Advertisements

Gabriel tem que ser punido exemplarmente

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

Corinthians e São Paulo empataram em um a um no estádio do Morumbi, resultado normal por conta de se tratar de um clássico, porém melhor para o time de Parque São Jorge, disparado na liderança do que para o adversário, em desesperada luta para evitar o rebaixamento.

Os gols foram marcados por Petros, em falha de Cassio, e Clayson, para o Timão.

Lamentável, porém, foi o comportamento de boa parte dos jogadores no banco de reservas do Corinthians, que, após o empate, provocaram da pior maneira possível os 61 mil torcedores do Tricolor, público recorde do país em 2017.

Gabriel foi o mais cafajeste, colocando as mãos nas partes íntimas, gesticulando-as em absoluta falta de respeito não apenas aos adversários, mas a todos os presentes no estádio e ausentes que acompanharam o jogo pela televisão.

A atitude, indigna de um atleta profissional, merece ser punida com absoluto rigor pelo STJD, e também pela direção do Corinthians, que, se decente fosse, não poderia compactuar com esse tipo de comportamento.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: