Advertisements
Anúncios

Neymar imortalizou-se, ontem, no coração do torcedor do Barcelona

Apesar do grande desempenho, demonstrado, desde a sua contratação pelo Barcelona, anos atrás, o brasileiro Neymar sempre foi tratado como grande parceiro dos dois principais craques da equipe catalã, Messi e Iniesta, rivalizando em importância com o uruguaio Suarez.

Faltava, apesar de algumas atuações inesquecíveis, um momento único de protagonismo, que pudesse ser considerado memorável.

Não falta mais.

Neymar imortalizou-se no coração do torcedor do Barcelona após, através de suas jogadas, proporcionar ao clube a mais fantástica das viradas da história da Champions League, certamente dos maiores momentos do futebol mundial.

O brasileiro cavou a penalidade do terceiro gol, no início do segundo tempo, sofreu e quase perdeu a cabeça quando o francês PSG diminuiu o placar para três a um (obrigando os espanhóis a vencerem por considerados impossíveis seis a um), seguiu lutando, marcou o quarto gol em cobrança de falta magistral ao 43 minutos, converteu penalidade aos 45 minutos (que Messi decidiu não bater) e, faltando 15 segundo para o término do acréscimo (de cinco minutos), proporcionou a assistência milimétrica que resultou no milagroso sexto gol catalão.

O Céu é o limite, que Neymar atingiu no jogo de ontem, restando agora o objetivo de manter-se no Olimpo do Barça, preparando-se para a consagração na Seleção Brasileira no Mundial da Rússia, em 2018.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: