Associada é furtada dentro do Corinthians

ginásio corinthians

Por DÉBORA ARRUDA

Vacilo de mãe ou má-índole de quem achou ? Ontem, no Corinthians, com minha filha mais nova, fomos curtir mais um sábado… ela quis levar seu tablet, para se distrair com ele também, que foi esquecido no Ginásio Principal do clube.

Estávamos lá sentadas para fugir do frio que fazia na parte de fora.

Não havia tumulto, aglomeração de pessoas, apenas alguns prestadores de serviço organizando o evento do Colégio Drummond, que aconteceria à noite.

Feliz ou infeliz de quem achou um tablet destravado, cheio de joguinhos e fotos, que pertencia a uma criança de apenas cinco anos, que chorou e lembra dele até hoje.

Coisas materiais a gente recupera, caráter educação e índole vem de berço, e infelizmente não tem time, raça ou cor que defina. Deus é maior que tudo!

Eu, como sócia, desde que me conheço por gente, frequentei o Corinthians, agora muito mais, por causa das minhas filhas.

Acho que o clube deveria limitar o acesso a quem é sócio.

Ultimamente vem ocorrendo muitos eventos, onde vem gente de fora, usufruindo do espaço que nós, sócios, pagamos e cuidamos.

Está na hora disso ser revisto, filtrarem o acesso, abrirem outra entrada, sei lá o que…

Porque o verão está ai e eu tenho certeza que fui mais uma vítima.

Mesmo que o Corinthians não se responsabilize por pertences deixados… mas o ambiente sempre foi de família.

Se um dia eu achar algo que não me pertence irei devolver, porque tive outro tipo de criação e com certeza minhas filhas também.

Não sou torcedora Fiel de nenhum time, apenas frequentadora do Corinthians, mas respeito cada um dos seres-humanos.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.