Desembargadora insere ressalvas nas conta aprovadas de Andres Sanches. Promotoria vai recorrer

Andres laranja

Na última semana, após duas reprovações, a desembargadora Marli Marques Ferreira decidiu aprovar as contas de campanha do Deputado Federal Andres Sanches (PT), mesmo diante de indícios graves de empresas fajutas e diversas versões de doadores, que depois descobriu ser a UTC Engenharia, citada como pagadora de propina na “Operação Lava-Jato”.

Dias depois (não constava da primeira publicação), o TRE-SP inseriu no sistema que a aprovação se deu com ressalvas, ou seja, apesar de encontrados alguns problemas.

Inconformada, a Procuradoria de Contas irá recorrer da decisão.

Dará tempo, mesmo que reformada a sentença, para Sanches terminar o mandato, mas, em confirmada a reviravolta, perder a elegibilidade pelos próximos oito anos.

andres contas ressalvas

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.