Ídolo do Cruzeiro diz que Botafogo tentou transformá-lo em “gato”

Ozires

Ozires

Ontem, durante o programa “Por Fora do Campo”, da rádio Rock n’ Gol, protagonizado por José Renato e Roberto Vieira, com pequena participação deste jornalista, o ídolo do Cruzeiro, ex-zagueiro Ozires (campeão da Libertadores e vice-mundial em 1976), em meio a diversas história deliciosas sobre seu período de atleta, disse que, enquanto juvenil, foi pressionado pelo Botafogo/RJ para adulterar seus documentos, e, em consequência, transformar-se em mais um “gato” do futebol.

Segundo o craque, o objetivo era fazê-o atuar mais alguns anos nas categorias de base:

“Era uma coisa bem natural na época… eles faziam com todo mundo”

Ozires citou que o diretor do Fogão, à época, era o mito Nilton Santos, porém, após ser questionado se a ordem teria partido dele, desmentiu, jogando a responsabilidade para os dirigentes da base à época.

Quase simultaneamente à exibição do “Por Fora do Campo”, o Blog do Juca postou texto assinado por Marquinhos Mesquita, intitulado “O Gato e o Filhinho de Papai”, que traçava um paralelo entre o atleta do Paulista, flagrado com idade adulterada na Copa São Paulo, tratado como criminoso, e o filho de um ricaço na Paraíba, que atropelou e matou num atropelamento, fugiu sem prestar socorro e foi beneficiado por um desses desembargadores que envergonham o judiciário brasileiro:

http://blogdojuca.uol.com.br/2017/01/o-gato-e-o-filhinho-de-papai/

Num determinado momento, Mesquita diz:

“Vi muitos casos como este quando trabalhei nas divisões de base do Botafogo”.

Não é a toa, pelos relatos explicitados acima, que o Botafogo, um dos melhores times do planeta nos anos 60, hoje é apenas esfinge mal cuidada de uma história tão espetacular que mantém o clube no rol do gigantes nacionais, mesmo, há tanto tempo, sem fazer por merecer a honraria.

ABAIXO TRECHO DO “POR FORA DO CAMPO” EM QUE OZIRES É QUESTIONADO SOBRE A TENTATIVA DO BOTAFOGO EM ALTERAR SUA DOCUMENTAÇÃO:

CONFIRA A ÍNTEGRA DO BATE-PAPO (IMPERDÍVEL!)

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.