Advertisements
Anúncios

Luis Paulo Rosenberg compara Corinthians a “Casa de Prostituição”

Edson Lapolla, candidato a presidência do São Paulo, confirma passado Tricolor de Luis Paulo Rosenberg

“Dirigir o Corinthians deve ser comparado a dirigir uma casa de prostituição. O que mais você pode pedir a Deus?”

Em entrevista a revista “New Yorker”, o vice-presidente do Corinthians, Luis Paulo Rosenberg, definiu bem as gestões da qual foi partícipe ativo, tanto a anterior, presidida por Andres Sanches, quanto a atual, do delegado Mario Gobbi.

“Casa de Prostituição” é, sem dúvida, um termo adequado para definir um grupo de pessoas que não possui comprovação formal de renda, mas enriquece dentro do clube, com negociações quase sempre impossíveis de serem detalhadas.

O próprio dirigente, por exemplo, antes de assumir seu cargo no Corinthians, morava numa residência avaliada em R$ 300 mil, hoje reside em apartamento pelo qual pagou R$ 1,2 milhão, à vista.

Porém a definição de “puteiro” pode ser considerada ofensiva à grande maioria dos frequentadores do Parque São Jorge, que, ao lado de suas famílias, devem ter coisas mais relevantes para “Pedir a Deus”.

Rosenberg disparou ainda contra o ex-treinador Tite, demonstrando toda sua capacidade de marketeiro, em referência à “brilhante” contratação do jogador chinês Zizao:

“(ia dar certo) Mas o sacana o deixou no banco”.

Dá para imaginar bem os problemas enfrentados por Tite durante sua passagem vitoriosa pelo Timão.

Confira, no link abaixo, a matéria original, em inglês (há necessidade de cadastro):

http://www.newyorker.com/reporting/2014/01/13/140113fa_fact_mcgrath

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

26 comentários sobre “Luis Paulo Rosenberg compara Corinthians a “Casa de Prostituição”

  1. Será que este blog, deixou algum único dia de falar da diretoria do Corinthians?????

  2. Só tem puta no corinthians..kkkk
    E pq vem comentar peixoto?? vai lá no cosme,que vc tanto adora…kkkkk

  3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Nessa tenho q concordar com o trouxa do Rosenberg

    Nas Gaivotas só tem putinhas e das mais baratas.. q se vendem por qualquer trocado

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Bixarada!!!

  4. Ai não ´ne assim não da po,fim de feira esse cara esta no lugar errado,deveria trabalhar em circo,com todo respeito a os palhaços,chegou ontem no clube caiu de paraquedas e só fala asneira,tem que eliminar um cara desses do clube.

  5. Olha .. Estou achando que ele tem razão.. Agora mesmo os cafetões de plantão estipularam um taxa de R$ 50,00 só para entrar no puteiro, sem direito a consumação.

  6. casa da luz vermelha kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  7. O sr Rosenberg fala com muita propriedade sobre casa de prostituição, afinal ele nasceu em uma delas.

  8. Quem defende Corinthians ainda é porque tem a mãe, mulher e filhas trabalhando árduamente no PQ. São Jorge toda noite. Mas pra corintiano isso nunca foi problema…

  9. Só falou o que já é de conhecimento público.

    O único problema é que agora os puteiros podem processá-lo por denegrir a imagem deles.

  10. Fre2 Disse:
    janeiro 7, 2014 às 2:14 pm
    As vezes ele demonstra sabedoria no que fala.

    auheuahueahuehauheuaheuahuehauheuaheuaheuaheuaheuae
    auheuaheuahueahueahuehauheuaheuaheuhaeuhaeu

  11. Os próprios dirigentes do Corinthians esculhambando o clube? O cara dá entrevista para uma revista internacional e compara a administração do clube a um “put-club”? Essa Corinthians é o clube da piada pronta.

  12. Mas quando ele falou que o morumbiba parecia um panetone cheio de frutinhas cristalinas,as meninas ficaram todas histéricas aqui!
    Ou será que o panetone está mais pra sauna gay?

  13. Sr Rosemberg, peça desculpa aos Puteiros……..Comparar aquele LIXO com um PUTEIRO …é ofender os PUTEIROS.

  14. O jornalista ainda destaca a chucrice (“jogando cigarros meio-fumados no chão”) e a sandice (“o campeonato brasileiro será o melhor do mundo, ultrapassando os europeus”) do Taxinha.

    Que vergonha de ser brasileiro.

  15. Bom, se os próprios conselheiros de clube são, na sua maioria, desembargadores, procuradores, juízes, advogados, promotores, etc., e nada fazem, o que resta a nós? Só se for feita uma campanha nacional de “torcida zero nos estádios”. Mas o problema é que as próprias torcidas acham “normal” os dirigentes ganharem comissões e demais “mordomias”. Bem coisa de Brasil.

  16. A grande vantagem dele é que para ser diretor de casa de prostituição não é preciso passar pelo crivo do Banco Central…

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: