Advertisements

Retrato da exploração do trabalhador brasileiro

Acabo de chegar de uma agencia do Bradesco, local em que assisti a uma cena pra lá de pitoresca, mas que dá a tônica das dificuldades enfrentadas pelo trabalhador brasileiro na busca do pão nosso de cada dia.

Estava num dos caixas eletrônicas da agencia localizada na Avenida Rangel Pestana, quando escutei duas pessoas ao lado comemorando, aos berros:

“Caiu !!! PQP!!! Caiu!!! Não acredito !!!!”

Pensei diversas coisas, entre elas, ganharam na loteria, deram um golpe e o dinheiro foi parar na conta, receberam o salário, etc.

Não resisti e com a curiosidade jornalística aflorada, perguntei: “Que festa, o que aconteceu ?”

“Cara, eram mais de dois meses sem receber… nem acredito… muita alegria…”, respondeu um dos rapazes.

Verifiquei, então, que trajavam uniforme do “Armarinhos Fernando”, loja esta localizada na mesma quadra da agência bancária, no nº 2271.

Pois é.

Triste retrato da exploração do trabalhador brasileiro, que surrealmente, mesmo escravizado e humilhado, comemora ter recebido o salário atrasado, de uma empresa que certamente possui porte para não fazê-lo.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: