Anúncios

Coluna do Fiori

fiori - dicunto

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.brEmail:caminhodasideias@superig.com.br

apito limpo

“Melhor viver uma vida de luta e batalhas do que viver uma vida de mentiras e falsidade”

Beto Braga – pensador

—————————————————————-

FBI x Ricardo Teixeira

A presumível delação do corrupto e corruptor Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF, certamente, está colocando pulgas atrás das orelhas de muitos políticos, dirigentes esportivos, jornalistas, empresas de comunicação, quanto, alguns ex-jogadores e ex-árbitros que beijavam suas porcas mãos

Limpa

Depois de muitos anos de luta confio que a faxina efetuada por parte dos independentes componentes do Ministério Público Federal, bem como, da Policia Federal, na politica brasileira, invada os imundos bastidores da CBF, federações, em especial, a Federação Paulista de Futebol, clubes e entidades paralelas, esquadrinhando minuciosamente os descaminhos praticados por aqueles que as administraram e administram

Clareza

É o que maioria dos amantes do futebol, quanto, dos demais esportes, espera das autoridades e subordinados, que, cremos, sejam dignos do cargo que exercem

Findando 

Faz-se necessário que os investigantes juntem esforços para, se não acabar, ao menos, minimizar com as mazelas arraigadas na maioria das entidades esportivas desde querido Brasil, brasileiro

————————————————————–

2ª Rodada da Série A do Brasileirão – 2017

Sábado 20/05

Santos 1 x 0 Coritiba

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (FIFA-RJ)

Item Técnico

Por não ter sinalizado o impedimento do atleta David Braz, autor do tento que decretou a vitória da equipe santista, o assistente 01: Rodrigo F Henrique Correa (FIFA-RJ) induziu o árbitro a confirmar, indevidamente, a legalidade do lance.

– A penalidade máxima favorável ao Coritiba, que pós-cobrança resultou na defesa do goleiro santista, foi corretamente sinalizada

Item Disciplinar

Amarelo e corretamente 06 dos defensores da equipe mandante e 04 defensores da equipe visitante

Chapecoense 1 x 0 Palmeiras

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (CBF-GO)

Item Técnico/Disciplinar

Pouco exigido. No todo, trabalho aceitável

Domingo 21/05

Vitória 0 x 1 Corinthians

Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (AB-PE)

Item Técnico

Acertou por ter mandado seguir o lance de bola na mão no corintiano Fagner, assim como, por ter corroborado com a sinalização do assistente 01 Clovis Amaral da Silva (AB-PE) no instante em que sinalizou impedimento do ataque corintiano, complementado com a bola no fundo da rede da equipe da casa

Item Disciplinar

Pra não passar batido o corintiano Gabriel foi corretamente premiado com cartão amarelo

Concluindo

Contenda pra lá de fraquinha

Copa Libertadores 2017

Terça Feira 23/05

Santos 4 x 0 Sporting Cristal (PER)

Árbitro: José Mendes (PAR)

Itens Técnico

Aceitável

Disciplinar

Advertiu e corretamente um santista e dois oponentes

———————————————————————

Politica

Sobre seletividade

Lulopetistas oferecem ao País vergonhosa exibição de hipocrisia quando incendeiam ministérios e plenários do Senado e da Câmara

O PT e seus lambe-botas passaram meses protestando contra a Operação Lava Jato sob o argumento de que se tratava de uma “investigação seletiva” dedicada exclusivamente a “perseguir” Lula e a tigrada. Decepcionaram-se quando a evolução das investigações demonstrou que nenhum partido e nenhuma liderança política está imune à ação da Justiça. Agora, demonstrando que eles próprios também sabem ser seletivos quando lhes convém, os lulopetistas oferecem ao País uma vergonhosa exibição de hipocrisia quando incendeiam – em alguns casos, literalmente – a Esplanada dos Ministérios e os plenários do Senado e da Câmara dos Deputados com iradas manifestações de indignação diante da profunda crise em que o País está mergulhado, escamoteando o fato de que eles próprios têm enorme responsabilidade por essa crise, pois durante longos 13 anos foram os donos do poder, do qual foram apeados, com apoio maciço dos brasileiros, há apenas 12 meses. Os vândalos que botaram fogo e destruíram o patrimônio público numa “manifestação pacífica” a favor do “Fora Temer” e contra as reformas, bem como os senadores e deputados baderneiros que pelos mesmos motivos promoveram cenas de pugilato dentro do Congresso Nacional, cometeram essas barbaridades movidos por uma seletiva indignação contra a crise que eles próprios provocaram e agora procuram agravar em benefício próprio, pois alimentam a pretensão de voltar ao poder ressuscitando Luiz Inácio Lula da Silva.

Quanto pior a crise, recomenda o bom senso, tanto maior a necessidade de que as lideranças políticas assumam a responsabilidade de serenar os ânimos e manter dentro dos limites da racionalidade o confronto político inerente à vida democrática. É mais fácil compreender as motivações que levam um cidadão comum a realizar atos de vandalismo do que aceitar a atitude de um parlamentar que desrespeita uma Casa de representação popular com um comportamento violento. É péssimo exemplo dado por quem tem obrigação de se comportar com civilidade.

A existência de oposição é uma condição inerente à democracia, pois a complexidade da natureza humana exige consenso na gestão da coisa pública, não unanimidade. A oposição não pode se comportar como única e legítima representante da vontade popular, pretensão implicitamente invocada para justificar, “em nome do povo”, o desrespeito às instituições e a agressão a quem ousa dissentir. O dogmatismo messiânico do PT e das facções esquerdistas que navegam em suas águas resultou na redução da questão social à divisão do País entre “nós” e “eles” – uma regressão histórica ao princípio da luta de classes –, como se a política consistisse em dirimir o conflito de interesses por meio da eliminação do “inimigo”. Numa democracia, as divergências se resolvem pela conciliação de interesses e não pela potencialização de seu entrechoque.

Essa visão primária que o PT e seus agregados têm, de que os problemas se resolvem pela submissão do opositor e não pela conciliação de interesses, tem sido sistematicamente materializada nos debates parlamentares em torno de questões mais agudas, como foi o caso do impeachment de Dilma Rousseff e, agora, da discussão das reformas propostas pelo governo Temer. Quando os trabalhos são abertos, no Senado ou na Câmara, em comissões ou em plenário, as primeiras fileiras já estão ocupadas por um grupo que pode ser definido como “tropa de choque”. São sempre os mesmos, que se distinguem e se identificam pela especial habilidade de tumultuar a discussão com repetidas tentativas de desqualificar a condução dos trabalhos e as posições de “inimigos”. Não são senadores ou deputados, mas “guerreiros” dispostos a impor-se “no berro”, recorrendo frequentemente à violência de “ocupar” o espaço da mesa diretora dos trabalhos, em flagrante atentado ao decoro parlamentar e desrespeito aos cidadãos que deveriam representar.

Resta esperar que essas lamentáveis demonstrações de falta de compostura e espírito cívico estimulem os eleitores a serem mais seletivos na próxima vez que forem às urnas.

Opinião do Estadão publicada na Sexta feira 26/05/2017

—————————————————————

Finalizando

“Temos a obrigação moral de mudar o futuro com o que fazemos agora”

Orson Scott Card – é um escritor americano   

————————————————————-

Chega de Corruptos e Corruptores

Se liga São Paulo

Acorda Brasil

SP-27/05/2017

Ouça abaixo os programas “COLUNA DO FIORI”, desta semana, que foram ao ar pela rádio Rock n’ Gol

*A coluna é também publicada na pagina Facebook:  “No intervalo do Esporte”

*Não serão liberados comentários na Coluna do Fiori devido a ataques gratuitos e pessoais de gente que se sente incomodada com as verdades colocadas pelo colunista, e sequer possuem coragem de se identificar, embora saibamos bem a quais grupos representam.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: