Advertisements

Palmeiras indica luz no fim do túnel para as finanças do futebol brasileiro

6d627-paulonobre

Muito melhor, e mais eficiente, do que as “Timemanias” e “Profortes” inventadas pelo Governo para esconder embaixo do tapete os roubos e gestões incompetentes de dirigentes esportivos é a nova política de gastos adotada pela gestão Paulo Nobre, no Palmeiras.

Uma luz no fim do túnel daqueles que, de fato, tem a intenção de salvar a vida financeira de seus clubes.

Treinadores e jogadores, recém contratados, ou com contratos renovados, recebem uma proposta de salário fixo menor, dentro de um limite condizente com as possibilidades da agremiação, e podem, mediante a produtividade – em que o clube passa, também, a arrecadar mais – elevar os próprios ganhos.

Uma maneira inteligente de gastar menos do que arrecada, podendo utilizar o que sobra para quitar pendências de gestões anteriores.

Além disso, estimula o atleta a competir sempre, seja qual for o torneio, sabedor que o bolso será preenchido proporcionalmente à colocação de sua equipe na tabela.

Advertisements

Facebook Comments

40 Responses to “Palmeiras indica luz no fim do túnel para as finanças do futebol brasileiro”

  1. Fred - Corinthians Gaivotas Fiéis. A única torcida Gay do Brasil. Says:

    O playboyzinho pilotinho de rali ta achando q inventou a roda kkkk

    Isso se faz em todos os contratos de jogadores de equipes americanas…basquete, fut americano e etc

    Qto mais produz, mais ganha….

    aqui no Brasil não faz parte da cultura…mas, isso é feito há mto nos USA

  2. ROBERTO MANDROVANNI Says:

    kkkkkkkkkkkkk meu Deus…

    Isso é mais velho do que andar pra frente…

    Isso só funciona com jogadores decadentes em via de aposentadoria e jogadores iniciantes, os medalhões, jogadores já experientes isso não funciona, ou até funciona, paga um puta salário e o cara ainda quer produtividade.

    Como prometer pagar produtividade para um colaborador onde o desempenho de suas atividades está mais do que diretamente ligado aos atos, mandos e desmandos de uma diretoria amadora?

    O parmeirinha está gastando o que não tem.

    Quero ver eles conseguirem contratar o Ronaldinho por produtividade, o Bruno Cesar por produtividade…

    No meu ponto de vista, levando em conta a lei trabalhista, a produtividade tem que estar condicionada diretamente ao desempenho individual do trabalhador, sem levar em consideração a equipe, ou seja, NÃO FALTAR, NÃO SER EXPULSO, NÃO CHEGAR ATRASADO, “TANTOS GOLS”…JÁ CONDICIONAR A VENCER CAMPEONATOS NÃO DEPENDE SÓ DELE DIRETAMENTE. QUANTOS ATLETAS JÁ FORAM ARTILHEIROS E SEUS TIMES NÃO FORAM CAMPEÕES, QUANTOS GOLEIROS FORAM MENOS VAZADOS E NÃO FORAM CAMPEÕES, QUANTOS ATLESTAS DE MARCAÇÃO FORAM ELEITOS O MELHORES DO CAMPEONATO E NÃO FORAM CAMPEÕES????

    EU SENDO JOGADOR, MINHA EQUIPE NÃO SENDO CAMPEÃO E EU SENDO ESCOLHIDO O CRAQUE, O ARTILHEIRO, O GOLEIRO MENOS VAZADO, O MELHOR ZAGUEIRO, O MELHOR LATERAL…ENFIM, SENDO ELEITO O MELHOR, PROCURARIA JUDICIALMENTE MEUS VALORES ORIUNDOS A PRODUTIVIDADE…

  3. Anderson Dias Says:

    Paulinho, parabéns pela sua atitude de elogiar algo que está sendo colocado em prática no intuito de trazer o futebol brasileiro para a realidade. Se dará certo não sabemos mas está sendo tentado ! Vejo em seu artigo coerência, pois já vi críticas à respeito do trabalho do Paulo Nobre. Jornalismos é isso, isenção acima de tudo !!!

  4. Fre2 Says:

    Como nesse blog aparecem entendidos em administração… Nem sei o que fazem no Brasil. Poderiam tranquilamente estar trabalhando em uma grande multinacional.
    +++++++++++++++++++++++++++++++++

    Paulo Nobre tenta implantar o que qqer empresa onde há um montante significativo em mão de obra faz. Os bancos assim como muitas outras, pagam aos seus funcionários PLR.
    E está correto.
    O que acontece nos clubes é a farra dos empresários, onde jogador assina por 200, recebe 100, 50 vai para o empresário, 30 para o dirigente, 20 para o treinador.

    Pode dar certo? pode, principalmente se os demais clubes adotarem a prática. Pode não ser a solução, mas pode ser um início para melhorara o péssimo. nível do nosso futebol

  5. Marcelo Says:

    Da certo com o Lucio porque ninguem queria ele…. Quero ver eles oferecerem um contrato por produtividade e outro time oferecer o dobro de salario…

  6. Freguês fiel é Gambâs e Bambis Says:

    A tendência para o futebol Brasileiro vai ser essa Paulinho.
    Pena que o fatiador do Brunoro pode melar as coisas.

  7. Nave Espacial Allianz 2018 Says:

    Chega de pagar milhões para um BANDO DE PERNA PAU MERCENÁRIO.

  8. Wellington Bhraga Says:

    Achei engraçado o comentário dos amigos acima.

    Que essa política de ganho por rendimento é feito no exterior há muito tempo, isso é mais que notório. Mas por que então ninguém nunca procurou fazer isso no Brasil?

    Essa política é prática comum na Europa e EUA, nesse último, mais precisamente na NFL.

    Essa política de pagamento deveria ser adotada por TODOS os clubes do Brasil. Um dos motivos para isso, é notar que jogadores ruins pedem R$200 mil, R$300 mil. Não tem cabimento. É desproporcional.

    Parabéns ao Sr. Paulo Nobre! Boa sorte ao Palmeiras!

  9. gomes Says:

    pagar 300,400,500 mil pra jogador meia boca é um verdadeiro absurdo parabéns ao paulo nobre

  10. Freguês fiel é Gambâs e Bambis Says:

    Só completando, se o Palmeiras tivesse um Diretor de Futebol de boa índole, com certeza montaria um time bem mais competitivo que esse o qual estão montando. Esse molde veio pra ficar.
    Parabéns Nobre, mas ao mesmo tempo, fique de olhos bem abertos !

  11. FabricioSEP Says:

    Honrem o manto ou passem fome. CERTÍSSIMO!

  12. Junior Says:

    Ao sr. “roberto mandrovanni”:

    Se a pratica e tão antiga assim cite quais os clubes brasileiros que a utilizam como parâmetro para contratações.

    Seu ponto vista é cego pelo mania de reduzir os feitos alheios, quem sabe daqui cem anos seu clube também consiga colocar isso e pratica.

    Passar bem, bem longe….

  13. rizzo SEP Says:

    “inventou a roda…”
    “mais velho que andar pra frente…”
    “blá-blá-blá”

    mas acontece que SÓ o PALMEIRAS, como sempre, sai na frente na questão das inovações. No Brasil, SÓ PALMEIRAS paga por produtividade.

    então, xiu

  14. Nave Espacial Allianz 2018 Says:

    Pra quem apostava na vitória do fracasso.. Tá ai… SENSACIONAL!!!!!!!!!!!!!!!!

    http://www.allianzparque.com.br/site/fotos.asp?album=164

  15. Marcio Says:

    Se desse certo esse modelo seria muito melhor, mas todos os clubes teriam que combinar esse sistema.

  16. Sebastian Says:

    Um diretor Senior de qualquer empresa séria e que trabalhe pelo menos 14 horas diárias pena pra alcançar os 100 mil/mês. Porque esses analfabetos, maus exemplos e péssimos profissionais do futebol tem de ganhar mais de 500 mil em qualquer contrato e ainda reclamam quando o clube os dispensam? Tem mais é que ganhar por produtividade mesmo!! Mais gols? Aumento. Mais vitórias? Aumento. Mais títulos? Aumento. Tá certo o Nobre. Para os débeis-mentais que comentaram que isso existe há muito tempo nos EUA um aviso: nunca foi feito no Brasil asnos!! É dos clubes daqui que se fala e não da NBA ou da Major League seus analfabetos petistas de Bolsa-Mendigo!!

  17. Marcos Says:

    Se vai dar certo eu não sei, mas parabéns pela iniciativa.

    Quanto aos críticos, apresentem uma solução melhor ou calem a boca. Falar, até papagaio fala.

  18. Rogério Lagos Says:

    Eu compartilho da opinião do Paulinho quanto à nova filosofia da diretoria palmeirense.

    Como muitos disseram aqui, contratos de produtividade não são novidade mesmo. Inclusive são utilizados para jogadores em fim de carreira. Ambas as situações estão corretas. MAS SÓ NO BRASIL.

    A novidade é justamente essa: trazer algo que já existe para a realidade brasileira. Algo que já existe e que funciona.

    Se vai pegar entre os outros clubes é uma incógnita, porém já é um primeiro passo para os clubes deixarem de ser reféns dos jogadores.

    Caso os principais clubes do Brasil adotem essa política, até mesmo os medalhões teriam de topar tais contratos. Claro que a opção de ir pra Europa também existe, porém lá essa fórmula de remuneração também existe.

    O Palmeiras não inventou a roda, realmente. Mas está mostrando como ela pode girar melhor nos dias atuais.

  19. Osvaldo SEP Says:

    Tem gente na Varzea que joga muito mais que um Leandro que quer ganhar 300 mil e vive sendo expulso.

    Primeiro, parabens Paulinho, como ja disseram, voce foi critico uma vez e agora ve com outros olhos, voce pode ostentar a frase “Jornalismo com isenção”.

    Parabens Paulo Nobre, encostou a MV na parede, não ligou para os xiliques, cortou privilégios e sem patrocionio master o ano inteiro conseguiu reduzir a divida do clube, e não atrasou salarios.

    Repito : TEMOS UM PRESIDENTE

    Agora, aos “jênios” financeiros que procuram primeiro em fazer galhofas com o fato, dizer que ha anos se faz no exterior, repito a pergunta que outros ja fizeram : Por que o clube de voces não fez ?

    E estava lendo o porque o Palmeiras ficou sem Patrocinio Master em 2013, queriam pagar uma miséria e contrato de 2 anos, sabiam que o clube ia subir, e queriam aproveitar o Centenario.

    Se deram mal, agora a situação é outra.

    Mais uma vez, Parabens Paulo Nobre.

  20. ROBERTO MANDROVANNI Says:

    Junior Disse:

    janeiro 7, 2014 às 11:01 am

    Ao sr. “roberto mandrovanni”:

    Se a pratica e tão antiga assim cite quais os clubes brasileiros que a utilizam como parâmetro para contratações.

    Seu ponto vista é cego pelo mania de reduzir os feitos alheios, quem sabe daqui cem anos seu clube também consiga colocar isso e pratica.

    Passar bem, bem longe….
    ……………………………………………………

    Não são vocês que estão dizendo que bancos, lá fora, empresas assim e assado fazem assim.

    Aqui mesmo na empresa que eu gerencio, há um sistema de produção.

    Todas as atividades tem um número de ponto, ou seja, no decorrer do dia e conforme as execuções de suas atividades vai somando pontos. O mesmo tem que fazer 1.000 pontos para pagar seu salário de carteira e após esses 1.000 pontos o mesmo ganha R$ 1.30 por ponto. Só que, se o seu colega de trabalho não executar os 1.000 pontos, ele irá ganhar sua produção, independente de seus colegas de trabalho.

    No futebol é diferente.

    Imagina o Ronaldinho Gaúcho comendo a bola, gols, passes e ao seu lado o Marcio Araújo, dando bicuda no chão, tropeçando no próprio calcanhar…

    Diferente, imagina o Marcio Araújo marcando, correndo, dando o sangue, desarmando….e do lado o chinelo do Valdívia chutando o vento, no dia seguinte na fisioterapia…depois viagem para o chile para ver sua avó que já morreu umas três vezes só em 2013…

    Não sou contra a produtividade, o que sou contra é condicionar salários e prêmios a ganhar campeonatos, o que sou contra é a produtividade condicionado ao todo e não individualmente.

    Aqui mesmo na empresa, tem técnico que ganha R$ 3.000,00/R$ 4.000,00 um ou outro mais de R$ 5.000,00 por mês e se pudesse ganhavam mais, já outros se contentam com os R$ 1.300,00 da carteira, se contentam com o salário fixo.

  21. Sou Curintiano Corrupto e Pilantra Says:

    Esse Mandrovani eh um coitado que acha que ele eh a razao. Babaca.

  22. Sou Curintiano Corrupto e Pilantra Says:

    Fred, outro babaca infeliz, falando o que todos que acompanham esporte sabe, querendo dar uma de sabichao.

  23. Sou Curintiano Corrupto e Pilantra Says:

    Fred, seu time nao tem dinheiro para contratar jogador, quer falar o que??

  24. ROBERTO MANDROVANNI Says:

    Sou Curintiano Corrupto e Pilantra Disse:

    janeiro 7, 2014 às 3:29 pm

    Esse Mandrovani eh um coitado que acha que ele eh a razao. Babaca
    …………………………

    Não sou a razão, dou minha opinião…aí sim, uns babaca igual a você não respeita e falta com educação…Babaca ao ponto de se esconder, nem se identificar.

    Já que você é um cagão, que se esconde e não se identifica, mude, coloque:

    “Não sou Corinthiano, mas sou um babaca” ao invés “Sou Curintiano Corrupto e Pilantra”

    Não respeita a opinião alheia, não se identifica e ainda mata a vontade de ser Corinthiano, usando no lugar da identificação “Sou Curintiano…”, e depois eu sou o Babaca.

  25. Fred2 Says:

    ”Diferente, imagina o Marcio Araújo marcando, correndo, dando o sangue, desarmando….e do lado o chinelo do Valdívia chutando o vento, no dia seguinte na fisioterapia…depois viagem para o chile para ver sua avó que já morreu umas três vezes só em 2013…”

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Marcio Araujo, o Gente Boa, correndo suando, dando o sangue??????!!!!!!!!!!!!!!!

    kkkkkkkk
    só se for na próxima encaranação.
    Ou na próxima enganação….

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  26. Junior Says:

    Concordo com quando diz sobre opinião, mas, sr. “mandrovanni” não respondeu meu questionamento: quantos times brasileiros fazem isso? vou além quantos times sul americanos fazem isso? e você há de concordar comigo que se são contratos individuais de produtividade não podemos nivelar todos por baixo ou por cima, afinal, goleiro não é atacante…. cada um recebe pelo o que produz e todos recebem pelo que se produz em conjunto.

  27. MOSQUETEIRO Says:

    Essa luz no fim do tunel o Romarinho apaga ja ja kkkkkkkkkkkkkkk

  28. Junior Says:

    Agora chamar um senhor bem sucedido de “playboy pilotinho” é muito recalque…

  29. Terencio Trindade Says:

    Nossa competição não é com os clubes brasileiros mas com os grandes estrangeiros que não adotam esta política. Ou seja, esta ideia do Palmeiras é voo de galinha como foi o Palmeiras Parmalat. E impressiona como tem jornalista que ainda cai neste papinho de Brunoro, mesmo sabendo de seus histórico…. e presente também.

  30. Araujo Says:

    Isso no futebol brasileiro pode ser uma bomba tambem… A produtividade (leia-se salario) depende não só do desempenho do jogador como tambem do desempenho do time (companheiros de equipe), numa dessas o Pato teria sido assassinado depois de perder aquele penalti.

  31. Osvaldo SEP Says:

    Parte de uma reportagem

    http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2014/01/07/cof-aprova-orcamento-de-2014-do-palmeiras-e-clube-tera-r-20-mil-de-extra.htm

    O Palmeiras vive uma situação financeira difícil e, justamente por isso, Nobre já disse em diversas oportunidades que não será “refém do centenário”. Dentro desse ponto de vista, o clube optou pelo contrato de produtividade, tanto para jogadores quanto para o técnico Gilson Kleina. Dessa forma, os salários são reduzidos e os vencimentos aumentam de acordo com metas alcançadas.

    Também por isso, no final do ano o Palmeiras acertou para receber R$ 54 milhões de um fundo de investimento. A iniciativa, também aprovada pelo COF, teve como garantia o contrato da rede Globo de transmissão de jogos do clube. Agora, a diretoria analisa como será usado o dinheiro.

    O montante foi obtido usando um processo denominado Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC), por meio do banco Votorantim. Desta forma, os juros são mais baixos do que um empréstimo comum. O clube irá usar seus créditos futuros para pagar dívidas. Ou seja, irá movimentar um dinheiro que ainda não tem, mas irá receber futuramente.

    Embora ainda não falem disso abertamente, os dirigentes irão usar o dinheiro do fundo para investir em contratações, pagar dívidas- como o empréstimo feito em nome do próprio presidente Paulo Nobre, de R$ 35 milhões – e também para melhorias na sede social do clube.

  32. Sou Curintiano Corrupto e Pilantra Says:

    Mandrovani, mais uma vez quem eh vc para falar em respeito, quando vejo seu nome passo batido porque sei que so fala merda, mas hj tive que responder as suas babaquices de sempre. Qual a diferenca de usar nick ou nome verdadeiro, e esse nick eh em sua homenagem. rsrsss

  33. Unwanted One Says:

    Pra quem não viu essa é boa ~> http://www.verdazzo.com.br/humor/defesa-psicopata

  34. ROBERTO MANDROVANNI Says:

    Sou Curintiano Corrupto e Pilantra Disse:

    janeiro 7, 2014 às 9:47 pm

    Mandrovani, mais uma vez quem eh vc para falar em respeito, quando vejo seu nome passo batido porque sei que so fala merda, mas hj tive que responder as suas babaquices de sempre. Qual a diferenca de usar nick ou nome verdadeiro, e esse nick eh em sua homenagem. rsrsss
    ……………………….

    Qual a diferença em usar nick ou nome verdadeiro?
    R: Constituição Federal. ” livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato”

    O nick é em minha homenagem? Tá bom, vc é um Corinthiano enrustido, pois usa um nick dizendo que é Corinthiano, num blog democrático, mas de um Corinthiano…depois sou eu o babaca, o que fala merda…

  35. The old Bispo Says:

    Nada como um cara inteligente e profissional no meio desses pilantras e pseudo-dirigentes! Parabéns Paulo Nobre!!! Mais uma vez o Palmeiras pioneiro !!

  36. Coelhão Says:

    Concordo!!
    Tem que aplaudir o Paulo Nobre por essa corajosa atitude, os valores no futebol estão em patamares inadmissíveis.

  37. Sérgio Antunes Says:

    Sou SPFC mas devo elogiar o modelo adotado pelo Palmeiras. Eles estão certos. O que interessa se o modelo já é usado ou não? O importante é que o clube seja capaz de honrar seus compromissos. Coisa que nao fazia no passado. Parabéns à Diretoria alviverde.

  38. ROBERTO MANDROVANNI Says:

    Pede para o Paulo Nobre renovar o contrato do Valdivia nos mesmo moldes, PRODUTIVIDADE.

  39. Osvaldo SEP Says:

    Mandrovani, voce conhece areia movediça ? Quanto mais voce se mexe, mais voce afunda…..fica a dica.

  40. jr91086645] Says:

    Já printei se comentario… nada como o tempo, ele é o senhor da razão.
    até usn dias atrás tinha gente esculhambando sobre a proposta o palmeiras contratou todos nos parametros de produção.

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: