Advertisements
Anúncios

Raí, Lugano e Ricardo Rocha cometem grave erro contra o São Paulo

O Blog do Paulinho elogiou o procedimento de Raí, gestor de futebol do São Paulo, ao apostar em Diego Aguirre, não em nomes conhecidos do mercado, para o cargo de treinador Tricolor.

Mudamos de opinião, após tomarmos conhecimento dos detalhes.

O grupo de agentes de jogadores, chefiado por Juan Figger, postou fotografia comemorando “ter levado” Aguirre ao clube.

Pior: na foto estavam Raí, Lugano e Ricardo Rocha.

Todos, no mundo do futebol, conhecem a promiscuidade histórica entre Juan Figger e os dirigentes do Tricolor, marcada por pagamento de “agrados”, entre outros “favores” inconfessáveis.

É absolutamente reprovável que os três dirigentes se prestem a este ridículo papel (da fotografia), que coloca em cheque o necessário afastamento entre cartolas e agentes, e, consequentemente, a lisura da contratação, além das eventuais mudanças de elenco que estão por vir.

Se Raí sempre teve fama de honesto, apesar de trabalhar com Leonardo, malfeitor do esporte, na ONG Gol de Letra, sua atitude, se não desconfiável, indica absoluto despreparo para lidar com espertalhões do esporte.

Lugano, que disse ter indicado a contratação, passa a ser suspeito de mentir ou facilitar a vida dos agentes do treinador.

De Ricardo Rocha, empresário de atletas (ele nega), não se esperava atitude diferente, absolutamente confortável em lidar com semelhantes, como demonstra sua pose, na cabeceira da mesa dos Figger, no registro fotográfico apresentado.

O São Paulo está se esforçando para conhecer a Série B do Brasileirão, e, tudo indica, 2018 promete ser um ano de desejos atendidos.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: