Família de Andres Sanches foge de audiência com ex-funcionárias utilizadas como “laranjas” de seus supostos golpes

andres-areia-mijada.jpg

Intimados a depor em audiência de Instrução no processo movido por ex-funcionárias, que acusam-nos de utiliza-las como “laranjas” em empresas de fachada para a prática de golpes conhecidos como “araras” (tomar empréstimos milionários em instituições bancárias e realizar compras em fornecedores com o intuíto deliberado de não pagar, dexando a dívida para terceiros), o deputado federal Andres Sanches e seus parentes não compareceram.

Estiveram presentes as acusadoras, que cobram-lhe mais de R$ 3,5 milhões em indenizações.

Anexados ao processo estão relatórios da Receita Federal (que fazem parte também de inquérito do STF e de investigação na Operação Lava-Jato contra o deputado) que tratam o ex-presidente do Corinthians e seus familiares como se fossem quadrilheiros.

Nem mesmo a presença de advogado da “família”, justificando, constrangido, todas as faltas, serviu para amolecer o juíz, que escutou as garotas e, em breve, deverá proferir a sentença.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.