Nike começa a delatar clubes brasileiros na Justiça Americana

Na última sexta-feira (18), quatro executivos da Nike pretaram esclarecimentos à Justiça Americana sobre a relação da empresa com as diversas confederações pelo mundo.

A informação, exclusiva, é do jornalista Wanderley Nogueira, da rádio Jovem Pan.

Os depoimentos serão retomados, hoje, diante do juíz, do procurador e de agentes do FBI.

Clubes brasileiros foram delatados e apontados como “muito hábeis em convencer outros co-irmãos a apoiar a CBF”, em troca de retribuição da Casa Bandida.

Doleiros também foram citados, entre os quais: Oscar Frederico Jager, Favel Bergaman Vianna, Lisabelle Chueke , Henrique José Chueke, Dario Messer , Antonio Oliveira Claramunt (Toninho Barcelona), Raul Henrique Srour, Benjamin Katz e Alberto Youssef.

Foram identificadas, também, contas bancárias em nome de terceiros, mas pertencentes a importantes cartolas do futebol.

Vale lembrar que, além da Seleção Brasileira, a Nike veste apenas dois clubes no país: Corinthians e Internacional.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas para Nike começa a delatar clubes brasileiros na Justiça Americana

  1. Você só pode estar de brincadeira. O que isso tem a ver com o Corinthians, ou com o Internacional? Qual o motivo para a camisa dos dois clubes estarem no cabeçalho do texto? Caça-cliques?

    Paulinho: Sabe ler ? Leia e depois, se conseguir, interprete…

  2. Pingback: FBI aprofunda trabalho que pode colocar cartolas brasileiros na cadeia | Blog do Paulinho

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.