Pato, Leandro Damião, cartolas e empresários

Conselho do Palmeiras lava as mãos e Justiça deve decidir sobre desvio de dinheiro

(trechos da coluna de TOSTÃO, na FOLHA)

“Não entendo por que insistem em dizer que Pato tem muito talento e que só não é craque porque não quer. Como alguém não vai querer ser craque? Ele é um bom atacante, tem tudo para ser um bom reforço para o Corinthians, mas não tem a lucidez de um craque. É confuso e, geralmente, toma decisões erradas.”

“Não entendo por que o Flamengo contrata o bom centroavante Guerrero e paga a ele como se fosse um Suárez. Pior, contrata outro centroavante, Leandro Damião, pior do que Guerrero, e paga a ele como se fosse Ibrahimovic. Pior, atrapalha a carreira de um promissor jovem centroavante, Vizeu.”

“Não entendo por que os clubes, com tantos técnicos competentes e com analistas de desempenho, atividade da moda, um avanço científico, costumam contratar muito, e mal. Trazem jogadores caríssimos, bons, e pagam como se fossem craques, ou contratam dezenas de jogadores medianos, medíocres.

Melhor do que três ruins é um bom. Um dos motivos seria a dependência e as relações promíscuas de alguns clubes com empresários.”

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.