Conselheiro que pediu “busto” para Andres Sanches tenta retomar cabresto eleitoral do Corinthians

geraldo-jabur

O conselheiro do Corinthians, Geraldo Jabur, tentará, nos próximos dias, anular a recente Assembléia Geral de associados do clube, que deu fim ao sistema de votação por “Chapão”, e, por consequência, ao cabresto eleitoral do grupo de Andres Sanches, do qual faz parte.

Não poderia se esperar outro serviço dessa gente.

Jabur tem histórico de subserviência a Andres.

Chegou, inclusive, a propor no Conselho Deliberativo do clube a colocação de uma estátua do deputado no Parque São Jorge, entre outros gestos semelhantes.

O histórico de Jabur no Corinthians sempre foi de se aliar a deploráveis: ele, ao lado de Felisberto Pinto e Miguel Martinez protagonizaram o primeiro impeachment da história do clube, nos anos 70, todos acusados das mais diversas irregularidades.

Há também acusações de desvios de conduta do conselheiro alvinegro no exercício da advocacia, que escutamos, alarmados, da boca de um de seus clientes mais famosos (um dos irmãos Cravinhos) que se tivessem chegado ao conhecimento da OAB resultariam, talvez, em sanções graves ou até mesmo eliminação.

A bem da verdade, Jabur, neste episódio de tentar reverter o desejo de associados alvinegros, não é protagonista, mas apenas instrumento de um grupo que agoniza diante de tantos escândalos evidenciados nos últimos meses.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.