Advertisements
Anúncios

A “mosquinha” do poder picou Paulo Nobre

O novo presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, que ingressou na política do clube com discurso de independência política, meses depois de assumir o cargo, demonstra que o poder o cooptou.

Para satisfazer os interesses de um grupo de conselheiros denominados “Fanfulla”, que, por sinal, costuma ter discursos também de moralidade, contratou o irmão de um dos integrantes para o cargo de Gerente Financeiro do clube.

Trata-se de Luciano Paciello, que receberá R$ 40 mil mensais pelo ofício.

Dessa maneira, os que se diziam “independentes” e “amantes” do Palmeiras se prostituem tanto quanto àqueles que combatiam, num círculo vicioso de “toma-lá-dá-cá” ainda mais prejudicial ao clube do que uma queda esportiva para a segunda divisão.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

24 comentários sobre “A “mosquinha” do poder picou Paulo Nobre

  1. SR. PAULINHO , PARA DE ENCHER O SACO DO PALMEIRAS , PARA DE TENTAR CRIAR PROBLEMAS , ONDE NÃO EXISTE , VAi CUIDAR DA VIDA DO SEU TIME , ALIAS ONDE SÓ TEM GATUNAGEM ( GAMBAS) , NÓS TORCEDORES DO VERDÃO , NÃO NOS PREOCUPAMOS COM SUAS INSUNUAÇÕES , POIS O TRABALHO DO SR. PAULO NOBRE É DIGNO DE ELOGIOS

  2. Paulinho,
    Sou palmeirense e acompanho diariamente os seus posts, concordando ou discordando das suas opiniões. No caso desse post em específico, fiz uma pesquisa rápida pelo nome do novo gerente financeiro e vi que ele é head de finanças para a América Latina de uma grande empresa. Acredito que essa credencial seja mais do que suficiente para assumir esse posto no Palmeiras. E mesmo comparando com outras pessoas que eu vi assumindo essa posição no meu clube, acho que foi uma ótima escolha do Paulo Nobre.
    Gostaria então de entender melhor o motivo de sua crítica…

    Paulinho: Você é inteligente e sabe bem o motivo. Existem “N” profissionais competentes no mercado, com currículo até melhor… não é necessário recorrer à contratação de politicagem…

  3. Quando a noticia ruim é dos clubes adversários,é fácil comentar…
    Agora quando é no nosso… Não é mesmo sr(?) Fernando? Né verde de raiva?

  4. Alguma surpresa??? kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Lógico q o Pilotinho de rali, o playboyzinho orgulho da mamãe iria se cercar de “amigos” Fascistas e carcamanos para comandar um setor tão vital para o clube que é o seu caixa….

    Fanfulla?? Q M* é essa?? Parada Gay fora de época??

    Hummm…. pra ganhar $$$$ essas meninas do Leão Lobo inventam cada uma

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Mediocridade veste verde……. e rosa

    ão ão ão segunda divisão……só pra lembrá-las!!!!

  5. Se o cara for qualificado e tiver experiência no ramo qual o problema?
    E não será 40mil e sim 35mil de salário…
    Mas pra mim isso não importa, quero ver o Palmeiras Forte e campeão e SEREMOS….

  6. Picado pelo poder ??? Acho que não, pois se assim fosse, teria nomeado alguém ligado ao Mustafá, ai sim a critica caberia, nesse caso discordo do seu ponto de vista.

  7. Isso é que é amor pelo palmeiras hein….Meo D´US .
    Sangue sugas malditos que se passam por palestrinos….aff

    O que as meninas estão fazendo aqui?! Essas garotas, não sei não….desde 1942 que “Amam” Falar do palmeiras quando deveriam se preocupar em ser SOBERANAS….Só que tudo indica que são só foguinho de palha…. 2° divisão do paulista na década de noventa….2° divisão no brasileiro em 2013….Anotem ae

    AVANTI PALESTRA

  8. Dirigente não é santo, pode ter certeza.

    Mas ao menos, mesmo com o time na segundona, ele não foge pela porta dos fundos,.

    aliás, nem Mustafá, nem Tirone, o fizeram quando da queda do time.

  9. Paulinho,
    O cara é Diretor Financeiro para América Latina do Boston Consulting Group, uma consultoria com aproximadamente 70 escritórios pelo mundo e com destacada atuação. Pelo menos não tem dono de lanchonete ou de desmanche no cargo.

  10. A escolha não foi um erro… mas…
    Foi feita por pura politicagem. o famoso Q.I. dos conselheiros.
    Tomara dê certo.

  11. A PERGUNTA QUE FICA

    Onde está FERNANDO ALDO SENIL RODRIGUES, o cara que jura que é palmeirense mas não comenta um só post sobre o time!

  12. Sr Paulinho, o sr não consultou ninguém por isso falou besteira.

    Vamos lá!

    O fanfulla é um grupo com 9 conselheiros de um universo de quase 300 conselheiros.

    Você acha mesmo que esse grupo tem toda essa influencia politica dentro da administração do clube?
    Se você acha isso de fato acho melhor o sr rever seus conceitos urgentemente.
    O Sr Luciano Paciello não é mais diretor do BCG, pois ele aceitou o desafio de ser o CFO do Palmeiras.
    Ele foi escolhido num processo seletivo que envolveu outros nomes, com outros tantos executivos de mercado, logo ele não foi colocado lá por politicagem meu caro e sim por competencia tecnica.
    Você já parou para pensar que pode ter havido negativa por parte até de outro executivos, que assim como ele tiveram que abrir mão de outros tantos beneficios que sabemos que existem em grandes multinacionais?
    Achar pelo em ovo é o nome desse blog, infelizmente

    Paulinho: Imagino o seletivo processo de escolha… meu caro, vc engana os bobalhões, aqui não se cria… apoio as ações boas do Paulo Nobre e critico as ruins. Não tenho compromisso com ninguém. Muito, mas muito diferente de vcs…

  13. é engraçado tricofloristas postando aqui.

    O diretor do time deles foge pelos fundos, dá o maior vexame, e vem falar do piloto de rali?
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    nem Tirone foi fujão. e olha que ele é muito medroso

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  14. Boa noite Paulinho,

    Acompanho seu blog com frequência e admiro sua coragem quando faz denúncias que muitas vezes faz com que você seja ameaçado.

    Desta vez acredito que você cometeu um equívoco. Conheço o Luciano e o irmão dele a muito tempo e posso garantir pra você que são pessoas íntegras que JAMAIS cometeram um ato que pudesse ser passível de condenação (qualquer que seja).

    São dois palmeirenses fanáticos e aprenderam isso com o pai deles que, tenho certeza, teria muito orgulho de vê-los envolvidos com o time do coração e jamais aceitaria que eles estivesse envolvidos em falcatruas.

    O fato do irmão dele participar do dia a dia do clube não significa que ele não tenha capacidade para cumprir com as obrigações do cargo que assumiu como também tenho certeza que houve um rigoroso processo seletivo para selecioná-lo.

    Temos que admirar a coragem e o amor que ele possui pelo Palmeiras para trocar uma carreira em uma empresa mundialmente conceituada por um cargo em um clube de futebol que, dependendo do resultado da próxima eleição, pode mudar a diretoria de uma hora para outra.

    Você já se enganou a respeito de pessoas antes e gostaria que você acreditasse, pelo menos por alguns segundos, que pode ter se equivocado novamente. Acontece!!

    Abraços,

    Mario G. Juinor

    Paulinho: Mario, caro, em nenhum momento questionei competencia do rapaz, apenas que não poderia ter sido indicado por ter familiar na politica do clube. Em minha opinião, esse tipo de situação tem sim que ser evitado. Apenas isso.

  15. O cara é competente é top no mercado, se pertence a alguma corrente politica que apoia o Paulo Nobre, mas sendo eficiente, todo o resto é conversa de “cumadre”, aliás, corto os meus bagos se não foi algum opositor que te passou a noticia venenosa.

  16. Não haveria toda essa discussão se o office boy do Mustafá colocasse alguém fora do time que apoia seu governo.
    Manter-se isento de neutro seria de bom tom. Mas como isso é pedir demais ao presidente Mustafá, é obvio que ele contrataria um parceiro pertencente ao grupo de apoio.

    O cara pode até ser bom, diretor e coisa e tal. mas quem garante que ele não previa uma demissão ? É melhor 40 paus no Palmeiras do que 40 por mais uns dois meses…

    Enfim, todo apoio tem seu preço. O Zé Dirceu e o Lulla que o digam, afinal, o mensalão está aí para provar quanto que vale comprar pessoas para votar a favor dos desmando de presidentes medíocres, sejam do Brasil, sejam do Parmera.

  17. Paulinho, li o texto, os comentários, li o comunicado no site do Fanfulla, entendi sua colocação.

    Dos males, que seja o menor, que ele faça um excelente trabalho, tomara que ele saiba que vai ter que lidar com a pressão de estar ligado umbilicalmente ao grupo que o fiscaliza e isso vai comprometer todo e qualquer mau resultado.

    O grupo Fanfulla calculou que isso pode vir a ser um verdadeiro tiro no pé?

  18. Paulinho,

    Acredito que ter um familiar trabalhando em uma empresa não seja motivo para que uma pessoa não seja contratada principalmente se estivermos falando de alguém competente e disposto a assumir o cargo em um clube de futebol.

    O que eu não entendi foi que você informou que a contratação foi movida por interesses alheios sem que fosse levado em consideração um rigoroso processo seletivo e a competência do contratado. A contratação foi por esse motivo.

    O fato do irmão dele estar lá, neste caso, é apenas uma coincidência.

    Abraços.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: