Advertisements
Anúncios

Golden State Warriors repudia Trump e dá lição ao mundo

Campeão de dois dos três últimos campeonatos da NBA, o Golden State Warriors tratou de inserir o último deles, conquistado dias atrás, na história da luta contra o autoritarismo.

É praxe entre todos os conquistadores de títulos expressivos nos EUA visitar o presidente do país, em evento bem mais importante para o mandatário faturar politicamente por conta da popularidade alheia do que propriamente para o clube.

Não se trata, claro, de exclusividade americana a mistura de esporte com política, sempre em desfavor da população.

Vale lembrar exemplos mais famosos no Brasil, como a chegada das seleções campeãs mundiais, que se viram obrigadas a bajular os respectivos presidentes, e até clubes populares, que também posaram ao lado de políticos, parlamentares, etc.

Ontem, porém, os campeões da NBA, em protesto contra o deplorável governo Donald Trump, por unanimidade (comissão técnica, jogadores e direção) anunciaram que não beijarão as mãos da presidência, e sequer viajarão a Washington.

Um exemplo para o mundo.

Sim, houve outros pela história, nem todos no mesmo contexto, mas ainda assim importantes, como a “Democracia Corinthiana”, que se insurgiu contra os desejos de um governo militar brasileiro, mas poucos com a relevância e a visibilidade do atual, em que o melhor time, do esporte mais popular (basquete), do país que comanda o mundo recusa-se a homenagear seu ditador.

Há esperança no Planeta.

O recado foi transmitido e, espera-se, assimilado pelos que, tomara, sejam estimulados a agir com a coragem de não se aliar ao que não presta, mesmo que seja apenas em evento protocolar, mas ainda assim com poder de sugestionar positividade a quem exala imoralidade.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: