Itália conhecerá a história de Sócrates e seus revolucionários da “Democracia Corinthiana”

democraciacorinthiana

“Não é só uma história de futebol, é a história de uma revolução” – Solange Cavalcanti

Por SÉRGIO SCARPELLI

A história da Democracia Corinthiana acaba de ser transformada em livro, na Itália.

Chama-se Compagni di Stadio, Sócrates e la Democrazia Corinthiana (Fandango Libri, 314 páginas), e será apresentado este fim de semana no Salone Internazionale del Libro di Torino, o maior evento italiano dedicado à editoria.

O trabalho foi escrito pela jornalista Solange Cavalcante, paulistana e corinthiana.

“Sinto um profundo incômodo pelo desconhecimento geral dos europeus a respeito da história recente do Brasil”, lamenta a jornalista, que há dez anos vive na Itália.

“Por isso eu quis contá-la através da Democracia Corinthiana, que considero a experiência mais inspiradora já ocorrida no futebol”.

O público italiano, que já se habituou a chamar Sócrates de “Che Guevara dos gramados “, agora vai conhecer os demais companheiros daquela aventura.

“Porque a Democracia não era um movimento de dois ou três, como querem os críticos”, destaca a autora, “mas de tantos outros personagens fundamentais, que entrevistei e que constam do livro”.

Além de Turim, Compagni di Stadio terá outros lançamentos pela Itália, por ocasião da Copa do Mundo.

Um deles, em Roma, acontecerá dia 12 de junho, dia da abertura do Mundial.

“Somente a Democracia para me fazer perder a Copa no Brasil”, brinca a jornalista.

*SERGIO SCARPELLI é conselheiro do Corinthians e foi dirigente do clube no período da Democracia Corinthiana

democracia italia

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.