São Paulo é citado a pagar indenização à família de torcedor que morreu no Morumbi

Em 01 de fevereiro de 2007, ao assistir à partida entre São Paulo e Santo André, disputada no estádio do Morumbi, o torcedor Carlos Rogério Vitorino e Silva foi acometido de um infarto, morrendo no local.

Seus filhos, Matheus e Lucas culparam o clube pelo infortúnio, em ação ajuizada na 3ª Vara Civil da Capital.

Para tal, comprovaram que entre o problema cardíaco e o efetivo atendimento médico, passaram-se inacreditáveis quarenta minutos (vinte até a chegada dos primeiros socorros da Polícia Militar e outros vinte para que o clube disponibilizasse profissionais adequados para o tratamento).

Em razão da evidente negligência, em sentença datada do ano de 2014, a juiza Mônica Di Stasi Gantus Encinas determinou pagamento de R$ 100 mil a cada filho do torcedor, além de pensão de R$ 300 mensais, com direito a R$ 400 anuais, a serem pagos até que completassem 24 anos.

Até o presente momento, por conta de recursos do Tricolor, nada receberam.

Porém, findadas as protelações, desde a última quinta-feira (05), foi iniciado o procedimento de execução, em que o Tricolor, citado, terá quinze dias para pagar os valores atrasados com as devidas correções.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta para São Paulo é citado a pagar indenização à família de torcedor que morreu no Morumbi

  1. Renato Guerra disse:

    Família de deploráveis ! Ganhando dinheiro as custas do falecido!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.