Se Paulo Nobre realmente tiver interesse, a WTorre venderá a Arena Palestra

mustafá e nobre

Ontem, à rádio Jovem Pan, o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, afirmou que se a WTorre quiser se desfazer do estádio, poderia, sim, entrar no negócio.

Desmentiu sua própria declaração, dias atrás, de que não tinha interesse.

Parece ter… e não é pouco.

A WTorre atravessa crise financeira incalculável (bilhões de reais), não pagou ainda um centavo dos empréstimos tomados para erguer a Arena (financiada na integralidade) e tem seus dirigentes investigados da “Operação Lava-Jato”.

Nobre, embora diga que precisará de parceiros para negociar, tem cacife para, sozinho, comprar o estádio.

Ainda mais nas condições em que a operação, tudo indica, se dará: assumindo as dívidas parceladas da WTorre com os bancos.

O “x” da questão, a ser enfrentado posteriormente, seria o comportamento de Nobre enquanto parceiro comercial do clube, credor e político, situações que, em conjunto, são absolutamente conflitantes entre si.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.