Democracia Tricolor se decepciona com Marco Aurélio Cunha e pode lançar candidato próprio

O movimento Democracia Tricolor, que já tem candidatos ao Conselho do São Paulo, mas ainda busca um nome para apoiar à eleição presidencial do clube, reuniu-se durante a semana com Marco Aurélio Cunha.

O resultado do encontro foi tratado como decepcionante.

As mais importantes reivindicações dos torcedores não foram acolhidas pelo candidato, entre elas, a mudança do Estatuto do clube somente por Assembleia de Associados, não apenas em votação do Conselho Deliberativo.

Devido às várias divergências, foi solicitado a Marco Aurélio que responda, por escrito, as razões que o levam a concordar ou discordar de itens específicos dos assuntos tratados na reunião.

Membros do grupo, que também não veem com bons olhos nomes ligados a Juvenal Juvêncio, incomodados, falam até em lançar candidato próprio.

E o nome que surge, à princípio, é o do empresário Newton Luiz Ferreira, patrono de diversas equipes nos campeonatos de futebol social dentro do Tricolor.

Resta saber se, mesmo angariando o apoio de diversos dissidentes dos grupos já existentes no São Paulo se essa candidatura teria força para fazer frente aos nomes mais conhecidos.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

19 ideias sobre “Democracia Tricolor se decepciona com Marco Aurélio Cunha e pode lançar candidato próprio

  1. Chamem o Laudo Natel. Este, sim, um simpatizante do SPFW que reflete inteiramente a essência do clube. Inclusive, ajudou bastante na construção do Panetone…

  2. Invejão 2013 Disse:
    julho 6, 2013 às 9:50 am
    Ajudou mesmo. Só que não precisou arriar as calças e não beijar as mãos de ninguém.
    Ah… E sem dinheiro público.

  3. É mais do mesmo…
    Estão perdendo uma ótima oportunidade de mudanças.
    O Marco Aurélio inclusive,deixando de entrar para a história do SPFC.

  4. André Luiz Disse:
    julho 6, 2013 às 10:14 am

    Qual essa história,gostaria de saber….a suja e imunda ,só pode ser !!

  5. A desastrosa conduta do JJ no seu terceiro mandato, necessita urgente de uma grande auditoria, que nunca seria feita pelo seu genro MAC, líder do Kassab na câmara municipal,que declarou na radio JP que não tirariam a copa do Morumbi O JJ é avô do filho do MAC. O circo ta formado. O folclórico MAC não tem o perfil do novo e restaurador presidente que precisamos. Como assessor de imprensa tem meu apoio.

  6. MAC é ex genro do JJ

    Tudo ficaria em casa e do mesmo jeito

    Não será dessa vez q o tricolor colocará um presidente da oposição

  7. mesmo com tudo isso MAC ainda é uma otima opção.
    logicamente que ele ia ser contra tirar poder dos seus.. coisa de politico

  8. Pra presidente dos Bambis: Tiririca. Pior que tá não fica!

  9. VOU REPETIR:

    Nesta TRANQUEIRA do “7 CHAVES DA VILA SÔNIA”, não tem e JAMAIS terá democracia e muito menos oposição, só tem SUBSERVIENTES naquela clubeco. Oposição por lá é só de fachada!!

    Já falei é TUDO NA BASE DO ACORDO, pois se tiver oposição aquela TRANQUEIRA vai fechar, pois nada pode ser exposto.

    São risíveis.

  10. Fernando Gentil Rodrigues Disse:
    julho 6, 2013 às 10:37 am
    Não me dirigi a vc,mas…
    Me refiro em um momento que,se tiver alguma mudança no estatuto ou direito de voto aos associados por exemplo,ficará marcado na história do clube.
    Suja e imunda é a sua “brancona”,palhaço…

  11. ” Vou repetir” ou “Já falei”…
    Bobinho,tolinho e outros inhos mais,vc falando,repetindo e cagando,é a mesma coisa.
    Otáriozinho,vermezinho,cocozinho…

  12. Democracia Tricolor…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Voces estao pagando com a propria lingua kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  13. Uma dúvida que tenho sobre esse pessoal da Democracia Tricolor, é saber onde estavam quando o JJ arquitetou o golpe ao estatuto. Eles votaram a favor dessa imoralidade que o JJ fez com o nosso clube? Se sim são responsáveis diretos pelo atual momento do SP também.

  14. Jr. Foram os Conselheiros que hoje estão com a Democracia Tricolor que distribuiram as ações para anular a eleição que deu o terceiro mandato pro Juvenal. Estamos vencendo a cada instância em que elas vão sendo julgadas. Todavia, quando se esgotarem todos os recursos ele já não será mais presidente.
    Se você quiser pode pesquisar no site do Tribunal de Justiça de São Paulo pelas ações distribuídas pelo Sr. Armando Souza Pinheiro e poderá confirmar a veracidade das minhas alegações. Somos nós que lutamos a 8 anos para construir um SPFC MELHOR PARA TODOS.

  15. Não tenho contato frequente com os conselheiros vitalicios, neste sentido acredito que o Marco Aurelio pode agregar para a formação da chapa.

    Claro, depois de formado o conselho pos eleição, ai eh o momento de discutirmos as candidaturas e as que estão alinhadas as propostas da DT.

    Neste momento meu objetivo eh a discussão das propostas abaixo para a alteração do Estatuto Social.

    1) Maior representatividade dos sócios no conselho, com eleição de 160(cento e sessenta) conselheiros, ao invés dos atuais 80(oitentas),

    2) Eleição a cada 3(três) anos de 50% dos conselheiros,

    3) Direito de voto do cônjuge nas eleições,

    4) Necessidade de 30 assinaturas para a formação de chapas para participar das eleições atualmente são necessárias 55 assinaturas dos conselheiros Vitalícios.

    5) Alteração da data das eleições de abril para novembro, consequentemente o presidente assume o cargo em janeiro do próximo ano,

    6) Quando houver eleições para conselheiros Vitalícios, somente os conselheiros eleitos poderiam se candidatar, e devem apresentar sua candidatura no plenário, acabando com a ingerência do presidente, bem como acabando com os votos das lideranças.

    Nosso plano B caso tenhamos chapa unica eh a coleta de assinaturas para convocarmos uma Assembleia Geral.( 50% dos socios + 1)

    Claro que outras propostas virão e os Socios devem discuti-las e aprova-las.

    Abraços

    Newton Luiz Ferreira

  16. Leonel, fiquei Lisonjeado por voce sugerir meu nome para presidente do SPFC.

    Vejo hoje a adequação do Estatuto Social muito mais importante do que a troca do presidente, seja ele da situação ou da oposição, penso que se não adequarmos o Estatuto ao novo codigo civil de 2002 e a realidade da sociedade São-paulina, de nada adianta elegermos o presidente.

    Para isso eh necessario participarmos da proxima eleição com uma chapa alternativa, e para a formação da chapa pelo Estatuto vigente precisamos de 55 assinaturas dos conselheiros vitalicios dos atuais 160.

    Não tenho contato frequente com os conselheiros vitalicios, neste sentido acredito que o Marco Aurelio pode agregar para a formação da chapa.

    Claro, depois de formado o conselho pos eleição, ai eh o momento de discutirmos as candidaturas e as que estão alinhadas as propostas da DT.

    Neste momento meu objetivo eh a discussão das propostas abaixo para a alteração do Estatuto Social.

    1) Maior representatividade dos sócios no conselho, com eleição de 160(cento e sessenta) conselheiros, ao invés dos atuais 80(oitentas),

    2) Eleição a cada 3(três) anos de 50% dos conselheiros,

    3) Direito de voto do cônjuge nas eleições,

    4) Necessidade de 30 assinaturas para a formação de chapas para participar das eleições atualmente são necessárias 55 assinaturas dos conselheiros Vitalícios.

    5) Alteração da data das eleições de abril para novembro, consequentemente o presidente assume o cargo em janeiro do próximo ano,

    6) Quando houver eleições para conselheiros Vitalícios, somente os conselheiros eleitos poderiam se candidatar, e devem apresentar sua candidatura no plenário, acabando com a ingerência do presidente, bem como acabando com os votos das lideranças.

    Nosso plano B caso tenhamos chapa unica eh a coleta de assinaturas para convocarmos uma Assembleia Geral.( 50% dos socios + 1)

    Claro que outras propostas virão e os Socios devem discuti-las e aprova-las.

    Abraços

    Newton Luiz Ferreira

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.