dela formalizar Boletim de Ocorrência contra o jogador

No último final de semana, o nome da mulher que acusou o jogador Neymar de estupro foi revelado, em rede nacional, pelo apresentador José Luiz Datena, da BAND, em meio a entrevista com o pai do acusado.

Trata-se de Najila Trindade Mendes de Souza (26 anos), até então ocultada pelo Boletim de Ocorrência da Polícia de São Paulo.

Logo após, Neymar cometeu a bobagem de expor-se, e também à garota, publicando conversa íntima entre as partes.

Do conteúdo, extrai-se aparente intenção de “armação” da vítima sobre o jogador, mas é impossível dizer se o estupro, de fato, ocorreu ou não.

Certeza apenas é a de que Neymar, de maneira irresponsável, arrisca-se ainda a aventuras com desconhecidas, pagando as custas – sejam elas quais forem – de quem estiver a fim de conhecer qualidades ou defeitos que não carrega para as quatro linhas.

Sobre as críticas a Najila, mesmo se mal-intencionada, o que importa não é saber se tratava-se de uma “santa” – até porque do outro lado não havia inocente, mas sim se, na “hora h”, o relacionamento, que Neymar confirma ter existido, foi inteiramente, não apenas em parte, consensual ou se houve, em determinado momento, algum tipo de excesso.

Isso é caso de investigação criminal e, talvez, julgamento judicial.

No que está ao alcance do jornalismo, o Blog do Paulinho, se, de fato, Najila estivesse imbuída de aplicar um golpe em Neymar para tomar-lhe algum dinheiro, encontrou indícios que poderiam, talvez, estimulá-la a criar a operação.

Desde a última quinta-feira (30), a 6ª Vara Civil de Santo Amaro, em sentença assinada pelo juiz Luiz Raphael Nardy Lemcioni Valdez, condenou Najila, à revelia, a ser despejada do imóvel localizado à Rua Adolpho Pinheiro, no bairro de Santo Amaro, em São Paulo, por conta de alugueis atrasados (desde agosto de 2018).

Um dia antes dela decidir registrar o Boletim de Ocorrência contra Neymar.

O valor da condenação foi de R$ 26.712,00, acrescidos de multa de três meses de aluguel, além de custas processuais.

A ação, promovida por Marcus Viniccius Picconi e Verena Regina Fiori Ferreira, foi distribuída em 19 de março de 2019, período em que, provavelmente, jogador e acusadora já mantinham contato.

Um mês antes, Najila foi acionada, também por falta de pagamento, pela Escola Panamericana de Artes, por conta de pendência no valor de R$ 4.160,77.

O processo segue em trâmite porque oficiais de justiça ainda não conseguiram citá-la.

Antes destas datas, a garota não possuía débitos registrados nos órgãos de proteção.

É bem provável, diante dos fatos expostos, que Najila tenha encontrado em Neymar não apenas o desejo de relacionar-se com alguém mundialmente famoso, mas também a possibilidade de, financeiramente, tirar algum proveito da aproximação, o que, por razões evidentes, não justificaria qualquer tipo de violência cometida pelo atleta.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

5 comentários em “Justiça mandou despejar acusadora de Neymar um dia antes dela formalizar Boletim de Ocorrência contra o jogador”

  1. Sou mulher, mãe e filha, e como mulher me pronuncio. O caso Neymar vai tomar proporções gigantescas, ele é uma celebridade e como tal exposto a mídia. Não é difícil saber que onde a fumaça há fogo, não vou defende-lo, não cabe a mim fazer isso, pra este caso temos justiça e acredito nela, mas tenho que registrar aqui a minha decepção com algumas mulheres, que utiliza de sua beleza para manipular situações a seu favor, assim cada vez mais tirando toda credibilidade que a tempos estamos buscando. Não brinquem com a lei, e respeitem a todas as mulheres que são agressivamente violentadas, agredidas moralmente e fisicamente.

  2. O Neymar faz muita coisa errada mas expor essa conversa foi a coisa mais certa que ele poderia ter feito. Quem se atenta aos detalhes, como por exemplo, o fato de a conversa ter prosseguido de maneira normal um dia depois do suposto estupro, sabe que não houve nada disso e que a menina é de fato mal intencionada. Ou seja, com essa manobra o Neymar colocou a opinião pública a seu favor, o que é importante demais na dimensão mercadológica em que ele é inserido.

  3. A pessoa diz por várias vezes que quer ter relação sexual e o cara paga passagem e hospedagem, ela manda fotos da parte intima, o cara chega no hotel e provavelmente ela deveria estar esperando com roupas sexy ou sem elas, também porque a conversa deixava bem claro o que ela queria e o que ele queria também daí ela vem com a história que foi estuprada, e será que esse moça tem uma ideia do que é ser estuprada? quem é estuprada não é pega em hotel cinco estrelas pago pelo estuprador com todas as despesas pagas por ele, também se fosse estuprada, deveria então gritar socorro, pois assim alguém escutaria, se foi isso, deveria nunca mais entrar em contato com ele e vir embora logo em seguida e procurar seus direitos, e nunca vi alguém ser estuprada e no outro dia fazer contato com o estuprador para ele voltar mais uma vez. Não posso afirmar que ela está mentindo totalmente, mas tudo leva a crer que ela está querendo dar golpe, espero que nessa história quem estiver errado que pague bem caro, se foi ele que fique preso por um tempo, se foi ela a mesma coisa, assim servirá de exemplo.

  4. Ao contrário do que a Simone diz, não é verdade que onde há fumaça há fogo….

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: