Advertisements
Anúncios

Terreno que o Corinthians quer empurrar para CAIXA intermediar dinheiro do BNDES está arrolado judicialmente pela Receita Federal

Noticiou-se, na última semana, que a CAIXA havia aceitado o Parque São Jorge como garantia para intermediar o empréstimo de R$ 400 milhões do BNDES para a construção do “Fielzão”.

Porém, em pesquisa no 9º Cartório de Registros da Capital, constatamos alguns fatos que, em condições normais, dificultariam, e muito, a negociação.

O Parque São Jorge está dividido em quatro escrituras.

Três delas penhoradas por diversas dívidas, uma delas de R$ 27 milhões.

A escritura oferecida pelo Corinthians, embora não esteja penhorada, está arrolada judicialmente pela Receita Federal.

Ou seja, pode ser executada assim que o mérito da questão for julgado.

Além disso, dos 158.170 m² de área total do Parque São Jorge, esse terreno corresponde a apenas 40 mil m².

Praticamente ¼ do montante total.

Não é factível, portanto, a avaliação que o clube apresentou à CAIXA, de R$ 1,2 bilhão pela área a ser cedida.

Causaria estranheza que um banco governamental, com as facilidades para checar informações que possui, caia numa cilada como essa, aceitando um bem que tem destino absolutamente indefinido.

Nem o terreno de Itaquera poderia salvar a operação, já que é também objeto arrolamento por dívidas fiscais.

CONFIRA ABAIXO OS DADOS DE TODOS OS TERRENOS DO CORINTHIANS

Parque São Jorge – com diversas penhoras

1- Matrícula 162.200, área: 45 mil m²

2- Matrícula 24.207, área: 33.170 m²

3- Matrícula 24.168, área: 40 mil m²

Parque São Jorge – arrolado pela RECEITA FEDERAL

1- Matrícula 241.016, área: 40 mil m²

Terreno de Itaquera – arrolado pela RECEITA FEDERAL

1- Matrícula 225.156, área 200 mil m²

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: