Justiça penhora R$ 1,1 milhão da venda de Gabigol para quitar calote do Santos com empresários

modesto roma

Desde 2015, a Kirin Soccer tenta, judicialmente, receber calote de R$ 1,1 milhão, referente a comissionamento da transação do jogador Montillo para o Santos.

Na última quarta-feira (31), o juíz Frederico dos Santos Messias, da 4ª Vara Cívil de Santos, deferiu pedido de bloqueio no valor supracitado, dos créditos que o clube tem a receber sobre outra transação.

Trata-se da venda de Gabigol.

O Banco Central já foi informado para bloquear a entrada de dinheiro até que os empresários, enfim, recebam a quantia devida.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.